SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue1Roedores silvestres na epidemiologia da esquistossomose mansônica no lago da Pampulha, Belo Horizonte, Minas Gerais (Brasil)Prevalência de Isospora em cães de diferentes áreas da cidade do Rio de Janeiro author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Rev. Soc. Bras. Med. Trop. vol.9 no.1 Uberaba Jan./Feb. 1975

http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86821975000100006 

Prevalência de tuberculose - infecção entre trabalhadores da Fabriljuta de Parintins*

 

 

Mourad I. BelacianoI; Neide LazzaroII; Antônio Augusto F. QuadraII; Hésio de A. CordeiroII

I Membro da XII Equipe de Medicina do Campus Avançado
II Monitor, IMS-UEG
III Assistente, IMS-UEG

 

 


RESUMO

Através do teste PPD procurou-se estabelecer o comportamento da infecção tuberculosa em uma fábrica de beneficiamento de juta, examinando 355 operários, áveis: divididos segundo as variádade: idade, sexo, tempo e local de serviço.

Observou-se associação significativa entre maior prevalência de reatoresfortes e as variáveis: sexo e trabalho em local "não-aglomerado". Em termos globais, a prevalência de reatores fortes foi igual a 38%.


SUMMARY

The authors tried to investigate the development of tuberculosis infection in a factory through the PPD test examining 355 workers, considering age, sex, lemght and place of work as variables.

A more significant association between strong-reaction and the variables sex and non-aglomerated places of work was observed. Overall, the prevalence of strong reactions was about 38%.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. ALMEIDA, A.P. de - Prevalência de infecção tuberculosa em escolares das capiteis brasileiras. Bol. Epidemiológico, 5: 193, 1973.         [ Links ]

2. ALMEIDA, A.P. de & LIMA, L.L. de - A tuberculose no Brasil. Bol. Epidemiológico, 6: 25, 1974.         [ Links ]

3. DIVISÃO NACIONAL DE TUBERCULOSE - Programa de trabaho. Rio de Janeiro, 1972. 47p.         [ Links ]

4. KATZ, J.; KUNOFSKY, S. & KRASNITZ, A. - Variation in sensitivity to tuberculin. Amer. Rev. Resp. Dis., 106: 202, 1972.         [ Links ]

5. LIMA, L.L. de & NASCIMENTO, E.A. do - Algumas informações sobre a tuberculose no Brasil de 1960 a 1969. Rev. Div. Nac. Tuberc., 15: 5, 1971.         [ Links ]

6. LUZ, T.P.; BUSTAMANTE, H.T. de; SZKLO, M. & STROZENBERG, A. - Complexo de sintomas respiratórios e rinite vasomotora. Prevalência em operários da FabrilJuta de Parintins, Amazonas, jun. 1971. Rev. Bras. Med., 29: 184, 1972.         [ Links ]

7. SERVIÇO NACIONAL DE TUBER­CULOSE - Prova tuberculínica em Saúde Pública. 2.a recomendação. Rio de Janeiro, 1971.         [ Links ]

8. VILLAS-BOAS, A. - O problema da tuberculose nas Américas. BoL. Epidemiológico, 4: 65, 1972.         [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 17-12-74.

 

 

*Trabalho do Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado da Guanabara (IMS-UEG), realizado no Campus Avançado de Parintins.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License