SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue4Sociodemographic and Clinical Characteristics of Psychiatric Re-hospitalizationsSocial Model: A New Approach of the Disability Theme author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Latino-Americana de Enfermagem

Print version ISSN 0104-1169

Abstract

MOTTA, Giordana de Cássia Pinheiro da; ECHER, Isabel Cristina  and  LUCENA, Amália de Fátima. Fatores associados ao tabagismo na gestação. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2010, vol.18, n.4, pp. 809-815. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692010000400021.

É um estudo descritivo transversal que teve por objetivo identificar os fatores relacionados ao tabagismo na gestação. A amostra incluiu 267 puérperas, atendidas em uma unidade de internação obstétrica de um hospital universitário de Porto Alegre, RS. Os dados foram coletados por instrumentos autoaplicados e analisados estatisticamente. A maioria das puérperas (51,3%) tinha entre 18 e 25 anos, sendo 55,4% não fumantes, 25,5% fumantes em abstinência e 19,1% fumantes. As não fumantes consultaram mais do que as fumantes e fumantes em abstinência (p=0,025). O número de mulheres com mais de um filho foi maior entre as fumantes (p=0,002), e aquelas que se mostraram mais propensas a parar de fumar, antes da gestação, foram as que tinham um companheiro não fumante (p=0,007). Os fatores que influenciam o tabagismo e a sua cessação são diversos, o que determina intervenções no pré-natal, direcionadas às necessidades das gestantes e seus companheiros.

Keywords : Tabagismo; Gravidez; Cuidado Pré-Natal; Abandono do Uso de Tabaco.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Spanish | Portuguese     · pdf in English | Spanish | Portuguese