SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número10Desempenho agronômico do milho sob adubação mineral e inoculação das sementes com rizobactériasEstoque de carbono no solo e agregados em Argissolo sob diferentes manejos de longa duração índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental

versão impressa ISSN 1415-4366

Resumo

ALMEIDA, Wener S. de et al. Emergência e vigor de plântulas de genótipos de feijão-caupi sob estresse salino. Rev. bras. eng. agríc. ambient. [online]. 2012, vol.16, n.10, pp.1047-1054. ISSN 1415-4366.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662012001000003.

Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o efeito da salinidade da água de irrigação no feijão-caupi e identificar genótipos tolerantes ao estresse salino nos estádios iniciais do seu desenvolvimento. Os níveis de condutividade elétrica da água foram: 0; 2,5; 5,0 e 7,5 dS m-1. A tolerância do feijão-caupi foi avaliada através da redução relativa de matéria seca da parte aérea de cada genótipo. Os resultados foram comparados e analisados pelo teste de Scott-Knott, a 0,05 de probabilidade. Todas as variáveis foram afetadas pelo aumento da salinidade da água de irrigação. O genótipo CE-182 mostrou-se mais tolerante nos níveis 2,5, 5,0 e 7,5 dS m-1 na água salinizada com solução de NaCl. No caso da solução salinizada pela mistura dos sais, os genótipos CE-9 e CE-551 foram mais tolerantes.

Palavras-chave : Vigna unguiculata; salinidade; tolerância.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons