SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue4Cross-cultural adaptation of the Burns Specific Pain Anxiety Scale - BSPAS to be used with Brazilian burned patientsIdentification of result evaluation criteria for nursing service in hospital accreditation programs author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Latino-Americana de Enfermagem

Print version ISSN 0104-1169

Abstract

BATISTA, Karla de Melo  and  BIANCHI, Estela Regina Ferraz. Estresse do enfermeiro em unidade de emergência. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2006, vol.14, n.4, pp. 534-539. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692006000400010.

Estresse tem presença marcante na atuação do enfermeiro. O presente artigo aborda um estudo exploratório realizado junto aos enfermeiros de unidade de emergência de instituição hospitalar, com o objetivo de determinar o nível de estresse desses profissionais. A amostra foi constituída por 73 enfermeiros de unidade de emergência, inseridos em instituições públicas e particulares do município de São Paulo. O questionário, com itens abordando a atuação específica do enfermeiro nessa unidade, foi utilizado na coleta de dados. Os resultados indicaram que os enfermeiros de unidade de emergência apresentam médio nível de estresse, e que as áreas E - Condições de trabalho para o desempenho das atividades de enfermeiro, e F - Atividades relacionadas à administração de pessoal, foram consideradas as mais estressantes para os indivíduos pesquisados. Constata-se que, para o enfermeiro de emergência, apesar de sua pronta e efetiva atuação frente à instabilidade da situação do paciente, as condições externas a essa situação são mais estressantes. Cabe às instituições analisarem esses requisitos para possibilitar a diminuição do estresse vivido pelos enfermeiros.

Keywords : estresse; enfermagem em emergência; serviço hospitalar de emergência.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese