SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número10Desempenho agronômico do milho sob adubação mineral e inoculação das sementes com rizobactériasEstoque de carbono no solo e agregados em Argissolo sob diferentes manejos de longa duração índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental

versão impressa ISSN 1415-4366

Resumo

ALMEIDA, Wener S. de et al. Emergência e vigor de plântulas de genótipos de feijão-caupi sob estresse salino. Rev. bras. eng. agríc. ambient. [online]. 2012, vol.16, n.10, pp. 1047-1054. ISSN 1415-4366.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662012001000003.

Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o efeito da salinidade da água de irrigação no feijão-caupi e identificar genótipos tolerantes ao estresse salino nos estádios iniciais do seu desenvolvimento. Os níveis de condutividade elétrica da água foram: 0; 2,5; 5,0 e 7,5 dS m-1. A tolerância do feijão-caupi foi avaliada através da redução relativa de matéria seca da parte aérea de cada genótipo. Os resultados foram comparados e analisados pelo teste de Scott-Knott, a 0,05 de probabilidade. Todas as variáveis foram afetadas pelo aumento da salinidade da água de irrigação. O genótipo CE-182 mostrou-se mais tolerante nos níveis 2,5, 5,0 e 7,5 dS m-1 na água salinizada com solução de NaCl. No caso da solução salinizada pela mistura dos sais, os genótipos CE-9 e CE-551 foram mais tolerantes.

Palavras-chave : Vigna unguiculata; salinidade; tolerância.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português