SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.50 issue2The malformed child 'mother-being': a phenomenological studyOperational definition of nursing care quality at an ICU of a School-Hospital author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.50 no.2 Brasília Apr./June 1997

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71671997000200007 

ARTIGOS

 

Em busca de lugares perdidos: assistência ao doente mental revelada através de histórias de vida

 

Searching for lost places: assistance to mental patient revealed by his life history

 

 

Dorisdaia Carvalho de Humerez

Doutora em Enfermagem EEUSP, Docente de Enfermagem Psiquiátrica Dep.Enf. UNIFESP

 

 


RESUMO

O trabalho em questão tem por objetivo conhecer a história de vida de doentes mentais; resgatar suas expectativas, projetos e possibilidades dentro ou fora da instituição psiquiátrica e refletir com base na experiência dos sujeitos, sobre a assistência ao doente mental. Os discursos revelaram a qualidade da vivência nos lugares antes, durante e depois do enlouquecer, sendo que, no depois, os relatos, passam a ter outro significado, mesmo quando o lugar, materialmente, é o mesmo de antes do adoecer. Os sujeitos conseguem sobreviver olhando para o passado, que na maior parte foi também de dificuldades, porém tinham o essencial: desempenhavam papéis aceitos socialmente, compartilhavam no grupo social e antecipavam-se no porvir. Os sujeitos deste estudo expõem o uso de astúcia e esperteza para driblar a ordem a que estão submetidos. Reivindicam o resgate do identitário, do relacional, querem compartilhar, de alguma forma, da vida com os outros e participar das gestões sobre seu destino. Explicitaram também que a vivência do não-lugar não é apenas no hospital psiquiátrico, mas a cultura manicomial que habita as famílias, os ambulatórios, os hospitais-dia, as universidades, as enfermarias psiquiátricas dos hospitais gerais. Desconstruir o manicômio, portanto, será rever a cultura, ou o manicômio mental. Não se trata de um processo apenas no interior da psiquiatria, mas atravessa diferentes dimensões: da política, das leis, da organização social, das instituições disciplinares, enfim, do imaginário coletivo.

Unitermos: Assistência ao doente mental - História de vida - Enfermagem psiquiátrica.


ABSTRACT

This study aims at knowing mental patients life history by freeing their hopes, projects and possibilities either indoors or away from the psychiatric institution and based on the people knowledge of life, pondering over assistance to mental patients. By reading speeches reports, we have been revealed their quality of life BEFORE, DURING and AFTER the maddening process, considering that for AFTER, the reports presented another meaning, even when the place was materially the same place of before becoming ill. Due to the lack of choice and of meaning, they succeeded in living looking backwards to the past, which, in most cases, was also plenty of difficulties; however they had the essential: the role they played was socially accepted, they shared the social group and anticipated the time-to-come. The subject of this study exposed the use of astuteness and smartness to dribble the rules to which they are submitted. They reinvindicate the liberation of the identity, the relational, they wish to share life with the others and participate in the administration of their destiny, somehow. They also state that the non-place, is not only the psychiatric hospital but also the existing culture of mad-houses in the families, out-patient units, daily hospitals and hospital psychiatric wards. Undoing the mad-house, it will be necessary to revise culture or mental mad-house, in other words, to free our minds from rationality of jail. This is not only a process within Psychiatry; it crosses different dimensions: politics, law, social organizations, rules, disciplinary institutions, the collective imaginary.

Keywords: Assistance to mental patients - Life history - Psychiatric nursing.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. AUGE, M. Não-lugares: Introdução a uma antropologia da supermodernidade. Campinas, São Paulo: Papirus, 1994. 111 p.         [ Links ]

2. BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Martins Fontes, 1979. 225 p.         [ Links ]

3. BARROS, D. L. P. Teoria Semiótica do Texto. São Paulo: Ática, 1990. 96 p.         [ Links ]

4. CERTEAU, M. A Invenção do cotidiano: artes de fazer. Petrópolis, Rio de Janeiro. Vozes, 1994. 352p.         [ Links ]

5. CIAMPA, A. C. A estória de Severino e a história de Severina. 4.ed. São Paulo: Brasiliense, 1994. 243 p.         [ Links ]

6. MOFFATT, A. Terapia da crise: Teoria temporal do psiquismo. 2.ed. São Paulo: Cortez, 1983. 151p.         [ Links ]

7. NICÁCIO, M. F. S. O processo de transformação da saúde mental em Santos: desconstrução de saberes, instituições e cultura. São Paulo, 1994. 155 p. (Dissertação de mestrado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)         [ Links ]

8. ROTELLI, F. &. LEONARDIS, O. & MAURI, D. Desinstitucionalização, uma outra via: A reforma psiquiátrica italiana no contexto da Europa Ocidental e dos "Países avançados" In: NICACIO, F. (Org.) Desinstitucionalização. São Paulo: Hucitec, 1990. pp 17-59.         [ Links ]

9. SAWAIA, B. B. Dimensão ético-afetiva do adoecer da classe trabalhadora. In LANE, S. T. M. & SAWAIA, B.B. (org.) Novas veredas da psicologia social. São Paulo: Brasiliense-EDUC, 1995. pp 157-168.         [ Links ]

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License