SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue2Parameter identification of dispersive solute transport in structured soils: spatial heterogeneity of porous media, transport distance and modelingMeasuring mechanical impedance in clayey gravelly soils author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Ciência do Solo

On-line version ISSN 1806-9657

Rev. Bras. Ciênc. Solo vol.22 no.2 Viçosa Apr./June 1998

http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06831998000200002 

SEÇÃO I - FÍSICA DO SOLO

 

Condutividade hidráulica de amostras remoldadas de um latossolo roxo distrófico tratado com água/vinhaça

 

Hydraulic conductivity of packed samples of an oxisol treated with water/vinasse

 

 

E. J. V. LobatoI; P. L. LibardiII; O. A. CamargoIII

IPesquisador autônomo
IIDepartamento de Física e Meteorologia, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", USP. CEP 13418-900 Piracicaba (SP). E-mail: pllibard@carpa.ciagri.usp.br. Bolsista do CNPq
IIIPesquisador Científico, Seção de Pedologia, Instituto Agronômico de Campinas. Caixa Postal 28, CEP 13001-970 Campinas (SP). E-mail: otavio@sigmabbs.com.br. Bolsista do CNPq

 

 


RESUMO

Este trabalho foi realizado no CENA/USP, Piracicaba, SP, com a finalidade de obter informações relativas aos efeitos da aplicação de água/vinhaça (nas dosagens de 100, 200, 400, 800 e 1.000 m3 ha-1) na condutividade hidráulica de amostras remoldadas de um Latossolo Roxo distrófico, sob condições saturadas e não saturadas. Empregou-se, para tanto, um infiltrômetro de carga constante, para a avaliação da condutividade hidráulica em solo saturado e, na caracterização da condutividade hidráulica em solo não saturado, utilizou-se o método do perfil instantâneo, sendo os dois experimentos realizados sob condições de laboratório. Com o aumento das dosagens de vinhaça, ocorreu um decréscimo gradativo da condutividade hidráulica sob condições de saturação e de forma mais pronunciada a partir das dosagens maiores que 400 m3 ha-1. A aplicação do método do perfil instantâneo em condições de laboratório na caracterização da condutividade hidráulica do solo não saturado foi satisfatória, havendo concordância razoável dos valores da condutividade hidráulica do solo saturado, obtidos por esse método, com os obtidos experimentalmente pela utilização do infiltrômetro de carga constante. Não houve diferença expressiva entre os valores obtidos da condutividade hidráulica do solo não saturado entre os tratamentos com água e vinhaça.

Termos de indexação: vinhaça, condutividade hidráulica, solo não saturado.


SUMMARY

This study was carried out at the Center for Nuclear Energy in Agriculture (CENA), Piracicaba, State of São Paulo, Brazil, with the objective of obtaining information about the effect of different application levels of water/vinasse (100, 200, 400, 600, 800 and 1,000 m3 ha-1) on hydraulic conductivity of soil samples homogeneously packed in columns. A constant head infiltrometer and the instantaneous water profile method were utilized to determine saturated and unsaturated soil hydraulic conductivity, respectively. The increase of the vinasse application levels caused a gradual decrease in the saturated hydraulic conductivity, being steeper at levels higher than 400 m3 ha-1. The water profile instantaneous method to determine the hydraulic conductivity function was very well adapted to the experimental conditions, and there was a relatively good correspondence between saturated hydraulic conductivity values detemined by constant head infiltrometer and those estimated by this method. There was no substantial difference in the unsaturated hydraulic conductivity values between water and vinasse treatments.

Index terms: vinasse, hydraulic conductivity, unsaturated soil.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

ANDRIOLI, I. Movimento da vinhaça no solo podzolizado Lins e Marília var. Marília. Jaboticabal, Universidade Estadual de São Paulo, 1982. 89p. (Tese de Mestrado)        [ Links ]

BOUWER, H. & CHANEY, R.L. Land treatment of waste water. Adv. Agron., 26:133-176, 1974.         [ Links ]

CAMARGO, O.A.; BERTON, R.S.; GERALDI, R.N. & VALADARES, J.M.A.S. Alterações de características químicas em um latossolo roxo distrófico incubado com resíduo da indústria álcool açucareira. Bragantia, 43:125-139, 1984.         [ Links ]

CAMARGO, O.A.; VALADARES, J.M.A.S. & GERALDI, R.N. Características químicas e físicas de solo que recebeu vinhaça por longo tempo. Campinas, Instituto Agronômico, 1983. 30p. (Boletim Técnico, 76)        [ Links ]

CAMARGO, O.A.; VALADARES, J.M.A.S.; BERTON, R.S. & TEÓFILO SOBRINHO, J. Aplicação de vinhaça no solo e efeito no teor de nitrogênio, fósforo e enxofre inorgânicos e no de alguns metais pesados. Campinas, Instituto Agronômico, 1987. 15p. (Boletim Técnico, 8)        [ Links ]

DAVIDSON, J.M.; BIGGAR, J.M. & NIELSEN, D.R. Gamma radiation attenuation for measuring bulk density and transient water flow in porous materials. J. Geoph. Res., 68:4777-4783, 1963.         [ Links ]

FERRAZ, E.S.B. Gamma ray atenuation to measure water content and/or bulk densities of porous media. IAEA-SM-267/41. SYMPOSIUM, AIX-EN-PROVENCE, France, 1983. Proceedings. (s.l., s.ed.), 1983. p.449-460.         [ Links ]

LEAL, J.R.; AMARAL SOBRINHO, N.M.B.; VELLOSO, A.C.X. & ROSSIELO, R.O.P. Potencial redox e pH: variações em um solo tratado com vinhaça. R. Bras. Ci. Solo, 7:257-261, 1983.         [ Links ]

LIBARDI, P.L.; REICHARDT, K.; NIELSEN, D.R. & BIGGAR, J.W. Simple field methods for estimating soil hydraulic conductivity. Soil Sci. Soc. Am. J., 44:3-7, 1980.         [ Links ]

LIBARDI, P.L. "Dinâmica da água no solo". Piracicaba, DFM/ESALQ/USP, 1995. 497p.         [ Links ]

LIMA, I.J. Efeitos de aplicação de vinhaça sobre a microflora do solo. Rio de Janeiro, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 1980. 150p. (Tese de Mestrado)        [ Links ]

LOPES, E.S.; PERON, S.C.; PORTUGAL, E.P.; CAMARGO, O.A. & FREITAS, S.S. Atividades respiratória de solo tratado com vinhaça e herbicida. Bragantia, 45:205-210, 1986.         [ Links ]

OLIVEIRA, J.B.; MENK, J.R.F. & ROTTA, C.L. Levantamento pedológico semi-detalhado dos solos do Estado de São Paulo - Quadrícula de Campinas. Rio de Janeiro, IBGE, 1979. 172p.         [ Links ]

ORLANDO FILHO, J.; SILVA, G.M.A. & LEME, E.J.A. Utilização agrícola dos resíduos da agroindústria canavieira. In: ORLANDO FILHO, J., coord. Nutrição e adubação da cana-de-açúcar no Brasil. Piracicaba, IAA/PLANALSUCAR, 1983. p.227-264.         [ Links ]

RAWITZ, E. & BURNS, S. The effects of sodium and organic matter in sewage effluent on water retention properties of soils. Soil Sci. Soc. Am. J., 45:487-493, 1981.         [ Links ]

REZENDE, J.O. Conseqüências da aplicação de vinhaça sobre algumas propriedades físicas de um solo aluvial (estudo de um caso). Piracicaba, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, 1979. 112p. (Tese de Doutorado)        [ Links ]

SENGIK, E.; RIBEIRO, A.C. & CONDE, A.R. Efeito da vinhaça em algumas propriedades de amostras de solos de Viçosa (MG). R. Bras. Ci. Solo, 12:11-15, 1988.         [ Links ]

SILVA, G.M.A.; CASTRO, L.U.P. & MAGRO, J.A. Comportamento agroindustrial da cana-de-açúcar em solo irrigado e não irrigado com vinhaça. In: SEMINÁRIO COOPERSUCAR DA AGROINDÚSTRIA AÇÚCAREIRA, 4., Águas de Lindóia, 1976. Anais. Águas de Lindóia, COPERSUCAR, 1976. p.107-122.         [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em julho de 1997
Aprovado em março de 1998

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License