SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 número1Insônia e nível de estresse em estudantes de Cracóvia, PolôniaTraços de dependência, instabilidade de humor e inconsequência para discriminação do transtorno da personalidade borderline índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Trends in Psychiatry and Psychotherapy

versão impressa ISSN 2237-6089versão On-line ISSN 2238-0019

Resumo

DE ASSIS, Eunice Neves et al. Tradução e adaptação brasileira do Relationship Scales Questionnaire (RSQ). Trends Psychiatry Psychother. [online]. 2019, vol.41, n.1, pp.69-77.  Epub 11-Abr-2019. ISSN 2238-0019.  https://doi.org/10.1590/2237-6089-2018-0032.

Objetivos

Descrever o processo de tradução e adaptação cultural do questionário Relationship Scales Questionnaire (RSQ) do inglês para o português do Brasil e apresentar os resultados de confiabilidade teste-reteste utilizando a versão desenvolvida para aplicação em entrevista.

Metodologia

O método utilizado teve como diretriz a proposta da International Society for Pharmaeconomics and Outcomes Research (ISPOR), de 10 passos para a tradução e adaptação transcultural de instrumentos autoaplicáveis. Os autores originais do RSQ concordaram com a tradução. A versão para entrevista dirigida foi aplicada em uma amostra de 43 idosos saudáveis (≥60 anos) cadastrados em um programa de atenção primária à saúde na cidade de Porto Alegre, RS, sendo então reaplicada. As pontuações das duas aplicações foram comparadas usando o teste t de Student para amostras pareadas.

Resultados

Apenas 6 dos 30 itens precisaram de adaptação cultural de palavras ou expressões para manter sua equivalência conceitual e semântica. O formato autoaplicável do RSQ mostrou-se pouco adequado entre idosos, devido à presença comum de déficits visuais e baixa escolaridade, demonstrando a necessidade do desenvolvimento de uma versão do RSQ em formato de entrevista dirigida. Apenas a medida de apego seguro apresentou diferença significativa após a aplicação do reteste, indicando a confiabilidade da versão proposta.

Conclusão

A tradução do RSQ é o primeiro passo para a validação de um instrumento de avaliação de apego para a população idosa no Brasil, permitindo futuros estudos sobre o tema.

Palavras-chave : Relationship Scales Questionnaire; tradução; apego ao objeto; envelhecimento.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )