SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue7-9Observações gerais sôbre os grandes tipos de solo do estado de São PauloEmprego de laminado plástico vinílico como amarrilho na enxertia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Bragantia vol.11 no.7-9 Campinas  1951

https://doi.org/10.1590/S0006-87051951000300006 

A extração do manganês e suas formas de ocorrência em alguns solos do estado de São Paulo

 

 

R. A. CataniI; J. Romano GalloII

IEngenheiro agrônomo, Secção de Agrogeologia Instituto Agronômico de Campinas
IIEngenheiro-agrônomo

 

 


RESUMO

O presente trabalho estuda a capacidade de extração do manganês do solo, por diversas soluções, a fim de esclarecer as formas de ocorrência daquele elemento nos solos do Estado de São Paulo.
Os solos estudados foram representados por três amostras de terra roxa legítima (solo oriundo de diabase), três amostras de solo massapé-salmourão (solo proveniente de gnais, xistos, granitos, etc.) e duas amostras de solo arenito Bauru (solo derivado da rocha sedimentar denominada arenito Bauru). Para extrair o manganês foram usadas as soluções : solução normal de acetato de amônio com pH = 7,00 ; solução normal e meio normal de nitrato de potássio ; solução normal e meio normal de nitrato de sódio ; solução normal de acetato de magnésio ; solução normal de nitrato de cálcio ; solução normal de acetato de amônio, contendo 0,4% de hidroquinona e com pH = 7,00 ; soluções de ácido nítrico 0,01, 0,05 e 0,2 normal. As extrações foram executadas por percolação usando 100 a 200 ml das mesmas para 10 g de terra. Foi, também, executada uma extração enérgica, usando-se H2SO4 (1+1) e HNO3 para conhecer o teor em manganês no estado de reserva.
Os resultados obtidos mostraram que as soluções dos sais de magnésio e cálcio foram mais eficientes que as de acetato de amônio (sem hidroquinona), de nitrato de sódio e de nitrato de potássio, na extração do manganês. As soluções normais de nitrato de sódio e nitrato de potássio forneceram os resultados mais próximos dos obtidos com a solução normal de acetato de amônio com pH = 7,00. A solução de acetato de amônio contendo 0,4% de hidroquinona e com pH = 7,00 extraiu uma quantidade elevada de manganês, acontecendo o mesmo com as soluções 0,01, 0,05 e 0,2 normal de ácido nítrico.
Os dados obtidos esclarecem que o manganês, além da forma "trocável", ocorre, nas amostras estudadas, na forma de óxidos hidratados, desde MnO.mH20 até MnO2.nH2O e, provàvelmente, em outras formas. Em virtude da relativa complexidade das formas de ocorrência do manganês no solo, a extração do teor "trocável" exclusivo tornou-se difícil. Entretanto, admitindo-se como "trocável" o teor extraído pela solução normal de acetato de amónio com pH = 7,00, a solução que mais satisfez, sob cs pontos de vista de capacidade de extração e de facilidade de marcha analítica, foi a de nitrato de sódio normal.
O teor de manganês extraído por qualquer das soluções dos sais de amônio, sódio, potássio, cálcio e magnésio das amostras estudadas, mostrou que a quantidade daquele elemento existente nos solos em questão é suficiente para satisfazer às exigências da maioria das plantas cultivadas.


SUMMARY

This paper reports a study concerning the extraction of manganese from several soil types of the State of S. Paulo with different solutions. The soils studied were : 3 samples of a soil type originated from gneiss, granites, shales etc. ; 3 samples of a soil type derived from basalts, and 2 samples of a soil type whose original material came from a sandstone.
Manganese was extracted by percolating 10 g of soil with 100 or 200 ml of the following solutions : normal solution of ammonium acetate, pH = 7.00 ; normal and one half normal solution of potassium nitrate ; normal and one half normal solution of sodium nitrate ; normal solution of magnesium acetate ; normal solution of calcium nitrate ; normal solution, of ammonium acetate with 0.4% of hydroquinone, pH = 7.00; 0.01, 0.05 and 0.2 normal solutions of nitric acid.
Also, a less soluble form of maganese was extracted by treating 1 g of soil with H2SO4 and HNO3.
Magnesium and calcium ions were more effective than sodium potassium and ammonium in extracting soil manganese.
Normal sodium nitrate and potassium nitrate solutions extracted a little less manganese than normal ammonium acetate solution, pH = 7.00.
The neutral solution of ammonium acetate plus 0.4% of hydroquinone, and the 0.01, 0.05 and 0.2 normal solutions of nitric acid extracted large amounts of manganese showing that manganese occurs in several forms in the studied soils. From all indications it is admited that manganese occurs as divalent, tetravalent and probably, in other stages between those valences.
In spite of the fact that it was difficult to determine the exchangeable manganese, it is assumed that the normal sodium nitrate solution was one of the best for extracting that content and for analytical purposes.
From all the data there are indications that the soils studied are quite well supplied with manganese.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

1.  Calani, R. A. e A. Küpper. As formas "trocável" e "fixa" dos cations K+, Ca + + e Mg + + nos solos do Estado de S. Paulo. Bragantia 9: 185-192. 1949.         [ Links ]

2.  Coppenet, M. Etude du manganese dans le sol. Annales Agronomiques. pág. 666. Ministère de 1'Agriculture. Dunod, Paris. 1951.         [ Links ]

3.  Fujimoto, C. K. e D. Sherman. Behavior of manganese in the soil and the manganese cycle. Soil Sci. 66: 131-145. 1948.         [ Links ]

4.  Leeper, G. W. The forms and reactions of manganese in the soil. Soil Sci. 63: 79-94. 1947.         [ Links ]

5.  Leeper, G. W. e R. J. Swaby. The oxidation of manganese compounds by microorganisms in the soil. Sou Sci. 49: 163-169. 1940.         [ Links ]

6.  Paiva Neto, j. E. de, R. A. Gatani, M. S. Queiroz e A. Küpper. Contribuição ao estudo dos métodos analíticos e de extração para a caracterização química dos solos do Estado de S. Paulo. An. da 1." Reunião Bras, de Ciência do Solo, pág. 79-108. 1950.         [ Links ]

7.  Paiva Ne lo, J. E. de. O manganês e os solos do Estado de S. Paulo. Rev. Agricultura 16: 515-583. 1941.         [ Links ]

8.  Peech, M. Em Diagnostic techniques for soils and crops, pág. 15-17. Publ. by The American Potash Institute, Washington 6, D. C. 1948.         [ Links ]

9.  Weber, H. Über die massanalytische und kolorimetrische Bestinimung des Mangans. Zeit. anal. Chem. 43: 643-656. 1904.         [ Links ]

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License