SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue2Evaluation of inflammatory cytokines as prognostic markers in experimental acute pancreatitis in rats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Cirurgica Brasileira

Print version ISSN 0102-8650On-line version ISSN 1678-2674

Acta Cir. Bras. vol.15 n.2 São Paulo Apr./May/June 2000

https://doi.org/10.1590/S0102-86502000000200001 

Editorial

 

NORMALIZAR É SALUTAR

 

Saul Goldenberg

 

Pode-se verificar, sem dificuldades, a heterogeneidade dos critérios adotados pelos editores dos diferentes periódicos. Alem da diversidade de critérios entre as bibliotecárias, professores orientadores de teses e entre as Instituições de Ensino Superior.

Vivo constantemente junto a pós-graduandos, no Mestrado e no Doutorado, além dos autores que nos enviam artigos para serem publicados. A procedência deles é a mais variada possível, trazendo cada um, as normas de suas Instituições de origem.

Descendentes de NOÉ, segundo o antigo Testamento, resolveram construir uma torre tão alta "que chegasse ao céu". JEOVÁ para castiga-los pela ousada pretensão, confundiu-lhes os idiomas. A torre ficou inacabada e BABEL ficou como sinônimo de CONFUSÃO.

NORMALIZAR É SALUTAR. Evita angústias e confusões. Principalmente quando a normalização é CONSENSO e UNIVERSAL.

Iniciamos a publicação da ACTA CIRÚRGICA BRASILEIRA em 1986. Neste ano e em 1987 tentamos cumprir as normas da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, mas adaptada à nossa área médica. De 1988 até 1998 passamos a adotar as recomendações da ISO – International Standard Organization.

Qual a tendência atual na área médica ?

Um pequeno grupo de editores de periódicos médicos encontraram-se, informalmente, em Vancouver, na Columbia Britânica, em 1978, para estabelecer diretrizes para o formato dos artigos submetidos a eles. Ficou conhecido como o Grupo Vancouver.As recomendações para a elaboração dos artigos, incluindo as normas para as referências bibliográficas, teve o apoio da NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE.

O Grupo Vancouver evoluiu para o COMITÊ INTERNACIONAL DOS EDITORES DE REVISTAS MÉDICAS (International Committee of Medical Journal Editores – ICMJE), que tem mantido encontros anuais.

A tendência atual dos editores nacionais e internacionais, na área médica, é a adesão aos critérios do Grupo Vancouver (ICMJE) e, obviamente, a nossa adesão.

Estamos no processo de transição entre as normas anteriores, da ISO, e o atual Vancouver style.

Gradualmente estamos nos enquadrando nas recomendações do ICMJE.

Estas recomendações estão publicadas:

N Engl J Med 1991;324:424-8.
BMJ 1991 Feb 9;302(6772)
Ann Intern Med 1997;126:36-47.
R Med PUCRS. Porto Alegre 1999;9:39-53.

Solicitamos, pois, aos nossos colaboradores que passem a cumprir estas recomendações.

ATENÇÃO para as alterações:

No capítulo MÉTODO/METHOD passamos a adotar MÉTODOS/METHODS

AS REFERÊNCIAS DEVEM SER NUMERADAS CONSECUTIVAMENTE NA ORDEM EM QUE FORAM MENCIONADAS A PRIMEIRA VEZ NO TEXTO. IDENTIFICAR AS REFERÊNCIAS NO TEXTO, TABELAS E LEGENDAS POR NUMERAIS ARÁBICOS ENTRE PARÊNTESES.

Os títulos das revistas devem ser abreviados de acordo com o estilo usado no INDEX MEDICUS. Consultar a Lista de Revistas Indexadas no Index Medicus, publicada anualmente pela National Library of Medicine (NLM).

Dúvidas, perguntas podem ser endereçadas por e-mail: sgolden@ruralsp.com.br ou por FAX: xxx11-287-8814 ou por correio:

Prof. Saul Goldenberg
Alameda Rio Claro, 179/141
01332-010 – SÃO PAULO-SP

Apesar desta tentativa de CONSENSO a Torre de Babel continua devido a diferenças de pensamento que existe nas pessoas. O castigo divino permanece.

Agradecemos aos colegas que adotarem o estilo Vancouver a fim de mantermos juntos o padrão da nossa ACTA CIRÚRGICA BRASILEIRA.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License