SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 número4O sujeito diante da aceleração e da ilimitação contemporâneaUma discussão sobre as práticas de anorexia e bulimia como estéticas de existência índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Educação e Pesquisa

versão impressa ISSN 1517-9702versão On-line ISSN 1678-4634

Resumo

VERMELHO, Sônia Cristina; VELHO, Ana Paula Machado  e  BERTONCELLO, Valdecir. Sobre o conceito de redes sociais e seus pesquisadores. Educ. Pesqui. [online]. 2015, vol.41, n.4, pp.863-881.  Epub 10-Abr-2015. ISSN 1678-4634.  https://doi.org/10.1590/s1517-97022015041612.

Este artigo é resultado de pesquisa realizada entre os anos de 2011 e 2013, cujo tema foi redes sociais. O problema de pesquisa era identificar o perfil da produção bibliográfica brasileira sobre o referido tema e possibilidades para uso desse espaço na promoção da saúde. Por se tratar de pesquisa de cunho exploratório e descritivo, não foram estabelecidas hipóteses iniciais. O estudo teórico permitiu identificar relações históricas do conceito com as ciências naturais e também com estudos da antropologia e da filosofia; porém evidenciou uma contradição em relação ao conceito de rede social e à experiência individual e coletiva na sociedade atual. Numa segunda etapa, identificaram-se os grupos de pesquisa no Brasil que investigam temáticas relacionadas com as redes sociais. Sinteticamente, o resultado em relação a tais grupos mostrou que as áreas de conhecimento predominantes foram a comunicação (39,7%) e educação (33,3%). Quanto à região, houve predominâncias de grupos instalados no sudeste (44,2%) e, em termos de instituição, uma predominância da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (17,4%) e da Universidade de São Paulo (13,9%). Dos temas descritos em cada um dos grupos, as categorias analíticas “Questões econômicas e sociais” (9,7%) e “Transformações sociais e culturais” (9%) apresentaram significância em relação às demais, mostrando um perfil das pesquisas brasileiras com forte componente social.

Palavras-chave : Rede social digital; Grupos de pesquisa; Pesquisa bibliográfica; Internet.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )