SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número1Dependência espacial de atributos do milho em sequeiro sob distintas condições de cobertura do soloResposta da vegetação à adição de esterco ovino em uma área degradada no Cerrado índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental

versão impressa ISSN 1415-4366versão On-line ISSN 1807-1929

Resumo

MARTINS, Thales G. V. et al. Acúmulo de nutrientes na casca de Eucalyptus em diferentes densidades populacionais. Rev. bras. eng. agríc. ambient. [online]. 2019, vol.23, n.1, pp.40-46. ISSN 1807-1929.  https://doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v23n1p40-46.

Objetivou-se neste trabalho quantificar o acumulo de nutrientes na casca de quatro clones de eucalipto, aos 12 anos, plantados em diferentes densidades populacionais, extrapolando os valores para kg de nutrientes por hectare. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em arranjo fatorial 4 x 3 com três repetições, sendo quatro clones de eucalipto (2486, I182, I144 e GG100), plantados em três densidades populacionais (416, 833 e 1111 plantas por hectare). A cubagem rigorosa de três árvores por parcela foi realizada por meio da coleta de discos de casca nas seguintes alturas: diâmetro à altura do peito (1,30 m), 0, 25, 50, 75 e 100% da altura comercial do fuste. Os discos de casca de cada árvore foram agrupados e utilizados para determinar os teores de N, P, K, Ca, Mg e S, além da densidade básica. O volume e a massa seca de casca por árvore foram estimados e o acúmulo de nutrientes por árvore e hectare foi estimado sequencialmente, para cada densidade populacional. Os valores encontrados foram submetidos à análise de variância e ao teste de Tukey, verificando que o Ca foi o nutriente que apresentou o maior acúmulo na casca, seguido do N, K, S, Mg e P. O aumento da densidade populacional contribuiu para uma maior produção de casca e maior acúmulo de nutrientes por hectare. Entretanto, esse aumento não foi evidente ao comparar as densidades de 833 e 1111 árvores ha-1.

Palavras-chave : compartimentalização; ciclagem de nutrientes; espaçamento.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )