SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.62 número4OXYGEN CONSUMPTION AND AMMONIA EXCRETION OF THE ANTARCTIC AMPHIPOD Bovallia gigantea PFEFFER, 1888, AT DIFFERENT TEMPERATURES AND SALINITIESPOPULATION BIOLOGY OF SEABOB-SHRIMP Xiphopenaeus kroyeri (Heller, 1862) CAPTURED ON THE SOUTH COAST OF PERNAMBUCO STATE, NORTHEASTERN BRAZIL índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Oceanography

versão impressa ISSN 1679-8759

Resumo

HENRIQUES, Marcelo Barbosa; ALVES, Pedro Mestre Ferreira; BARRETO, Oscar José Sallée  e  SOUZA, Marcelo Ricardo de. GROWTH OF Litopenaeus schmitti (BURKENROAD, 1936) AND Farfantepenaeus paulensis (PEREZ-FARFANTE, 1967) SHRIMP REARED IN RECIRCULATION CULTURE SYSTEM. Braz. j. oceanogr. [online]. 2014, vol.62, n.4, pp.323-330. ISSN 1679-8759.  http://dx.doi.org/10.1590/s1679-87592014078806204.

Os camarões Litopenaeus schmitti e Farfantepenaeus paulensis capturados pela pesca artesanal nos estuários são comercializados como iscas vivas na pesca esportiva. Como alternativa à atividade extrativista foi avaliado o cultivo dessas espécies em sistema de recirculação de água. Para cada espécie foram realizados dois ciclos de produção de 120 dias, utilizando 3300 juvenis em cada um, com média de 25 mm de comprimento e 0.9 gramas em peso, dispostos em 12 tanques de 1500L e 1.32 m2, na densidade de 208.3 camarões m2. Os parâmetros de crescimento foram obtidos utilizando-se o modelo de von Bertalanffy baseado nos dados de comprimento (mm) e idade (semanas). Os ajustes foram feitos no ambiente R utilizando o método não-linear de mínimos quadrados. O modelo de von Bertalanffy apresentou ajuste adequado, com coeficientes de determinação de 0.900 para L. schmitti e 0.841 para F. paulensis. Os valores de L∞ e k foram 172.66 mm e 0.027 para L. schmitti e 110.13 mm e 0.050 para F. Paulensis, respectivamente. No presente estudo L. schmitti apresentou crescimento alométrico negativo (p=4.314x10-18) e F. paulensis crescimento isométrico (p=0.267). O crescimento obtido dos camarões no sistema de recirculação proposto atende ao mercado de iscas vivas da pesca esportiva.

Palavras-chave : Curva de crescimento; Relação comprimento-peso; Isca viva; Carcinicultura marinha; Camarão rosa; Camarão branco.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )