SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 issue1A educação e o processo de inclusão: exclusão social da mulher: uma questão de gênero?Sistema de apoio à decisão no planejamento e prescrição de cuidados de enfermagem (SAD-PPCE) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.48 no.1 Brasília Jan./Mar. 1995

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71671995000100009 

ARTIGOS

 

Ostomizado: reabilitação sem fronteiras? ponto de vista do enfermeiro*

 

 

Isabel Umbelina Ribeiro Cezareti

Enfermeira, estomaterapeuta, docente do Departamento de Enfermagem da Escola Paulista de Medicina

 

 


RESUMO

De posse do conceito de reabilitação e dos significados semântico e filosófico da palavra limite (fronteira), a autora apresenta cinco proposições para fundamentar o processo de cuidar para reabilitar a pessoas ostomizada. Ao concluir, afirma que este processo apresenta como limite, o ponto de partida, portanto, devendo se iniciar no pré-operatório. Por outro lado, o limite como ponto de partida será estabelecido pela motivação da pessoa ostomizada e sua capacidade de engajamento nas atividades de autocuidado e participação social. Afirma, ainda, que quando a reabilitação for atingida como resultado do processo de cuidar para reabilitar, passará a fazer parte da dinâmica das relações interpessoais, a ter foco no novo estilo de vida ou nova realidade social e, enfim, a fazer parte do processo de viver da pessoa ostomizada.

unitermos: Reabilitação - Ostomia - Cuidados de enfermagem - Educação do paciente - Auto cuidado


ABSTRACT

Knowing about theconcept of rehabilitationand thesemantic and philosophic meaning of the word limit (frontier), the author gives five basic propositions to justify the process of caring for rehabilitation of the ostomy patient.Concluding, the author states that this process has as limit its starting point. Therefore , it has to begin at preoperative stage. On the other hand, the limit as a point of arrival will established by the ostomy patient's motivacion and his/hercapacityofbeing involved in the self care activities and social participation. The author also declares that when rehabilitation is reached as a result of rehabilitation assistance process, it will be part ofthe dynamics of interpersonal relationships focusing on a new life style or a new social reality and, finally, as part of the process of living the ostomy person.

keywords: Rehabilitation - Ostomy - Nursing care - Patient education - Self - care


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1 - ABBAGNANO.N. Dicionário de Filosofia. 2ed. Sãso Paulo: Mestre Jou, 1982.

2 BARBIERI, D.L. et al. Autocuidado na assistência de enfermagem: sua prática no hospital universitário. Rev. Paul. Hosp., v.35. n.7/9. p.118-25, 1987.         [ Links ]

3 - BEALAND, I., PASSOS, J. Enfermagem Clínica - aspectos filosóficos e psico-sociais. São Paulo: EPU/ EDUSP:1979. Cap. 18, p. 155/179: A enfermagem na reabilitação, v.3.         [ Links ]

4 - BLACK, P. Selecting a site. Nurs. Mirror, v.161, n.9, p.22-24, 1985.         [ Links ]

5 -BOARINI, J.H. Preoperative considerations. In: BROADWELL, D.C. JACKSON, B. S. Principles of ostomy care. St. Louis: The C. V. Mosby Company, 1982. Cap. 23, p.321-28.         [ Links ]

6 - BOWLBY, L. Formação e rompimento dos laços afetivos. São Paulo: Martins Fontes, 1982. Cap.6. Autoconfiança e algumas condições que a promovem.         [ Links ]

7- BRECKMAN, B. Enfermeria del estoma. Madrid:Interamericana, 1970. 221 p.         [ Links ]

8- BROADWELL, D.C., JACKSON, B.S. Principies of ostomy care. St.Louis: The C.V. Mosby Company, 1982. 815p.         [ Links ]

9 - BRUNNER, L.S., SUDDARTH, D.S. Tratado de enfermagem médico-cirúrgica. 6ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1990. Cap. 14, p.14, p.190-216: Princípios e práticas de reabilitação, v.1.         [ Links ]

10 - BUCHANAN-DAVISON, D.J. The colostomy patient. Partl: Nursing concern an considerations. The Journal of Pract Nurs., v.29, n.9, p.14-21, 1979.         [ Links ]

11 - ELSEN, I. et al. Cidadania: um novo conceito para a prática de enfermagem com a família. Texto e Contexto Enf., Florianópolis, v.1, n.1, p.106-15,1992.         [ Links ]

12 - FERREIRA, A.B. DE H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1987.         [ Links ]

13 - GARCIA, G.P. IIeostomia: atención pré-operatória. In: Curso de capacitacion en estomaterapia para enfemieria. Madrid, 1989, p.1-4 (mimeo).         [ Links ]

14 - GONÇALVES, L.H.T. et al. Ser ou estar saudável na velhice. Texto e Contexto Enf. Florianópolis, v.1, n.2, p. 100-13, 1992.         [ Links ]

15 - MAHONEY, J.M. Guide to ostomy care. Boston: Little, Brown and Company, 1976. Cap.3, p.31-53: Preoperative preparation and teaching.         [ Links ]

16 - ______ Guide to ostomy care. 1976. Cap.9, p.117-210: Rehabilitation.         [ Links ]

17 - MIELNIK, I. Desajustes psico-emocionais: noções preventivas. São Paulo: Serviço Social da Indústria, 1979, 65p.         [ Links ]

18 - OREM, D.E. Nursing concepts of pratice. 4ed. St.Louis: Mosly Year Book, 1991.         [ Links ]

19 - ORTIZ, H. et al. Indicaciones y cuidados de los estomas. Barcelona: Jims, 1989, 372p.         [ Links ]

20 - PENNA, C.M. de M. Família Saudável: uma análise conceitual. Texto e Contexto Enf. Florianópolis, v.1, n.2, p.89-99, 1992.         [ Links ]

21 - SANTOS, V..L.C.G. dos Reabilitação do ostomizado: em busca do ser saudável. Texto e Contexto Enf. Florianópolis, v.1, n.2, p.180-190, 1992.         [ Links ]

22 - SÃO PAULO Secretaria de Estado da Saúde. Assistência aos pacientes ostomizados. São Paulo, Serviço Gráfico DAS, (s.d.) 6p.         [ Links ]

23-SMITH, D.B. Psychosocial adaptation. In: HAMPTON, B.G. BRYANT, R.A. Ostomies and continent diversonsnursing management. St. Louis: Mosly Year Book. 1992. Cap.1. p.1-28.         [ Links ]

24-TRENTINI, M., SILVA, D.G.V. Condição crônica de saúde e o processo de ser saudável. Texto e Contexto Enf. Florianópolis, v.1, n.2, p.76-88, 1992.         [ Links ]

25 - VIEIRA, J.C.M. A ponte indivíduo-grupo: uma prática do modelo de adptação. Florianópolis, 1971, 220p. Dissertação (Mestrado) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal de Santa Catarina, 1971.         [ Links ]

26 - WATT, R.C. Stoma placement. In: BROADWELL, D.C. JACKSON. B.S. Principies of ostomy care. St. Louis: The C.V. Mosby Company, 1982. Cap. 24, p.329.         [ Links ]

27 - ZERBETTO, G.M. Reabilitação do paciente ostomizado. Rev.Paul.Enf. São Paulo, n.0, p.16-18, jan./fev. 1981.         [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 25/11/94.
Aprovado para publicação em 6/3/95.

 

 

* Tema do painel no 1º Congresso Latino-Americano de Estomaterapia, Guarujá, 1994

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License