SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue2Tuberculosis contact control in Brazil: a liberature review (1984-2004)The aesthetics of smells: the sense of smell and nursing author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Latino-Americana de Enfermagem

Print version ISSN 0104-1169

Abstract

NOGUEIRA, Lilia de Souza; DOMINGUES, Cristiane de Alencar; CAMPOS, Miriam de Araújo  and  SOUSA, Regina Márcia Cardoso de. Dez anos de new injury severity score (NISS): possível mudança?. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2008, vol.16, n.2, pp. 314-319. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692008000200022.

Trata-se de revisão bibliográfica, cujo objetivo é apresentar o panorama das pesquisas que utilizam o New Injury Severity Score (NISS) e que o comparam com o Injury Severity Score (ISS). Foram realizadas buscas em bases de dados utilizando-se o termo NISS. Foram localizados 42 artigos, 23 não comparavam os índices em questão. A maioria dos 19 artigos selecionados afirmou que NISS se relacionou melhor com os resultados do que o ISS, principalmente em ferimentos graves e específicos. Em estudos, cuja amostra variou de 1.000 a 10.000 casos, observou-se resultado favorável ao NISS; amostras maiores que 10.000 e menores que 1.000 indicaram ora preferência ao NISS, ora igualdade. Em nenhum estudo o ISS superou o NISS para prever os eventos analisados. Essas observações e maior facilidade do cálculo do NISS em relação ao ISS direcionam a futura substituição do ISS pelo NISS.

Keywords : índices de gravidade do trauma; escala de gravidade do ferimento; ferimentos e lesões.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Spanish | Portuguese     · pdf in English | Spanish | Portuguese