SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue3Cerebrovascular accident in the aged: changes in family relationsInfluence of noninvasive ventilation by BiPAP® on exercise tolerance and respiratory muscle strength in chronic obstructive pulmonary disease patients (COPD) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Latino-Americana de Enfermagem

Print version ISSN 0104-1169On-line version ISSN 1518-8345

Abstract

NOGUEIRA, Paula Cristina; CALIRI, Maria Helena Larcher  and  HAAS, Vanderlei José. Perfil de pacientes com lesão traumática da medula espinhal e ocorrência de úlcera de pressão em um hospital universitário. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2006, vol.14, n.3, pp.372-377. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692006000300010.

Pacientes com lesão traumática da medula espinhal (LTME) têm risco elevado para desenvolver úlcera de pressão (UP). O estudo é retrospectivo e, pela revisão dos registros nos prontuários identificaram-se as características dos pacientes atendidos em hospital terciário e das UP. A maioria dos sujeitos era do sexo masculino, branco e 36,2% entre 21 e 30 anos de idade. A causa mais freqüente da LTME foi ferimento por arma de fogo seguida por colisão/capotamento de veículo. Houve predomínio da lesão em nível torácico seguido pelo cervical. A UP ocorreu em 20 pacientes (42,5%). Os locais de maior freqüência foram a região sacral e calcâneos. Apenas 25% dos prontuários tinham o registro da dimensão da UP, 80% apresentava o registro do aspecto e em 52,1% não havia o registro do estágio. Observa-se a necessidade de melhor registro das UP para que as intervenções utilizadas para tratamento possam ser avaliadas.

Keywords : traumatismos da medula espinhal; úlcera de decúbito; cuidados de enfermagem; enfermagem.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf epdf ) | Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License