SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número especialConsumo de álcool e autoestima em adolescentesAnálise da frequência de experimentação e consumo de drogas em alunos de escolas de Ensino Médio índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Latino-Americana de Enfermagem

versão On-line ISSN 1518-8345

Resumo

ECKERDT, Neusa da Silva  e  CORRADI-WEBSTER, Clarissa Mendonça. Sentidos sobre o hábito de fumar para mulheres participantes de grupo de tabagistas. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2010, vol.18, n.spe, pp.641-647. ISSN 1518-8345.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692010000700022.

O objetivo deste estudo foi conhecer sentidos produzidos sobre o tabagismo por mulheres participantes de um grupo para tabagistas em Florianópolis, SC, Brasil. O grupo foi composto por sete participantes. Utilizou-se a entrevista estruturada, com cinco questões abertas. O referencial teórico foi construcionismo social. Como conclusão, encontrou-se dois eixos temáticos: 1) cigarro no ciclo vital da mulher 2) expectativas em relação ao tratamento. Os repertórios utilizados para descrever o início do consumo na adolescência incluíram glamour, charme, independência e aceitação pelos pares, enquanto aqueles utilizados para descrever a manutenção do consumo na idade adulta incluíram ansiedade, depressão e recurso para lidar com o estresse diário. Quanto às expectativas em relação ao tratamento, acreditam que o contato com pessoas que vivenciam as mesmas dificuldades, em relação à interrupção do consumo e sonhos de uma vida saudável, seria motivador. O tratamento oferecido para tabagistas deve explorar estratégias para que as mulheres alcancem o que desejam com o consumo de cigarro.

Palavras-chave : Tabagismo; Mulheres; Terapêutica.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons