SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue1In vitro growth of sweet potato fed with potassium phosphiteUpdating the ranking of the coefficients of variation from maize experiments author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Scientiarum. Agronomy

On-line version ISSN 1807-8621

Abstract

REZENDE, Juliana Costa de et al. Indução e multiplicação de calos embriogênicos de Coffea arabica L.. Acta Sci., Agron. (Online) [online]. 2012, vol.34, n.1, pp. 93-98. ISSN 1807-8621.  http://dx.doi.org/10.4025/actasciagron.v34i1.11230.

Este estudo foi realizado com o objetivo de avaliar a indução de calos embriogênicos de dois clones de Coffea arabica, selecionados para resistência à ferrugem e de alta produtividade e comparar a multiplicação desses calos em dois meios de cultura nos sistemas de cultivo gelatinoso e líquido. Para a indução de calos foi utilizado o protocolo descrito por Teixeira et al. (2004), em delineamento experimental inteiramente casualizado, sendo cada clone considerado um tratamento. A avaliação deste experimento foi realizada 180 dias após a instalação, por meio da contagem de calos embriogênicos formados. Para a multiplicação de calos, os tratamentos constituíram-se de dois meios de cultura (meio do estágio dois de Albarran et al. (2004) e meio de multiplicação de Teixeira et al. (2004)) e dois sistemas de cultivo (gelatinoso e líquido). As avaliações foram realizadas aos 21, 42 e 63 dias após a instalação do experimento, por meio da pesagem dos calos. Verificou-se que os clones avaliados apresentam o mesmo potencial de formação de calos embriogênicos. O potencial de multiplicação de calos embriogênicos é influenciado pelo genótipo. O sistema gelatinoso apresentou maior eficiência na multiplicação de calos embriogênicos dos clones estudados quando comparado ao sistema líquido.

Keywords : meio de cultura; sistema de cultivo; genótipo.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English