SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue4Analysis of the relation between flexibility and passive stiffness of the hamstringsDevelopment of the running test in shallow water for women engaged in water exercises: reliability and norms for evaluation of the distance covered author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

PONTES, Luciano Meireles de; SOUSA, Maria do Socorro Cirilo de  and  LIMA, Roberto Teixeira de. Perfil dietético, estado nutricional e prevalência de obesidade centralizada em praticantes de futebol recreativo. Rev Bras Med Esporte [online]. 2006, vol.12, n.4, pp. 201-205. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922006000400007.

O objetivo do estudo foi avaliar o perfil dietético, estado nutricional e a prevalência de obesidade centralizada (OC) em praticantes de futebol recreativo. MÉTODOS: Amostra: 40 indivíduos (38,6 ± 7,4 anos) do gênero masculino. Para a avaliação do consumo habitual (CH), foi utilizado um questionário quantitativo de freqüência alimentar. O estado nutricional foi avaliado por meio do índice de massa corporal (IMC). A OC foi definida como circunferência abdominal (CIRCAB) superior a 102cm. RESULTADOS: Predomínio de indivíduos da classe social "B" (80,0%), brancos (67,5%), casados (62,5%) e funcionários públicos (52,5%). As médias mostraram: massa corporal de 77,2 ± 11,8kg, estatura de 1,71 ± 0,1m, IMC de 26,4 ± 3,1kg/m2, CIRCAB de 92,3 ± 8,8cm, CH de 2.623,2 ± 438,5kcal. As proporções de nutrientes foram de 48,2 ± 5,7% de carboidratos, 17,6 ± 2,4% de proteínas, 34,9 ± 4,2% de lipídeos totais, 568,2 ± 112,7mg de colesterol e 20,2 ± 6,1g de fibras dietéticas. No estado nutricional, 35,0% são eutróficos, 52,5% apresentam sobrepeso e 12,5% são obesos. Em relação ao padrão de obesidade, 12,5% apresentam gordura centralizada. Entre as correlações observou-se forte associação entre CIRCAB x IMC (r = 0,91) e CIRCAB x massa corporal (r = 0,88). CONCLUSÃO: Os futebolistas devem ser orientados sobre a importância da adequação nutricional para melhora da qualidade da vida e do desempenho esportivo, fato relacionado com as proporções de nutrientes encontrados, que evidenciaram reduzida ingestão de carboidratos e alta ingestão de proteínas e colesterol dietético. O estado nutricional mostrou valores prevalentes de sobrepeso e obesidade. A OC mostrou-se evidente, fato preocupante devido à associação desse padrão de obesidade com várias doenças crônicas não-transmissíveis.

Keywords : Obesidade; Avaliação nutricional; Atividade física.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese