SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número especialVisão de jovens costarriquenhos da zona rural, em programa de reabilitação, sobre o consumo de drogasImplementação de intervenções breves para uso problemático de álcool na atenção primária, em um contexto amazônico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Latino-Americana de Enfermagem

versão impressa ISSN 0104-1169

Resumo

VARGENS, Renata Werneck; CRUZ, Marcelo Santos  e  SANTOS, Manoel Antônio dos. Comparação entre usuários de crack e de outras drogas em serviço ambulatorial especializado de hospital universitário. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 2011, vol.19, n.spe, pp. 804-812. ISSN 0104-1169.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692011000700019.

O crescimento do consumo de crack e o perfil dos usuários no Brasil estão bem documentados, mas faltam estudos na cidade do Rio de Janeiro. Conhecer o perfil sociodemográfico e padrão do uso de drogas desses usuários é fundamental para direcionar recursos, efetivamente. Foram estudados pacientes acolhidos no Programa de Estudos e Assistência ao Uso Indevido de Drogas (Projad) do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro, entre março de 2007 e setembro de 2008, e analisadas as diferenças entre pacientes com e sem relato de uso de crack na vida. Usuários de crack são significativamente mais jovens e solteiros. Apesar do predomínio de baixa escolaridade e desemprego, esses resultados não foram significativos. Houve crescimento de usuários de crack que procuraram tratamento. Este é o primeiro estudo científico apontando a expansão do consumo de crack no Rio de Janeiro e pode subsidiar a implementação de políticas públicas.

Palavras-chave : Cocaína Crack; Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias; Pacientes; Estudos Transversais.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Português     · pdf em Português