SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue4Anatomical, chemical and physical characterization of candeia wood (Eremanthus erythropappus (DC.) Macleish)Effect of fertilization on cell size in wood of Eucalyptus grandis Hill ex Maiden author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


CERNE

Print version ISSN 0104-7760

CERNE vol.16 no.4 Lavras Oct./Dec. 2010

http://dx.doi.org/10.1590/S0104-77602010000400005 

Correlations between growth variables and the Dickson quality index in forest seedlings

 

Relações entre variáveis de crescimento e o índice de qualidade de Dickson em mudas florestais

 

 

Alexandre Francisco BinottoI; Alessandro Dal' Col LúcioII; Sidinei José LopesII

IForest Engineer, M.Sc. in Forest Engineering – Rua Pinheiro Machado, 2755/41, São Pelegrino – 95020-172 – Caxias do Sul, RS – alexandrebinotto@hotmail.com
IIAgronomist Engineer, Dr. Professor of Agronomy (Plant Production) – Departamento de Fitotecnia – Centro de Ciências Rurais – Universidade Federal de Santa Maria – Campus Universitário, Camobí – 97105-900 – Santa Maria, RS – adlucio@smail.ufsm.br, sjlopes@smail.ufsm.br

 

 


ABSTRACT

This study aims to identify correlations between growth variables and the Dickson quality index in seedlings of Eucalyptus grandis and Pinus elliottii var. elliottii. The experiment was conducted in a greenhouse and the following variables were observed: stem base diameter, shoot height, number of leaves, leaf dry matter, stem base dry matter, root dry matter, shoot dry matter, total dry matter, ratio of shoot dry matter to root dry matter and ratio of shoot height to stem base diameter in E. grandis 60, 75, 90, 105 and 120 days after seedling emergence, and in P. elliottii 25, 50, 75, 100, 125, 150 and 175 days after seedling emergence. Using Pearson correlation and also path and regression analyses, correlations were analyzed between observed variables according to day after emergence and the Dickson quality index. Stem base diameter was found to have stronger correlation with days after emergence in comparison to shoot height, in both species. Root dry matter was found to have stronger correlation with the Dickson quality index. Stem base diameter was the most suitable parameter to indicate seedling quality due to its higher correlation level with the Dickson quality index. Shoot height was only effective to indicate seedling quality if analyzed together with stem base diameter. Variables relating to dry matter showed the highest correlations with the Dickson quality index (DQI), followed by stem base diameter. Conversely, number of leaves showed the poorest correlations with DQI, followed by seedling height.

Key words: Eucalyptus grandis, Pinus elliottii, path analysis, regression analysis, linear correlation.


RESUMO

Neste estudo, objetivou-se identificar a relação entre variáveis de crescimento e o Índice de Qualidade de Dickson, em mudas de Eucalyptus grandis e Pinus elliottii var. elliottii. O trabalho foi realizado em casa de vegetação, com as observações das variáveis diâmtero de colo, altura da parte aérea, número de folhas, fitomassas secas de folhas, do colo, do sistema radicular, da parte aérea e total, as relações da fitomassa seca da parte aérea/ fitomassa seca do sistema radicular e da altura da parte aérea/ diâmtero de colo em E. grandis aos 60, 75, 90, 105 e 120 dias e em P. elliottii aos 25, 50, 75, 100, 125, 150 e 175 dias após emergência das mudas. Pela correlação de Pearson, análises de trilha e de regressão, avaliaram-se as relações entre as variáveis observadas com os dias após a emergência e o índice de qualidade de Dickson. O diâmtero de colo apresentou maior relação com os dias após emergência, quando comparado com a altura da parte aérea, para ambas as espécies estudadas. A fitomassa seca de raiz esteve mais correlacionada com o índice de qualidade de Dickson. O diâmtero de colo foi mais propício para indicar qualidade de muda, em razão do seu maior grau de relação com índice de qualidade de Dickson. A variável altura da parte aérea só se apresentou eficiente para indicar qualidade de mudas, quando analisada juntamente com o diâmtero de colo. As fitomassas secas são as variáveis com maiores relações com o Índice de Qualidade de Dickson (IQD), seguidas do diâmtero de colo. Já, o número de folhas, seguido da altura da muda, são as com menores relações com o IQD.

Palavras-chave: Eucalyptus grandis, Pinus elliottii, análise de trilha, regressão, correlação linear.


 

Full text available only in PDF format.

Texto completo disponível apenas em PDF.

 

5 ACKNOWLEDGMENTS

The authors wish to thank CNPq for granting scholarships for research accomplishment.

 

6 BIBLIOGRAPHICAL REFERENCES

CRUZ, C. D.; CARNEIRO, P. C. S. Modelos biométricos aplicados ao melhoramento genético. Viçosa, MG: UFV, 2003. 585 p.         [ Links ]

DANIEL, O. et al. Aplicação de fósforo em mudas de Acacia mangium. Revista Árvore, Viçosa, v. 21, n. 2, p. 163-168, 1997.         [ Links ]

DICKSON, A.; LEAF, A. L.; HOSNER, J. F. Quality appraisal of white spruce and white pine seedling stock in nurseries. Forestry Chronicle, v. 36, p. 10-13, 1960.         [ Links ]

FONSECA, E. P. et al. Padrão de qualidade de mudas de Trema micrantha (L.) Blume, produzidas sob diferentes períodos de sombreamento. Revista Árvore, Viçosa, v. 26, n. 4, p. 515-523, 2002.         [ Links ]

GOMES, J. M. et al. Parâmetros morfológicos na avaliação da qualidade de mudas de Eucalyptus grandis. Revista Árvore, Viçosa, v. 26, n. 6, p. 655-664, 2002.         [ Links ]

GOMES, J. M.; PAIVA, H. N. Viveiros florestais: propagação sexuada. 3. ed. Viçosa, MG: UFV, 2004. 116 p.         [ Links ]

HERMANN, R. K. Importance of top-root ratios for survival of Douglas-fir seedlings. Tree Planters' Notes, v. 64, p. 711, 1964.         [ Links ]

JOHNSON, J. D.; CLINE, M. L. Seedling quality of southern pines. In: DURYEA, M. L.; DOUGHERTY, P. M. (Eds.). Forest regeneration manual. Netherlands: Klumer Academic, 1991. p. 143-162.         [ Links ]

JOSÉ, A. C.; DAVIDE, A. C.; OLIVEIRA, S. L. Produção de mudas de aroeira (Schinus terebinthifolius raddi) para recuperação de áreas degradadas pela mineração de bauxita. Cerne, Lavras, v. 11, n. 2, p. 187-196, 2005.         [ Links ]

PAIVA, H. N.; GOMES, J. M. Viveiros florestais. Viçosa, MG: UFV, 1993. 56 p.         [ Links ]

PARVIAINEM, J. V. Qualidade e avaliação de mudas florestais. In: SEMINÁRIO DE SEMENTES E VIVEIROS FLORESTAIS, 1., 1981, Curitiba. Anais... Curitiba: FUPEF, 1981. p. 59-90.         [ Links ]

REIS, E. R. et al. Período de permanência de mudas de Eucalyptus grandis em viveiro baseado em parâmetros morfológicos. Revista Árvore, Viçosa, v. 32, n. 5, p. 809-814, 2008a.         [ Links ]

REIS, E. R. et al. Variabilidade dos parâmetros morfológicos em mudas de Pinus elliottii Engelm. Cerne, Lavras, v. 14, n. 2, p. 141-146, 2008b.         [ Links ]

WENDLING, I.; PAIVA, H. N.; GONÇALVEZ, W. Técnicas de produção de mudas de plantas ornamentais. Viçosa, MG: Aprenda Fácil, 2005. v. 3, 203 p.         [ Links ]

 

 

Received: August 26, 2009
Accepted: July 29, 2010

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License