SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número21De Rousseau ao Modernismo: ideias e práticas históricas do ensino do desenhoOuro dos tolos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


ARS (São Paulo)

versão impressa ISSN 1678-5320versão On-line ISSN 2178-0447

Resumo

TORRES, Fernanda Lopes. Yves Klein, Ícaro do modernismo. ARS (São Paulo) [online]. 2013, vol.11, n.21, pp.96-111. ISSN 1678-5320.  http://dx.doi.org/10.11606/issn.2178-0447.ars.2013.64461.

Consideramos a obra de Yves Klein como uma (das últimas) poética(s) moderna(s) ao reconhecer a polaridade entre cor e vazio do monocromo junto ao tópos do instante. Apoiados no conceito de suddenness do crítico literário Karl-Heinz Bohrer, identificamos, entre a saturação máxima do azul e o vazio (emergência e potência da forma), experiência do presente absoluto equivalente à produção do novo. Nos anos 60, porém, esse coeficiente do novo começa a ser cada vez mais rapidamente apropriado pelo discurso cultural. Klein se apega então aos instantes que “insistem em nos abandonar” (Cioran) através de uma “farsa monocromo”.

Palavras-chave : Yves Klein; modernismo; arte contemporânea; suddenness; ética do azul.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )