SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.123 issue2Evaluation of effectiveness of 10% polyvinylpyrrolidone-iodine solution against infections in wire and pin holes for Ilizarov external fixatorsType 2 diabetes: prevalence and associated factors in a Brazilian community - the Bambuí health and aging study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Sao Paulo Medical Journal

Print version ISSN 1516-3180On-line version ISSN 1806-9460

Abstract

CENTEVILLE, Maraisa et al. Ausência de associação entre estado nutricional e mudança de categoria clínica em crianças brasileiras infectadas pelo HIV. Sao Paulo Med. J. [online]. 2005, vol.123, n.2, pp.62-66. ISSN 1516-3180.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802005000200006.

CONTEXTO E OBJETIVO: A ocorrência de desnutrição é freqüente em crianças com infecção pelo HIV. O objetivo do estudo foi estudar a ocorrência de desnutrição e sua relação com a mudança de categoria clínica em crianças infectadas pelo HIV. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo longitudinal, no Departamento de Pediatria e Centro de Investigação em Pediatria (CIPED). Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). MÉTODOS: Revisamos os prontuários de 127 pacientes com infecção perinatal pelo HIV com o propósito de obter medidas de peso e estatura no início do acompanhamento ambulatorial, no momento da mudança de categoria clínica e cinco meses após a mudança. Estes dados foram transformados em z-escores de peso/idade, altura/idade e peso/altura. Os testes de Wilcoxon, Kruskal-Wallis e o cálculo da razão de chances foram usados. RESULTADOS: 51 (40,2%) das crianças avaliadas apresentavam desnutrição, sendo 40 (31,5%) com comprometimento de altura, e portanto com maior risco de inclusão na categoria clínica C. Encontramos associação entre condição nutricional, categoria clínica e idade no início dos sintomas. 36 (28,4%) pacientes mudaram de categoria clínica durante o acompanhamento, e a mudança ocorreu em idade mais precoce entre os desnutridos. O grupo que mudou de categoria clínica manteve as mesmas distribuições de z-escore de peso, altura e peso/altura durante o acompanhamento. CONCLUSÃO: A gravidade das manifestações da aids associa-se com a condição nutricional e com a idade de início dos sintomas. A mudança de categoria clínica não se acompanhou de piora no estado nutricional.

Keywords : HIV; Síndrome de imunodeficiência adquirida; Criança; Nutrição; Estado nutricional.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License