SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue4Suffering eases over time: the experience of families in the care of children with congenital anomaliesAccuracy of simple urine tests for diagnosis of urinary tract infections in low-risk pregnant women author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Latino-Americana de Enfermagem

Print version ISSN 0104-1169

Abstract

CARVALHO, Quitéria Clarice Magalhães; GALVAO, Marli Teresinha Gimeniz  and  CARDOSO, Maria Vera Lúcia Moreira Leitão. Abuso sexual infantil: percepção de mães em face do abuso sexual de suas filhas. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2009, vol.17, n.4, pp. 501-506. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692009000400011.

A violência doméstica atinge todos os componentes familiares, as crianças são consideradas as principais vítimas. Este é um estudo qualitativo que objetivou apreender a percepção de mães cujas filhas foram vítimas de abuso sexual infantil. Os dados foram coletados em fevereiro e março de 2007, em uma organização governamental de Fortaleza, CE, mediante entrevista semiestruturada com dez mães de meninas vítimas de abuso sexual. As informações foram submetidas à técnica do Discurso do Sujeito Coletivo, da qual emergiram três temas: a culpa arraigada pelo mito materno, a dor do insuperável e o desespero como consequência do sentimento de impotência, permitindo apreender que as mães vivenciam uma gama de sentimentos, destacando-se a dor, revolta e impotência. Considera-se a necessidade de haver interesse por parte da sociedade para compreender a violência, sua magnitude e toda a cadeia atingida, caso contrário, só restarão boas intenções perdidas no vazio da falta de ação.

Keywords : violência sexual; maus-tratos sexuais infantis; relações mãe-filho.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Spanish | Portuguese     · pdf in English | Spanish | Portuguese