SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue4Leisure, life besides work for a soccer team of hospital workersLong-acting antipsychotics in the maintenance treatment of schizophrenia. Part II. The management of medication, integration of the multiprofessional team and perspectives from the formulation of new generation of long-acting antipsychotics author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Latino-Americana de Enfermagem

Print version ISSN 0104-1169

Abstract

SHINYASHIKI, Gilberto Tadeu; TREVIZAN, Maria Auxiliadora  and  MENDES, Isabel Amélia Costa. Sobre a criação e a gestão do conhecimento organizacional. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2003, vol.11, n.4, pp. 499-506. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692003000400013.

Cada vez mais, para criar e estabilizar posição de vantagem competitiva sustentável, as melhores organizações estão investindo na aplicação de conceitos como aprendizagem, conhecimento e competência. A criação ou aquisição de conhecimento pela organização sobre suas ações representa um recurso intangível capaz de lhe conferir vantagem competitiva. Esse conhecimento é derivado das interações desenvolvidas em processos de aprendizagem que ocorrem no ambiente organizacional. Quanto mais especificidades esse conhecimento demonstrar em relação à organização, mais ele se tornará o fundamento de suas competências essenciais e, em conseqüência, um importante ativo estratégico. O texto destaca o papel da enfermeira no processo de gestão do conhecimento, posicionando-a na interseção dos fluxos horizontais e verticais de informação, e na criação de uma vantagem competitiva sustentável. Acreditamos que essa contribuição poderá oportunizar uma reflexão a respeito de suas implicações para os cenários das práticas de saúde e de enfermagem.

Keywords : gerenciamento de informação; papel do profissional de enfermagem; aprendizagem.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese