SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número1Uma proposta para parametrização de ações especializadas em saúde bucalAssociação entre a qualidade de vida relacionada à saúde bucal e a capacidade para o trabalho de técnicos administrativos em educação: um estudo transversal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos Saúde Coletiva

versão impressa ISSN 1414-462Xversão On-line ISSN 2358-291X

Resumo

MIRANDA, Ana Lídia; JESUS, Leda Freitas de; MOREIRA, Maria de Fátima Ramos  e  OLIVEIRA, Simone Santos. Percepção de risco: estudo com trabalhadores de um estaleiro expostos a metais. Cad. saúde colet. [online]. 2019, vol.27, n.1, pp.93-99. ISSN 1414-462X.  https://doi.org/10.1590/1414-462x201900010330.

Introdução

Periculosidade e insalubridade são características do processo de trabalho em um estaleiro.

Objetivo

Conhecer a percepção que trabalhadores de um estaleiro tinham sobre riscos a que estavam expostos, especialmente os relacionados a metais, e quais estratégias desenvolviam para lidar com os riscos percebidos.

Método

Pesquisa qualitativa com realização de entrevistas semiestruturadas, com 14 trabalhadores que atuavam diretamente expostos a metais em um estaleiro no Rio de Janeiro. O roteiro abordou questões relacionadas ao processo trabalho/saúde, riscos, acidentes de trabalho e estratégias defensivas. Realizou-se uma análise temática interpretada à luz da Psicodinâmica do Trabalho.

Resultados

Percepções sobre: organização do trabalho, riscos de acidentes, problemas de saúde relacionados ao trabalho e riscos dos metais. Estratégias defensivas identificadas: religiosidade, menosprezo dos perigos, submissão e passividade, controle, negação, cooperação/confiança, racionalização e uso de drogas no trabalho. Constatou-se que os trabalhadores detinham poucas informações técnicas sobre os perigos da exposição aos metais e somente trabalhadores mais antigos reconheciam os metais presentes nos processos de trabalho.

Conclusão

A percepção dos trabalhadores sobre os riscos está baseada na prática, deduções e conversas com os colegas. Quanto aos metais, a maioria afirma não receber informações a respeito, assim como não conseguem identificar a que metais estão expostos.

Palavras-chave : saúde do trabalhador; metais; percepção de risco; estratégias de enfrentamento; riscos ocupacionais.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )