SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.63 número2Especialização relativa alimentar pode reduzir variações ontogenéticas, sexuais e sazonais na dieta: o lagarto Cnemidophorus littoralis (Teiidae)Efeitos da implantação cirúrgica de modelos de radiotransmissores em Jundiá (Rhamdia quelen) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Biology

versão impressa ISSN 1519-6984versão On-line ISSN 1678-4375

Resumo

NEVES, I. F.; ROCHA, O.; ROCHE, K. F.  e  PINTO, A.A.. A estrutura da comunidade zooplanctônica de duas lagoas marginais do rio Cuiabá (Mato Grosso, Brasil) com análise da diversidade dos Clodocera e Rotifera. Braz. J. Biol. [online]. 2003, vol.63, n.2, pp.329-343. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842003000200018.

Este trabalho se baseia no estudo das comunidades zooplanctônicas de duas lagoas marginais ao rio Cuiabá, próximas às cidades de Cuiabá e Várzea Grande, e teve por objetivo analisar a composição de espécies, a abundância das populações zooplanctônicas e a diversidade dos Rotifera e dos Cladocera. Realizaram-se duas campanhas para amostragens, com coletas efetuadas nos dias 2/3/1999, no período chuvoso, e 25/8/1999, no período seco. Foram identificados no total 115 táxons, distribuídos em 79 táxons de Rotifera, 30 táxons de Cladocera e 6 táxons de Copepoda. Comparando-se as espécies registradas no presente estudo com aquelas já registradas por diferentes autores para os Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, observa-se que 9 espécies de Cladocera, 2 espécies de Copepoda e 14 espécies de Rotifera são novas ocorrências para esses Estados ou região. As espécies mais abundantes foram Keratella cochlearis, K. americana, Brachionus angularis e Polyarthra vulgaris para Rotifera, Moina minuta e Bosminopsis deitersi entre os Cladocera e Notodiaptomus transitans e N. devoyorum entre os Copepoda. Comparando-se ambas as lagoas, observa-se que a maior riqueza de espécies foi registrada para a lagoa Souza Lima durante a estação chuvosa, em relação aos Rotifera e aos Cladocera, o que pode estar relacionado ao fato de a região litorânea dessa lagoa ser densamente colonizada por macrófitas e não receber esgoto doméstico, como observado na lagoa Parque Atalaia. A diversidade de Rotifera foi notadamente baixa na lagoa Parque Atalaia durante a estação seca, o que também pode estar relacionado à entrada de esgoto doméstico nesse corpo d'água.

Palavras-chave : zooplâncton; Pantanal; Rotifera; Cladocera; Copepoda.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons