SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue4Diet of Eared Doves (Zenaida auriculata, Aves, Columbidae) in a sugar-cane colony in South-eastern BrazilGenetic variability and social structure of colonies in Acromyrmex heyeri and A. striatus (Hymenoptera: Formicidae) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Biology

Print version ISSN 1519-6984

Abstract

TESTON, J. A.; SPECHT, A.  and  CORSEUIL, E.. Biologia de Anicla infecta (Ochsenheimer, 1816) (Lepidoptera, Noctuidae, Noctuinae), sob condições de laboratório. Braz. J. Biol. [online]. 2001, vol.61, n.4, pp. 661-666. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842001000400016.

As lagartas de Anicla infecta (Ochsenheimer, 1816) alimentam-se de gramíneas, podendo tornar-se nocivas a cereais e forrageiras de importância econômica. A fim de contribuir com informações para o conhecimento de sua biologia, foi realizado um experimento com criação em câmara climatizada a 25 ± 1ºC; 70% ± 10% UR (umidade relativa) e fotofase de 14 h. As larvas foram alimentadas com azevém, Lolium multiflorum Lam. Os resultados expressos pela média e pelo respectivo erro-padrão para os períodos de cada fase, em dias, foram: ovo 3,2 ± 0,09; lagarta 18,7 ± 0,07; pré-pupa 3,3 ± 0,04; pupa 12,6 ± 0,14; e adulta: longevidade 12,1 ± 1,03, pré-oviposição 4,4 ± 0,59, oviposição 8,1 ± 0,84 e pós-oviposição 0,3 ± 0,14. O número médio de posturas por fêmea foi 6,7 ± 0,73, ovos por postura, 77,5 ± 4,37 e ovos por fêmea, 521,4 ± 47,36.

Keywords : azevém; desenvolvimento; Insecta; Lolium multiflorum.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English