SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue2Anatomical characteristics of anal fistula evaluated by three-dimensional anorectal ultrasonography: is there a correlation with Goodsall's theory?TAMIS with partial excision of mesorectum and primary closure of rectal wound using vloc author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Journal of Coloproctology (Rio de Janeiro)

Print version ISSN 2237-9363On-line version ISSN 2317-6423

Abstract

MARTINEZ, Carlos Augusto Real et al. Avaliação dos efeitos anti-inflamatório e antioxidante do sucralfato na colite de exclusão. J. Coloproctol. (Rio J.) [online]. 2015, vol.35, n.2, pp.90-99. ISSN 2237-9363.  https://doi.org/10.1016/j.jcol.2015.02.007.

Objetivo:

Avaliar os efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes do SCF em modelo de colite de exclusão.

Método:

Trinta e seis ratos, foram submetidos a derivação intestinal por colostomia terminal no cólon descendente e fistula mucosa distal. Os animais foram divididos em 3 grupos experimentais segundo receberem clisteres diários com SF 0,9%, SCF 1 g/kg/dia ou SCF 2 g/kg/dia. Cada grupo foi dividido em dois subgrupos segundo a eutanásia ser realizada após 2 ou 4 semanas da derivação. O grau de inflamação tecidual foi avaliado por estudo histológico e a infiltração neutrofílica pela expressão tecidual de mieloperoxidase (MPO) identificada por imunoistoquímica e quantificada por morfometria computadorizada. O estresse oxidativo foi mensurado pelo conteúdo de malondialdeído (MDA). Para análise dos resultados utilizou-se os teste t de Student, e ANOVA, estabelecendo-se para todos os testes nível de significância de 5% (p < 0,05).

Resultados:

A intervenção com SCF melhorou o grau de inflamação tecidual relacionando-se a concentração utilizada e ao tempo de intervenção. A intervenção com SCF reduziu os níveis teciduais de MPO, independente da concentração ou do tempo de intervenção (p < 0,01). Houve redução dos níveis de MDA nos animais irrigados com SCF, independente da concentração ou tempo de intervenção (p < 0,01).

Conclusão:

Enemas com SCF reduzem o processo inflamatório, infiltrado neutrofílico e estresse oxidativo no cólon excluso sugerindo que a substância possa se tornar uma opção terapêutica válida para o tratamento da colite de exclusão.

Keywords : Sucralfato; Mieloperoxidase; Malondialdeído; Peroxidação dos lípidos; Estresse Oxidativo; Ácidos graxos de cadeia curta(AGCC); Ratos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )