SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.47 issue2A administração de recursos materiais: importância do enfoque de custos e a responsabilidade dos profissionais de saúdeMultimídia e eficácia no ensino de anotações de enfermagem: relato de experiência pedagógica author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.47 no.2 Brasília Apr./June 1994

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71671994000200010 

ARTIGOS

 

Follow-up como modalidade da assistência de enfermagem ao hipertenso*

 

 

Fátima Lúcia Machado BragaI; Cristiane Maria CovelloII

IEnfermeira, Especialista em Enfermagem de Saúde Pública . Sanitarista do Hospital das Clinicas (HC) - Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).Gerente de Enfermagem do Serviço Ambulatorial de Cardiologia/Nefrologia e enfermeira da equipe multidisciplinar da Clínica de Hipertensão Arterial do HC-UFPE
IIEnfermeira. Residente do Hospital Regional Dom Moura e estagiária da Clínica de Hipertensão Arterial do HC-UFPE

 

 


RESUMO

O presente trabalho analisa o papel da enfermeira na equipe multidisciplinar da Clínica de Hipertensão Arterial do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco e sua atuação junto a clientes hipertensos controlados apenas com o follow-up da enfermagem, através da consulta específica. As autoras descrevem a metodologia e os resultados obtidos na consulta de enfermagem, ressaltando a característica de autonomia profissional nos procedimentos terapêuticos estabelecidos no protocolo da Clínica. Além disso, são analisadas as variações das cifras tensionais dos hipertensos controlados, a necessidade de encaminhamento ao médico e/ou a outros profissionais da equipe, o cumprimento da terapêutica farmacológica e/ou não farmacológica, o comportamento dos fatores de risco modificáveis identificados na primeira consulta ou nas consultas subseqüentes e a adesão ao follow-up de enfermagem.

Unitermos: Consulta de Enfermagem - Hipertenso Controlado - Hipertensão-Arterial.


ABSTRACT

The following study analyses the nurse's role in a multiprofessional working group at the hypertension ambulatory care unit (Hospital das Clínicas -Universidade Federal de Pernambuco, Brasil) and her role in working with hypertensive patients, who are managed only by the nursing follow-up at the clinic. The authors describe the methodology and the results obtained from the management of these patients at the clinic, emphasizing the practitioner's autonomy in the therapeutic procedures, which are established in the clinic's protocol. Other aspects are also analysed in this study such as (1) the blood pressure variations of a controlled group of hypertensive patients, (2) the necessity of referring the patient to a physician or other professionals when needed, (3) the results of pharmacologiacal and/or non-pharmacological therapeutics and (4) the influences of the modifying risk factors, which were identified either in the first consultation or in subsequent clinic follow-up, and the aderence to the nursing follow-up.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. BRASIL. Lei n 7498, de 25 de junho de 1986. Dispõe sobre a regulamentação do exercício da enfermagem e dá outras providências. Normas e Notícias - COFEN.Brasília, a.10, p.3-5, jun. 1987. Edição extra.         [ Links ]

2. ______. Decreto n 94.406, de 08 de junho de 1987. Regulamenta a lei n7498, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre o exercício da enfermagem e dá outras providências. Normas e Notícias - COFEN. Brasília, a.10, p.3-5, jun. 1987. Edição extra.         [ Links ]

3. ______. Ministério da Saúde. Cadernos das doenças crônico-degenerativas. Brasília: Divisão Nacional de Doenças Crônico-Degenerativas, 1987. 22p.         [ Links ]

4. ______. Normas Técnicas para o Programa Nacional de Educação e Controle da Hipertensão Arterial (PNECHA). Brasília: Centro de Documentação do Ministério da Saúde, 1988. 90p.         [ Links ]

5. BURKE, Eddie, CECIL, John. Hypertension: a practice nurse protocol. The Practitioner.s.1, v.235, n.1506, p.651-655, sep. 1991.         [ Links ]

6. CAR, Márcia Regina, PIERIN, Ângela María Geraldo, AQUINO, Vera Lúcia. Estudo sobre a influência do processo educativo no controle da hipertensão arterial. Rev. Esc. Enferm. USP. São Paulo, v.25, n.3, p.259-269, dez. 1991.

7. CERRATO, Paul L. Hypertension: the role of diet and lifestyle. R.N.s.1, v.53, n.12, p.46-51, dec. 1990.         [ Links ]

8. CHAVES Jr., Hilton. Condutas da hipertensão. Hiper Ativo. São Paulo, a.1, n.6, p.3-6, maio 1992.         [ Links ]

9. CHAVES Jr., Hilton, MACHADO, Fátima, VASCONCELOS, Ana Carolina, et al. Experiência multidisciplinar na Clínica de Hipertensão do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA, 48, 1992. Recife/Olinda. Anais... Recife/Olinda: Sociedade Brasileira de cardiologia, 1992.p.167.         [ Links ]

10. CLARK, Anita B., DUNN, Marvin. A nurse clinician's role in the management of hypertensio. Arch. Inter. Med. s.1, v.136, n.8, p.903-904, aug. 1976.         [ Links ]

11. CONVENÇÃO BRASILEIRA PARA O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL, 1,1990, Campos do Jordão. Consenso brasileiro para o tratamento da hipertensão arterial.         [ Links ] Arq. Bras. Cardiol. São Paulo, v.56, s.A, P.A3-A9, jan. 1991.         [ Links ]

12. COSTA, Maria José Chaves. Atuação do enfermeiro na equipe multiprofissional. Rev. Bras. Enferm. Brasília, v.31, p.321 -339, jul./set. 1978.         [ Links ]

13. CRUZ, Isabel Cristina Fonseca da. Consulta de Enfermagem ao Cliente Hipertenso. Rio de Janeiro, 90p., 1988. Dissertação (Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica), Escola de Enfermagem Ana Néri, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1988.         [ Links ]

14. CRUZ, Diná Almeida Lopes Monteiro da. Aspectos de enfermagem na prevenção primária das doenças isquêmicas do coração. Rev. Esc. Enferm. USP. São Paulo, v.22, n.2, p.215-221, ago. 1988.         [ Links ]

15. ELUF NETO, José, LOTUFO, Paulo Andrade, LOLIO, Cecília Amaro. Tratamento da hipertensão arterial e declínio de mortalidade por acidentes vasculares cerebrais. Rev. Saúde Pública. São Paulo, v.24, n.4, p.332-336, 1990.         [ Links ]

16. FELDER, Emma. Hypertension in blacks: implications for health care. The ABNF Journal, s.1, v.2, n.1, p.11-14, Winter, 1991.         [ Links ]

17. FEURY, Dianne, NASH, David T. Hypertension: the nurse's role. R.N.s.1, v.53, n.11, p.54-60, nov. 1990.         [ Links ]

18. FINK, Janis W. The Challenge of high blood pressure control. Nursing Clinics of North America. s.1, v.16, n.2, p.301 -308, June 1981.         [ Links ]

19. GIBLIN, Elizabeth. Controling high blood pressure. American Journal of Nursing, s.1, v.78, n.5, p.824, may 1978.         [ Links ]

20. HORTA, Wanda Aguiar. Processo de Enfermagem. São Paulo: EPU-Ed. da Universidade de São Paulo, 1979. 100p.         [ Links ]

21. JARDIM, Paulo César Veiga, SOUSA, Ana Luísa L. Liga de Hipertensão Arterial integrando serviço, ensino e pesquisa. Boletin de la Oficina Sanitaria Panamericana.s.1, v.114, n.1, jan. 1993.         [ Links ]

22. JARDIM, Paulo César Veiga, SOUSA, Ana Luísa L. Avaliação da aderência ao tratamento da hipertensão arterial em serviço multidisciplinar. In: Congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão, 1, 1992. São Paulo. Anais... São Paulo: Sociedade Brasileira de Hipertensão, 1992.         [ Links ]

23. JOINT NATIONAL COMMITTEE: The 1988 report of the Joint National Committee on Detection, Evaluation and Treatment of High Blood Pressure, 4. Arch. Intern. Med.v.148, p.1023-1238.         [ Links ]

24. JOINT NATIONAL COMMITTEE: The 1992 report of the Joint National Committee on Detection, Evaluation and Treatment of High Blood Pressure. Ciência, Cultura e Lazer. São Paulo, a.1, n.1, p.12-13,1993.         [ Links ]

25. KIRK-GARDNER, Rhonda, CROSSMAN, Jane. Cardiac risk factors of smoking, hypertension, obesity and family history: a review of the literature. Can. J. Cardiovasc. Nurs.s.1, v.2, n.1, p.9-14. apr. 1991.         [ Links ]

26. KOCHAR, Mahendr, WOODS, Karyn D. Controle da hipertensão para enfermeiras e demais profissionais de saúde.2.ed. São Paulo: ANDREI, 1990. 318p.         [ Links ]

27. LOLIO, Cecília Amaro de. Prevalência da hipertensão arterial em Ararquara. Arq. Bras. Cardiol.São Paulo, v.55, n.3, p.167-173, set. 1990.         [ Links ]

28. LUNA, Rafael Leite. Hipertensão arterial.2.ed. Rio de Janeiro: MEDSI, 1990. 300p., p.1-74.         [ Links ]

29. MARANHÃO, Mário Fernando Camargo, RAMIRES, João Antônio F. Aspectos atuais do tratamento da hipertensão arterial. Arq. Bras. Cardiol.São Paulo, v.51,n.1,p.99-105, jul. 1988.         [ Links ]

30. MOSER, Marvin. Hypertension: how therapy works. American Journal of Nursing. s.1, p.937-941, may 1990.         [ Links ]

31. OIGMAN, Wille. Recomendações não farmacológicas coadjuvantes no tratamento da hipertensão arterial. Arq. Bras. Cardiol. São Paulo, v.57, n.4, p.341-346, out. 1991.         [ Links ]

32. OIGMAN, Wille. Caminhos e descaminhos da hipertensão. Galenus.Rio de Janeiro, v.1, n.2, p.5-10,1991.         [ Links ]

33. OLIVEIRA, Maria Ester Dias de, ERNESTO, Dayse Z. Lopez, CANCINO, Carola Angeles. Consulta de enfermagem a hipertensos: perfil da população e caracterização da assistência. Rev. Esc. Enferm. USP.São Paulo, v.22, n.2, p.189-198, ago. 1988.         [ Links ]

34. PIERIN, Ângela Maria Geraldo, CAR, Márcia Regina. Instrumento de consulta de enfermagem a pessoas com hipertensão arterial em tratamento ambulatorial. Rev. Esc. Enferm. USP. São Paulo, v.26, n.1, p.17-32, mar. 1992.         [ Links ]

35. PIERIN, Ângela Maria G., CAR, Márcia Regina, GIORGI, Dante M.A. et al. Atendimento de enfermagem ao paciente com hipertensão arterial. Rev. Bras. Med. (Cardiologia). São Paulo, v.3, n.4, agosto 1984.         [ Links ]

36. PIERIN, Ângela Maria Geraldo. A pessoa com hipertensão arterial em tratamento no ambulatório: considerações gerais. Parte 1. Rev. Esc. Enferm. USP. São Paulo, v.22, n.2, p.223-229, ago. 1988.         [ Links ]

37. PIERIN, Ângela Maria Geraldo. A pessoa com hipertensão arterial em tratamento no ambulatório. Parte 2. Estudo sobre os problemas, dificuldades e modificações decorrentes da doença e do tratamento. Rev. Esc. Enferm. USP São Paulo, v.22, n.3, p.273-282, dez. 1988.         [ Links ]

38. PIERIN, Ângela Maria Geraldo. A pessoa com hipertensão arterial em tratamento no ambulatório. Parte 3. Influência de variáveis, conhecimento das complicações da doença e expectativas quanto à assistência de enfermagem. Rev. Esc. Enferm. USP São Paulo, v.23, n.1, p.35-48,abr. 1989.         [ Links ]

39. RAMSAY, Janice A., McKENZIE, John K., FISH, David G. Physicians and nurse practitioners: do they provide equivalent health care? American Journal of Public Health.s.1, v.72, n.1, p.55-57, jan. 1982.         [ Links ]

40. ROCHA, Marisa M. Fatores de risco e coronariopatias. Medicina Prat-K. Rio de Janeiro, v.1, n.1, p.6-7, jan./fev. 1987.         [ Links ]

41. SARAGOÇA, Manoel Antônio. Tratamento da hipertensão arterial. Rev. Ass. Med.Brasil. São Paulo, v.38, n.3, p.159-168, jul./set. 1992.         [ Links ]

42. SOUSA, Ana Luíza L., JARDIM, Paulo César V., MONEGO, Estelamaris Tronco et al. Uma experiência multiprofissional na abordagem ao paciente hipertenso. Arq. Bras. Cardiol. São Paulo, v.59, n.1, p.31-35, jul. 1992.         [ Links ]

43. SOUSA, Ana Luíza L, JARDIM, Paulo César V., MONEGO, Estelamaris Tronco et al. A enfermagem e o paciente hipertenso em uma abordagem multidisciplinar. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM, 44, 1992, Brasília, Anais... Brasília: Associação Brasileira de Enfermagem, 1992.         [ Links ]

44. URBANETZ, Lorena A.G. Lara Teran. Hipertensão arterial: mitos e verdades. Documenta Médica. São Paulo, p.1-12, ago 1987.         [ Links ]

45. WARD, Graham, BANDY, Patrícia, FINK, Janis W. Treating and counseling the hypertensive patient. American Journal of Nursing. s.1, v.78, n.5, p.824-828, may 1978.         [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 20.12.93

 

 

*Trabalho apresentado no 45º Congresso Brasileiro de Enfermagem. Prêmio Lays Netto dos Reis. 1º Lugar. Olinda - Recife, 28 de novembro a 3 de dezembro de 1993

 

 


ANEXO 1 - Clique para ampliar

 


ANEXO 2 - Clique para ampliar

 


ANEXO 3 - Clique para ampliar

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License