SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.64 número4Hyperiid amphipods around the seamounts and islands off northeastern Brazil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Oceanography

versão On-line ISSN 1982-436X

Resumo

KLEIN, Antonio Henrique da Fontoura et al. Shallow gas seismic structures: forms and distribution on Santa Catarina Island, Southern Brazil. Braz. j. oceanogr. [online]. 2016, vol.64, n.4, pp.325-338. ISSN 1982-436X.  http://dx.doi.org/10.1590/s1679-87592016115506404.

Este artigo apresenta a distribuição espacial das estruturas de gás raso e as classifica com base em dois conjuntos de dados de registros sísmicos diferentes com o CHIRP, um na Lagoa da Conceição (CL) e o outro na Baía Norte (NB), ambos na Ilha de Santa Catarina, sul do Brasil. Os dados de sonar de varredura lateral da CL foram usados para facilitar a interpretação. Os dados sísmicos de subsuperfície (SB) foram processados e interpretados por meio do software SeisPrho e os dados obtidos com o sonar de varredura lateral (SSS), pelo software SonarWiz5. A medida espacial foi realizada por intermédio de GIS. As estruturas de gás raso foram definidas de acordo com as formas apresentadas nos registros sísmicos (eco-caráter). Na CL, as acumulações rasas de gás foram encontradas sob a forma de escapes nas exsudações e feições apresentando estruturas de gás superficial, entre a superfície e 8,20 ms (cerca de 12,3 m). Estas acumulações de gás foram encontradas na forma de Cobertura Acústica com Plumas Acústicas associadas, além de Sombra Negra. As pockmarks foram observadas no fundo da lagoa, ligadas aos escapes de gás (diâmetro médio de 0,97 ± 0,19 m e densidade de 54 a 242 unidades por 50 m2). Na NB observou-se três tipos de estruturas de gás raso no perfil sísmico, ou seja, de Cobertura Acústica, Pináculos de Turbidez e Plumas Intrssedimentares. A profundidade variou da superfície até 12,10 ms (cerca de 18,15 m). Em ambos os ambientes, o gás é expelido a partir do sedimento para a coluna de água. As pockmarks na CL e na NB, as feições de pluma acústica e os sedimentos ricos em enxofre total validam essa evidência.

Palavras-chave : Feições de gás raso; Sísmica de alta resolução; CHIRP; Sedimentos com gás.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )