SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 issue2Workshop: "woman - a trip through her body"Preparando adultos para a convivência com familiares idosos: uma proposta de intervenção psicoeducacional author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.49 no.2 Brasília Apr./June 1996

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71671996000200013 

PÁGINA DO ESTUDANTE

 

Análise do grau de conhecimento da população sobre a teratogenia do álcool e a conduta de enfermagem

 

Population knowledge level analysis on alcohol teratogeny and nursing performance

 

 

Gabriela Trindade de SouzaI; Márcia de Castro RodriguesII; Maria do Carmo CiavagliaII

IGraduanda em Enfermagem da Escola de Enfermagem Anna Nery/UFRJ
IIProfessora do Departamento de Embriologia e Histologia da UFRJ

 

 


RESUMO

O álcool, que de início, faz parte de grandes cerimoniais, festas, encontros de amigos, atualmente vem se transformando numa questão preocupante porque o número de mulheres, que faz consumo de bebidas alcoólicas aumentou, e conseqüentemente, o número de gestantes. Considerando-se que não somente o organismo materno como também o do ser em desenvolvimento estão sujeitos às alterações metabólicas, inevitavelmente, tornar-se-ão alvos das modificações induzidas pelo álcool. Durante o desenvolvimento humano é importante levar em consideração a época gestacional, já que, dependendo do estágio, o indivíduo fica susceptível aos agentes teratogenos. O presente trabalho pretende dar uma pequena contribuição perante este problema social, trazendo o conhecimento da ação do álcool no embrião e no feto, suas respectivas alterações, desde a de menor gravidade (irritabilidade, falta de atenção, deficiência no desempenho motor e outros) até a Síndrome Alcoólica Fetal (SAF) e também procura analisar o grau de conhecimento da população sobre as conseqüências da ação do álcool no organismo da mulher grávida e as possíveis alterações que poderão ocorrer com o feto. Para que essa análise fosse possível, foram realizadas entrevistas através de formulários aplicados em amostras populacionais das regiões Norte, Oeste, Sul e Baixada Fluminense, aproximadamente 100 pessoas por região. Visitamos também algumas Instituições públicas e privadas (23), entrevistando Enfermeiras no setor de Pediatria, no intuito de detectar as dificuldades encontradas em relação ao diagnóstico e à conduta frente a Síndrome Alcoólica Fetal.

Unitermos: Álcool -Teratogenia - População - Conduta de enfermagem.


ABSTRACT

Alcohol which, at first is part of great ceremonies, parties, gettogethers, is now becoming an important issue, for the number of women who consume alcoholic beverages has increased, and consequently the number of pregnant women, considering that not only the mother's body but also the one of the child that is being formed, are under metabolic changes, and inevitably will be a target for acquired alcohol alterations (intake). During the human development, it is important to take into consideration the pregnancy stage and depending on it, the individual becomes susceptible to teratogenic agents. This paper aims at providing some contribution related to this social issue bringing knowledge on the action of alcohol on the fetus alterations, from the slightest (irritability, lack of attention, mobility deficiency) until Fetal Alcoholic Syndrome (F.A.S.) and also tries to analyse the extent of people knowledge on the consequences of alcohol effects over pregnant women bodies and the possible changes that may occur with the fetes. In order to make this study possible, interviews have been made by the use of forms with a population sample of about 100 people living in the northern, western, southern and interior low land regions. We have also visited some public and private institutions (23) on those regions, interviewing nurses in paediatric wards, aiming at identifying the difficulties found related to the diagnosis and management towards F.A.S.

Keywords: Alcohol - Teratogenic - Nursing performance.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. MASUR, J. AMARAL, L.; "et.al". Álcool e Gravidez - Feminina, p. 1107-1108, Dez. 1986.         [ Links ]

2. LIMA, J.M.B. Álcool e Gravidez - Síndrome Alcoólica Fetal. Arq. Bras. Med, v. 59, n.1, p.1-2 1985.         [ Links ]

3. HALMESMAKI, E.; et.al. Estradiol, Estriol, Progesterone, Prolactin and Human Corionic Gonodotropin in Pregnant Women with Alcoholic Abuse, J. Clinical Endocrinology and Metabolism, v. 64, n. 1, p. 153-156. 1987.         [ Links ]

4. CASMOVICH, G.S. "et.al". The Hormonal Function of Fetal Placental System in Pregnant Women With Alcoholic Intoxication, Akusk-Gine. Kolmosk; n.12, p. 18-22, Dec. 1989.         [ Links ]

5. LUKE, B.; et.al. Substance Abuse During Pregnat in Rural Population - Obstet - Gybecol, n. 79, p. 245-248. 1992.         [ Links ]

6. BEDRAN, J. N.; "Uso de Drogas na Gravidez e Lactação" - Álcool e Gravidez, Ed. Guanabara, p. 277-291. 1988         [ Links ]

7. SMITH, D. W. Síndrome de Malformações Congênitas: Aspectos Genéticos, Embriológicos e Clínicos - Efeito do álcool sobre o feto, Ed. Manole Ltda. p. 425-428. 1989.         [ Links ]

8. GAGO, M.C.; NOVO, J; PENA, J. Maternal Alcohol Ingestion and Neural Tube Defects Observation of four Brothers ina a Family, Brain. Dev, v.9, n. 3, p. 321-322. 1987.         [ Links ]

9. ATTI, Ramos J.; GAILY, E. Dismorphic Features in Offspring of Alcoholism Mothers, Psychiatr-ClinNorth-Am, v. 15, n.2, p. 359-372. Jun. 1992.         [ Links ]

10. MOUHMOUSH, B.; et.al. Alcohol an hert, The Long Term Effects Alcohol on Cardiovascular System. Arch Intern Med, n. 151, p. 36-42. Jan. 1991.         [ Links ]

11. SMITH, D. W.; GRAHAM, J. M. Fetal Alcohol Syndrome in Child Whose Parents Had Stopped Drinking, The Lancet, p. 527, Sep. 1979.         [ Links ]

12. ROSETTI,H.L.; et.al. Patterns of Alcohol Consumption and Fetal Development; Obstetrics and Gynecology, v. 65, n. 5, p. 539-546. 1983.         [ Links ]

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License