SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67 número1The small-scale urban reservoir fisheries of Lago Paranoá, Brasília, DF, Brazil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Brazilian Journal of Biology

versión impresa ISSN 1519-6984versión On-line ISSN 1678-4375

Resumen

WEDEKIN, LL.; DAURA-JORGE, FG.; PIACENTINI, VQ.  y  SIMOES-LOPES, PC.. Variação sazonal no uso espacial pelo boto-cinza, Sotalia guianensis (Cetacea; Delphinidae) no seu limite sul de distribuição. Braz. J. Biol. [online]. 2007, vol.67, n.1, pp.1-8. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842007000100002.

A utilização espacial pela população residente de botos-cinza, Sotalia guianensis, na Baía Norte de Santa Catarina, Sul do Brasil, foi estudada por meio de saídas de barco realizadas entre 2000 e 2003. Dados como posição geográfica (GPS) e tamanho de grupo foram obtidos utilizando-se o método de grupo focal. A distribuição e a área de vida diária e sazonal do grupo foram estimadas por um SIG (Sistema de Informações Geográficas). O uso do espaço pelos botos foi heterogêneo, restringindo suas atividades a uma área bem definida, localizada na parte oeste da baía, enquanto a utilização do lado leste não foi observada. Observou-se uma discrepância entre a distribuição dos botos e a Área de Proteção Ambiental de Anhatomirim, criada especialmente para proteger esta população. A área de vida sazonal do grupo variou tanto qualitativamente como quantitativamente nas quatro estações do ano consecutivas estudadas. Os botos tenderam a utilizar uma área maior nas estações frias do ano, quando a abundância de suas presas potenciais parece ser menor. Identificaram-se áreas de maior concentração de indivíduos, que também tiveram variação sazonal. Estas áreas de concentração podem ser consideradas hábitats críticos e exigem controle e legislação especial. Não houve uma diferença sazonal significativa nas áreas de vida diária do grupo de botos nas diferentes estações do ano estudadas. Os resultados deste trabalho apontam para um padrão de residência espacialmente restrita de S. guianensis em ecossistemas costeiros de grande produtividade.

Palabras clave : distribuição; área de vida; sazonalidade; Cetacea; Baía Norte.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons