SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número2Efeito do número de aplicações de fungicidas no controle da ferrugem asiática da sojaFontes e doses de zinco no feijoeiro cultivado em diferentes épocas de semeadura índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

  • Português (pdf)
  • Artigo em XML
  • Como citar este artigo
  • SciELO Analytics
  • Curriculum ScienTI
  • Tradução automática

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Scientiarum. Agronomy

versão On-line ISSN 1807-8621

Acta Sci., Agron. vol.30 no.2 Maringá abr./jun. 2008

http://dx.doi.org/10.1590/S1807-86212008000200014 

PRODUÇÃO VEGETAL VEGETABLE PRODUCTION

 

Efeito do período de envelhecimento acelerado no teste de condutividade elétrica e na qualidade fisiológica de sementes de feijão

 

Relationships of acellerated aging time with bulk conductivity test and with physiological seed quality in common bean

 

 

Flávio Ferreira da Silva BinottiI, *; Kuniko Iwamoto HagaII; Eliana Duarte CardosoI; Charline Zaratin AlvesI; Marco Eustáquio de SáI; Orivaldo ArfI

IDepartamento de Fitotecnia, Tecnologia de Alimentos e Sócio-Economia, Universidade Estadual Paulista, Av. Brasil, 56, Cx. Postal 31, 15385-000, Ilha Solteira, São Paulo, Brasil
IIDepartamento de Biologia e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, Ilha Solteira, São Paulo, Brasil

 

 


RESUMO

A qualidade das sementes colocadas à disposição do produtor é de grande importância para obtenção de altas produtividades. O objetivo do trabalho foi avaliar os efeitos causados por diferentes períodos de envelhecimento artificial na lixiviação de açúcares, proteínas, aminoácidos e íons no exsudato do teste de condutividade elétrica, e suas relações com a germinação e vigor de sementes de feijão da cultivar Pérola. O trabalho foi conduzido no Laboratório da FE de análises de sementes - Unesp Campus de Ilha Solteira. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizados, sendo que as sementes foram submetidas a oito períodos de envelhecimento acelerado (zero, 24, 48, 72, 96, 120, 144 e 168 horas). A germinação e vigor de sementes de feijão cultivar Pérola e a quantidade de lixiviados no teste da condutividade elétrica são influenciados pelo aumento do período de exposição ao envelhecimento acelerado. A partir de 72 horas há uma queda expressiva na germinação e vigor, além do elevado aumento no conteúdo de lixiviados, sendo estes constituídos em grande parte de aminoácidos, açúcares, íons de potássio e fósforo. O aumento das quantidades de lixiviados está relacionado com queda na germinação e vigor das sementes.

Palavras-chave: Phaseolus vulgaris L., lixiviados, proteínas, íons, germinação, vigor.


ABSTRACT

The high quality of seed trading for producers is very important to obtain high productivity. The aim of this work was to evaluate the effects of different periods of artificial seed aging on contents of sugars, proteins, amino acids and ions, on imbibition solution of electrical conductivity test, as well as its relationships with standard germination and vigor in bean seeds at the Perola cultivar. The research was carried out at the Laboratory of Seed Analysis - Faculdade de Engenharia - Unesp - Campus de Ilha Solteira. The experimental design was in completely randomized blocks. The seeds were submitted to eight accelerated aging conditions (zero, 24, 48, 72, 96, 120, 144 and 168 hours). The seed germination, seed vigor and leakage contents in exudates of bulk conductivity were influenced by the increase in the time of seed exposition to accelerated aging. After seventy- two hours of exposition to the aging, a considerable decline in seed germination and vigor was observed. There was also an increase of leakage contents, such as amino acids, sugars, potassium and phosphorus ions. The increase of leakage contents is inversely related to seeds germination and vigor.

Key words: Phaseolus vulgaris L., leakage, protein, ions, seed germination, vigor.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

 

Referências

ABDUL-BAKI, A.A.; ANDERSON, J.D. Physiological and biochemical deterioration of seeds. In: KOZLOWSKI, T.T. (Ed.). Seed biology. New York: Academic Press, 1972. p. 283-315.         [ Links ]

ARTHUR, T.J.; TONKIN, J.H.B. Testando o vigor da semente. Inf. Abrates, Londrina, v. 1, p. 38-41, 1991.         [ Links ]

BRADFORD, M.M. A rapid and sensitive method of microgrm quantitie of protein utilizing the principle of protein-dye binding. Anal. Biochem., New York, v. 72, p. 248-254, 1976.         [ Links ]

BRASIL. Ministério da Agricultura. Regras para Análises de Sementes. Brasília: SNAD/CLAV, 1992.         [ Links ]

CUSTÓDIO, C.C.; MARCOS-FILHO, J. Potassium leachate test for the evaluation of soybean seed physiological quality. Seed Sci. and Technol., Zürich, v. 25, n. 3, p. 549-564, 1997.         [ Links ]

DELOUCHE, J. Germinação, deterioração e vigor da semente. Seed News, Pelotas, n. 6, p. 24-31, 2002.         [ Links ]

DIAS, D.C.F.S. et al. Teste de lixiviação de potássio para avaliação do vigor de sementes de soja (Glycine max (L.) Merrill). Sci. Agric., Piracicaba, v. 52, n. 3, p. 444-451, 1995.         [ Links ]

DIAS, D.C.F.S. et al. Potassium leakage test for the evaluation of vigour in soybean seeds. Seed Sci. and Technol., Zürich, v. 25, n. 1, p. 7-18, 1996.         [ Links ]

DIAS, D.C.F.S. et al. Condutividade elétrica e lixiviação de potássio para avaliação do vigor de sementes de hortaliças: feijão-de-vagem e quiabo. Rev. Bras. Sem., Londrina, v. 20, n. 2, p. 170-175, 1998.         [ Links ]

DUBOIS, M. Colorimetric method for determination of sugars and related substances. Anal. Biochem., New York, v. 28, p.350-356, 1956.         [ Links ]

MAGUIRE, J.D. Speed of germination-aid in selection and avaliation for seedling emergence and vigour. Crop Sci., Madison, v. 2, n. 1, p. 176-177, 1962.         [ Links ]

MARCOS FILHO, J. et al. Avaliação da qualidade das sementes. Piracicaba: Esalq, 1987.         [ Links ]

MARCOS FILHO, J. Teste de envelhecimento acelerado. In: VIEIRA, R.D.; CARVALHO, N.M. (Ed.). Teste de vigor em sementes. Jaboticabal: Funep, 1994. p. 133-149.         [ Links ]

NAKAGAWA, J. Testes de vigor baseados no desempenho das plântulas. In: KRZYZANOWSKI, F.C. et al. (Ed.). Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: Abrates, 1999. p. 2.1-2.24.         [ Links ]

SANTOS, C.M. et al. Alterações fisiológicas e bioquímicas em sementes de feijão envelhecidas artificialmente. Rev. Bras. Sem., Pelotas, v. 26, n. 1, p. 110-119, 2004.         [ Links ]

SPEARS, J.F. An introduction to seed vigour testing. In: VAN DER VENTER, H.A. (Ed.) Seed vigour testing seminar. Zürich: International Seed Testing Association, 1995. p. 1-9.         [ Links ]

VIEIRA, R.D. et al. Teste de vigor e suas possibilidades de uso. In: VIEIRA, R.D.; CARVALHO, N.M. (Ed.). Teste de vigor em sementes. Jaboticabal: Funep/Unesp, 1994. p. 31-47.         [ Links ]

ZONTA, E.P.; MACHADO, A.A. Sistema de Análise Estatística para microcomputadores - Sanest. Pelotas: UFPel, Instituto de Física e matemática, 1986.         [ Links ]

YEMM, E.M.; COCKING, E.C. Estimation of amino acids by ninhydrin. Analyst, London, v. 80, p. 209-213, 1955.         [ Links ]

 

 

Received on March 09, 2006.
Accepted on October 09, 2007.

 

 

* Autor para correspondência. E-mail: flavio_agro@hotmail.com

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons