SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.80 issue5The presence of the Anais at the 60th Congress of the Sociedade Brasileira de DermatologiaLymphoproliferative processes of the skin: Part 1 - Primary cutaneous B-cell lymphomas author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Anais Brasileiros de Dermatologia

On-line version ISSN 1806-4841

An. Bras. Dermatol. vol.80 no.5 Rio de Janeiro Sept./Oct. 2005

http://dx.doi.org/10.1590/S0365-05962005000600002 

EDITORIAL

 

A importância dos descritores em Ciências da Saúde - DeCS para os Anais Brasileiros de Dermatologia

 

 

O periódico científico é o meio mais rápido para a divulgação de novas pesquisas e conhecimentos em determinada área de estudo. Para que pesquisadores sejam respeitados por seus pares, os resultados de suas pesquisas sejam divulgados e, finalmente, ocorra a transferência da informação, o periódico científico utilizado deverá estar indexado, ou seja, descrito e identificado por seu conteúdo em bases de dados referenciais nacionais e internacionais. As principais bases de dados na área de saúde são Science Citation Index / ISI, Medline, Lilacs e Embase (Excerpta Médica).

Os Anais Brasileiros de Dermatologia estão indexados na base de dados Lilacs (Literatura Latino-Americana e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde), porém têm como meta prioritária a indexação na base de dados Medline, de modo a garantir visibilidade, divulgação e disseminação internacional de seus artigos. Cabe ressaltar que para se alcançar esse objetivo, todo artigo científico submetido à apreciação dos pareceristas dos Anais deverá seguir regras internacionais de normalização, de acordo com o que é exigido pelas bases de dados internacionais.

Podem ser citadas duas dessas normas: a de Vancouver, norma internacional para padronização de referências bibliográficas, e os descritores em Ciências da Saúde, mais conhecidos como DeCS, criados pela Bireme com base no Medical Subject Headings - MeSH, da National Library of Medicine, dos EUA. O DeCS é um vocabulário controlado que tem por finalidade permitir o uso de terminologia comum para indexação e recuperação de artigos científicos nas bases de dados Medline e Lilacs.

Os descritores, unitermos ou palavras-chave foram criados para classificar as informações e facilitar as pesquisas bibliográficas. O correto uso dos descritores, junto com o resumo do artigo, serve como meio de acesso para localização e recuperação dos artigos nas bases de dados pelos mais diversos grupos de pesquisadores.

O DeCS está disponível na internet (http://decs.bvs.br), e a ele todos os autores têm acesso irrestrito, bastando apenas clicar em 'Consulta ao DeCS' e em seguida digitar o termo a ser consultado ou procurá-lo no índice. Um exemplo de busca para utilização do descritor correto é a enfermidade "edema de Quincke". Ao ser recuperado no DeCS, esse termo tem como sinônimos as palavras "angioedema", "urticária gigante" e "edema angioneurótico". O DeCS indica que o descritor correto a ser usado em português é "edema angioneurótico" e em inglês "angioneurotic edema". Ao se buscar na base de dados Lilacs ou Medline com qualquer dos três sinônimos, serão recuperados todos os artigos indexados sob a forma de "edema angioneurótico".

Cabe destacar a importância da utilização correta e criteriosa dos descritores pelos autores em seus artigos científicos, pois, dessa forma, os artigos publicados podem ser recuperados por outros pesquisadores quando procurados em bases de dados bibliográficas. A função do DeCS, portanto, não é restringir o uso de termos pelos autores dos artigos e sim servir como linguagem única para indexação e recuperação da informação em base de dados, controlando os sinônimos e padronizando o uso de termos com o mesmo significado. q

 


Rosalynn Leite
Bibliotecária da Sociedade Brasileira de Dermatologia

 


Suzana Huguenin
Bibliotecária