SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número1Composição química atividades antioxidante e antifúngica dos óleos essenciais e extratos de “Plectranthus ” spp. contra fungos dermatófitosDesempenho e características de carcaça de cordeiros ½ Dorper + ½ Santa Inês abatidos com diferentes espessuras de gordura subcutânea índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal

versão On-line ISSN 1519-9940

Resumo

WEBER, Laís Dayane et al. Atividade antimicrobiana e prospecção fitoquímica dos extratos vegetais de “Ocotea silvestris ” Vattimo-Gil e “Ocotea diospyrifolia ” (Meisn.) frente sorotipos de “Salmonella ” de origem avícola. Rev. bras. saúde prod. anim. [online]. 2018, vol.19, n.1, pp.116-124. ISSN 1519-9940.  https://doi.org/10.1590/s1519-99402018000100011.

O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade antimicrobiana dos extratos vegetais de Ocotea silvestris Vattimo-Gil e Ocotea diospyrifolia (Meisn.) Mez frente a 10 sorotipos de Salmonella enterica de origem avícola de maior incidência na região Oeste do Paraná, bem como realizar a triagem fitoquímica dos compostos de Ocotea silvestris Vattimo-Gil e Ocotea diospyrifolia (Meisn.). Após a obtenção do extrato aquoso e dos extratos orgânicos (álcool etílico, acetato de etila e hexano) foram determinadas a concentração inibitória mínima (MIC) e a concentração bactericida mínima (MBC) por meio da técnica de microdiluição em caldo. A prospecção fitoquímica foi realizada de acordo com metodologia qualitativa de precipitação e colorimetria. Os extratos apresentaram atividade inibitória e bactericida em diferentes concentrações (200 a 25 mg.mL-1) frente aos sorotipos de Salmonella, variando de acordo com o solvente extrator. O extrato acetato de etila apresentou os melhores resultados, seguido pelo extrato alcoólico, aquoso e hexânico. Ressalta-se que estudos de atividade antimicrobiana com extrato vegetais dentro do gênero Ocotea são escassos, contudo, a família Lauraceae apresenta significativas atividades biológicas, principalmente relacionadas aos seus óleos essenciais. A prospecção fitoquímica detectou a presença de esteróides e alcalóides em ambas as espécies de Ocotea, podendo justificar o potencial antimicrobiano encontrado para os sorotipos de Salmonella. Conclui-se que estas plantas representam uma alternativa para o controle de Salmonella no setor avícola, refletindo uma nova perspectiva para estudos com produtos naturais.

Palavras-chave : bactericida; bacteriostático; Lauraceae; microdiluição.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )