SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue4Repeatability of family means in early generations of potato under heat stressImplication of the changing concept of genes on plant breeder's work author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Crop Breeding and Applied Biotechnology

On-line version ISSN 1984-7033

Abstract

BORGHEZAN, Marcelo et al. Viabilidade in vitro e conservação de grãos de pólen de quiwi (Actinidia chinensis var. deliciosa (A. Chev.) A. Chev.). Crop Breed. Appl. Biotechnol. (Online) [online]. 2011, vol.11, n.4, pp. 338-344. ISSN 1984-7033.  http://dx.doi.org/10.1590/S1984-70332011000400007.

O quiwizeiro é uma espécie dióica, necessitando de polinização para a produção dos frutos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a viabilidade in vitro e o tempo de conservação dos grãos de pólen de duas variedades de quiwi. Foram coletadas flores das variedades Matua e Tomuri. A germinação in vitro foi realizada em meio de cultura, contendo ágar (1 %), sacarose (0, 5, 10, 20 e 40 %) e ácido bórico (0 e 50 mg L-1 de H3BO3). Os grãos de pólen foram mantidos em BOD (25,0 ºC), geladeira (4,0 ºC), freezer (-18,0 ºC) e em N2 líquido (-196,0 ºC). As avaliações foram realizadas aos 0, 40, 120, 240 e 365 dias de conservação. O meio de cultura mais adequado foi suplementado com 12 % de sacarose e 50 mg L-1 de H3BO3. Os grãos de pólen podem ser conservados por curto período em geladeira ou freezer, e por um ano, sob criopreservação.

Keywords : Tomuri; Matua; germinação; criopreservação.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English