SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número3Gasto financeiro ocasionado pelos atestados médicos de profissionais da saúde em hospitais públicos no Estado de Rondônia, BrasilAntidepressivos: uso e conhecimento entre estudantes de enfermagem índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Latino-Americana de Enfermagem

versão impressa ISSN 0104-1169

Resumo

RIOS, Kátia Assalvi; BARBOSA, Dulce Aparecida  e  BELASCO, Angélica Gonçalves Silva. Avaliação de qualidade de vida e depressão de técnicos e auxiliares de enfermagem. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2010, vol.18, n.3, pp. 413-420. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692010000300017.

O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade de vida (QV) e depressão e relacioná-los às características sociodemográficas de técnicos e auxiliares de enfermagem de um hospital privado. Trata-se de estudo epidemiológico e transversal. A quantidade de técnicos e auxiliares que participaram deste estudo foi de 266. Os instrumentos aplicados foram o WHOQOL-bref e o inventário de depressão de Beck. A avaliação da qualidade de vida dos técnicos e auxiliares de enfermagem apresentou valores próximos àqueles encontrados em indivíduos com patologias crônicas. A presença de problemas de saúde levou a maior índice de depressão e menor escore de QV no aspecto geral e psicológico e se correlacionaram à atividade laboral. Trabalhadores do período noturno apresentaram escores mais elevados de depressão. Conhecer fatores desencadeantes dos problemas de saúde e alteração da qualidade de vida, relacionados às atividades profissionais, pode instrumentalizar a busca de alternativas para sanar ou minimizar seus efeitos.

Palavras-chave : Qualidade de Vida; Equipe de Enfermagem; Depressão.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês | Espanhol     · pdf em Português | Inglês | Espanhol