SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 issue323Characterization and use of retorted shale for adsorption of lead (II) in solutionSynthesis, sintering and impedance spectroscopy of calcia-partially stabilized zirconia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cerâmica

Print version ISSN 0366-6913

Abstract

GUERRA, D. L.; LEMOS, V. P.; ANGELICA, R. S.  and  AIROLDI, C.. Influência da razão Al/argila no processo de pilarização de esmectita. Cerâmica [online]. 2006, vol.52, n.323, pp. 200-206. ISSN 0366-6913.  http://dx.doi.org/10.1590/S0366-69132006000300014.

As amostras de esmectita do estado do Pará, Amazônia, Brasil foram caracterizadas utilizando XRD, 27Al MAS NMR, FTIR e análise textural por curvas isotérmicas de adsorção-dessorção de nitrogênio. Na produção das argilas pilarizadas foi usado como íon intercalante, o Al13 (o íon de keggin), obtido pela reação das soluções AlCl36H2O/NaOH, com razão molar OH/Al=2. Foram adotadas as proporções (Al/Argila): 5, 10, 20 e 25 meq/g de argila, com intercalação em 25 ºC, durante as 3 h e calcinada a 450 ºC (temperatura adequada da calcinação). O resultado mostrou que o processo de pilarização aumentou o espaçamento basal da argila natural de 14,02 para 18,84 Å e a área superficial de 44,30 para 198,03 m2/g (Al/Argila=25meq/g de argila, pH=4). O material preparado com relação Al/Argila=25meq/g de argila mostrou a incorporação máxima de Al. A estabilidade térmica da argila natural foi melhorada pelo procedimento de pilarização.

Keywords : argila pilarizada; Al13; esmectita.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese