SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número1A etnografia como extensão da guerra por outros meios: notas sobre a pesquisa com militaresPolítica e economia na ação coletiva: uma crítica etnográfica às premissas dicotômicas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Mana

versão impressa ISSN 0104-9313versão On-line ISSN 1678-4944

Resumo

LOMNITZ, Claudio. Cronótopos de uma nação distópica: o nascimento da "dependência" no México porfiriano tardio. Mana [online]. 2009, vol.15, n.1, pp.91-125. ISSN 0104-9313.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-93132009000100004.

Este artigo desenvolve uma nova abordagem sobre a antropologia e a história de fronteiras nacionais. Ele propõe uma tipologia e uma caracterização fenomenológica de duas formas de se atravessar a fronteira que surgiram paralelamente a uma nova relação de dependência econômica e política entre o México e os Estados Unidos da América no final do século XIX. Tais novas modalidades de se atravessar a fronteira envolvem o desenvolvimento de novos "cronótopos", ou seja, novas e concorrentes matrizes espaços-temporais que foram utilizadas para enquadrar a relação entre o México e os EUA. Este artigo analisa a qualidade, a natureza e o preço destas formas alternativas de historicidade por intermédio de uma análise detalhada de dois textos jornalísticos cruciais: a entrevista do General Porfírio Diaz por James Creelman (1908) e a reportagem de Kenneth Turner sobre a escravidão mexicana (1910).

Palavras-chave : Estudos de fronteira; Cronótopos; Dependência; Relações entre México e EUA; Raça.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons