SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue1Adaptability and phenotypic stability of crisp lettuce cultivars in hydroponics author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Horticultura Brasileira

Print version ISSN 0102-0536On-line version ISSN 1806-9991

Hortic. Bras. vol.27 no.1 Brasília Jan.\Mar. 2009

http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362009000100001 

CARTA DO EDITOR

 

 

Prezados,

E começa o último ano da primeira década do novo século! O tempo parece muito veloz, muito mais veloz que antes. As distâncias estão mais curtas, muito mais curtas que antes. Vivemos em uma e-aldeia, nos e-comunicando! Tudo isso gera inquietação, ansiedade, apreensão. Mas gera também evolução (homenageando Darwin com esta menção) e esperança. A agenda desses novos tempos é outra: os aspectos relativos ao ambiente (sustentabilidade ambiental, aquecimento global) e à qualidade (sabor, aroma, propriedades nutracêuticas), segurança (rastreabilidade, ausência de resíduos) e diversidade (cultivos esquecidos e negligenciados) dos alimentos ombrearam-se em importância à produtividade como quesitos essenciais para garantir a nossa segurança alimentar, compreendida aqui como a produção de alimentos em condições suficientes e adequadas para manter a saúde da população. Para nós, é um renovado orgulho continuar conduzindo a nossa (de todos nós!) Horticultura Brasileira em meio a todas essas mudanças!

Na capa desse primeiro número trazemos o tema do nosso 49º. Congresso Brasileiro de Olericultura (49 CBO). Com isso, tocamos em uma das principais questões desses novos tempos: a água na agricultura. Não deixem de ler o artigo da contracapa! Não percam o 49 CBO, de 03 a 07 de agosto, em Águas de Lindóia, SP.

No último número do nosso último volume, Horticultura Brasileira 26(4), listamos algumas conquistas de 2008. Indicamos ali que a indexação internacional plena nos permitiria ascender no sistema Qualis. Isto irá acontecer. Porém, não aparecerá na avaliação da CAPES a ser publicada em 2009 por uma simples razão: a avaliação tem como base o ano anterior, quando ainda não tínhamos nosso fator de impacto publicado. Assim, teremos em 2009 a mesma avaliação que tínhamos antes, ou seja, A-Nacional ou, no novo sistema, Qualis B2. Passaremos a Qualis B1 (antigo A Internacional) na avaliação imediatamente seguinte à primeira publicação do nosso Fator de Impacto. Subiremos para Qualis A (onde hoje não há revistas editadas no Brasil na área de Ciências Agrárias) quando nosso Fator de Impacto subir. Para tanto, é preciso que o número de citações dos artigos publicados em Horticultura Brasileira aumente muito. Como fazê-lo? Boa pesquisa, com qualidade de resultados e de texto, resumos e abstracts informativos e artigos, muitos artigos, publicados em inglês, para aumentar o nosso público-leitor. É um caminho longo! Todavia, os nossos 27 anos de história nos dão entusiasmo suficiente para a jornada!

Uma última informação: a submissão eletrônica está a caminho!

Até o próximo número,

Comissão Editorial

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License