SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue5-6EFEITOS DA FLUTUAÇÃO DO NÍVEL DA ÁGUA SOBRE A DENSIDADE E COMPOSIÇÃO DO ZOOPLÂNCTON EM UM LAGO DE VÁRZEA DA AMAZÔNIA, BRASILFOLK MEDICINE OF ALTER DO CHÃO, PARÁ, BRAZIL author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.13 no.5-6 Manaus Oct. 1983

http://dx.doi.org/10.1590/1809-439219831356725 

BOTÂNICA

ASPECTOS FENOLÓGICOS, ECOLÓGICOS E DE PRODUTIVIDADE DO CUPUAÇU-Theobroma grandiflorum (Willd. ex Spreng.) Schum.

Martha de Aguiar Falcão1 

Eduardo Lleras2 

1Fundação Universidade do Amazonas (FUA) — Manaus

2Centro Nacional de Recursos Genéticos (CENARGEN) EMBRAPA. Instituto lnteramericano de Cooperação para a Agricultura (MCA) - Brasília - Brasil.

Resumo

De maneira geral, o "Cupuaçu" (Theobroma grandiflorum) floresce na região de Manaus entre maio e setembro, época de menor precipitação pluviométrica e a safra se dá entre meados de janeiro até final de março. Nele foram encontradas dez espécies de insetos visitantes dos quais: 5 himenópteros (abelhas), 2 himenópteros (formigas), 1 ortóptero e 1 díptero. As abelhas são nesta região, difinitivamente, as responsáveis pela polinização. Com média de produção de aproximadamente 3.500 flores por árvore e safra com ± 17,2 frutos maduros, a espécie é considerada de baixíssima eficiência na produção de frutos. Porém, em termos de eficiência energética com safra de ± 16,46 Kg de fruto por árvore, assemelha-se a outras espécies de fruteiras tropicais. A falta de correlação entre flores e frutos maduros (r: 0,86) sugere, como no caso de outras espécies tropicais, que o tamanho da safra é controlado por fatores endógenos.

Summary

Data on ecology, phenology and productivity of cupuaçu Theobroma grandiflorum are presetend. The species flowers, in the Manaus area, between May and September which corresponds to the rainiest part of the year, with fruit ripening between mid-November and the of March. Ten species of insects were found visiting the flowers: 5 species of bees, which are the probable pollinators, 2 species of ants, a beetle and a fly. With a mean production of 3500 flowers per tree a crop mean of 17.2 mature fruit, it presents a very low effiency in fruit set. The high correlation between flowers and fruits suggests, as in other species previously studied, that crop size in endogenously controled.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Creative Commons License This is an Open Access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License, which permits unrestricted use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.