SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número2Efeito do período de envelhecimento acelerado no teste de condutividade elétrica e na qualidade fisiológica de sementes de feijãoNíveis de probabilidade de rendimento de quatro cultivares de soja em cinco datas de semeadura índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Scientiarum. Agronomy

versão On-line ISSN 1807-8621

Acta Sci., Agron. vol.30 no.2 Maringá abr./jun. 2008

http://dx.doi.org/10.4025/actasciagron.v30i2.1739 

PRODUÇÃO VEGETAL VEGETABLE PRODUCTION

 

Fontes e doses de zinco no feijoeiro cultivado em diferentes épocas de semeadura

 

Sources and doses of zinc in common bean cultivated in different sowing seasons

 

 

Itamar Rosa TeixeiraI, *; Aluízio BorémII; Alessandro Guerra da SilvaIII; Hamilton KikutiIV

IUniversidade Estadual de Goiás, Rod. GO330, km 241, Anel Viário, 75780-000, Ipameri, Goiás, Brasil
IIDepartamento de Fitotecnia, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, Minas Gerais, Brasil
IIIDepartamento de Agronomia, Universidade de Rio Verde, Rio Verde, Goiás, Brasil
IVUniversidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Cassilândia, Mato Grosso do Sul , Brasil

 

 

 


RESUMO

Este trabalho teve por objetivo avaliar, em diferentes épocas de cultivo a produção do feijoeiro, submetido à aplicação foliar de fontes e doses de zinco. Foi utilizado o delineamento de blocos casualizados, em esquema fatorial 3 x 2 x 5, com quatro repetições. Os tratamentos envolveram a combinação de três safras de cultivo (inverno, águas e seca), duas fontes de zinco (sulfato e cloreto de zinco) e cinco doses de zinco (0, 100, 200, 400 e 800 g ha-1), aplicadas via foliar, aos 25 e 35 dias após emergência da cultura. Na safra de inverno, foram obtidos os maiores rendimentos de grãos e de seus componentes (número de vagens por planta e número de grãos por vagem) e teor foliar de zinco, comparativamente, às safras das águas e seca. Não houve efeito da interação entre épocas de semeadura, doses e fontes de zinco. Em solos com teor de Zn próximo de 2,1 mg dm-3, não houve aumento de produtividade para o feijoeiro com a utilização de cloreto ou sulfato de zinco, aplicados via foliar.

Palavras-chave: Phaseolus vulgaris, rendimento, adubação, micronutriente.


ABSTRACT

This work was carried out with the objective of evaluating dry bean yield in different seasons, submitted to foliar application of different sources and doses of zinc. A randomized block design with four replications was used in a 3 x 2 x 5 factorial arrangement. The treatments were formed by the combination of three growing seasons ("fall/winter", "spring/summer" and "fall/summer" seasons), two zinc sources (zinc sulfate and zinc chloride) and five zinc doses (0, 100, 200, 400 and 800 g ha-1), divided into leaf sprayings at 25 and 35 days after emergence (DAE). For the winter crop, a greater increase was observed in grain yield, its main components (number of pods per plant and number of grains per plant) and leaf-zinc content, as compared to the other two seasons. There was no interaction between growing seasons, doses and sources of zinc. In soils with zinc content of 2.1 mg dm-3, the addition of this nutrient by foliar application did not result in increase of bean yield.

Key words: Phaseolus vulgaris, yield, fertilization, micronutrient.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

 

Referências

ABREU, A.F.B. et al. Progresso do melhoramento genético do feijoeiro nas décadas de setenta e oitenta nas regiões sul e Alto Paranaíba em Minas Gerais. Pesq. Agropecu. Bras., Brasília, v. 23, n. 1, p. 105-112, 1994.         [ Links ]

ANDRADE, M.J.B. et al. Exigências edafoclimáticas. In: VIEIRA, C. et al. (Ed.). Feijão. 2. ed. Viçosa: UFV, 2006. p. 67-86.         [ Links ]

ARAÚJO, G.A.A.; FERREIRA, A.C.B. Manejo do solo e plantio. In: VIEIRA, C. et al. (Ed.). Feijão. 2. ed. Viçosa: UFV, 2006. p. 87-114.         [ Links ]

CONAB-Companhia Nacional de Abastecimento. Safra 2004/2005. Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Disponível em: <http//:www.conab.br/safras.htm>. Acesso em: 10 mar. 2006.         [ Links ]

FAGERIA, N.K. Níveis adequados e tóxicos de zinco na produção de arroz, feijão, milho, soja e trigo em solo de cerrado. Rev. Bras. Eng. Agric. Ambient., Campina Grande, v. 4, n. 3, p. 390-395, 2000.         [ Links ]

FRANCO, I.A.L. et al. Translocação e compartimentalização de Zn plicado via ZnSO4 e ZnEDTA nas folhas de cafeeiro e feijoeiro. Cienc. Rural, Santa Maria, v. 35, n. 2, p. 332-339, 2005.         [ Links ]

GONÇALVES JUNIOR, A.C. et al. Avaliação de extratores e fitodisponibilidade de zinco para a cultura do milho em Latossolo Vermelho eutroférrico. Acta Sci. Agron., Maringá, v. 28, n. 1, p. 7-12, 2006.         [ Links ]

LIMA, S.F. et al. Resposta do feijoeiro à adubação foliar de boro, molibdênio e zinco. Cienc. Agrotec., Lavras, v. 23, n. 2, p. 462-467, 1999.         [ Links ]

MALAVOLTA, E. et al. Avaliação do estado nutricional das plantas: princípios e aplicações. 2. ed. Piracicaba: Potafós, 1997.         [ Links ]

MARSCHNER, H. Mineral nutrition of higher plants. 2nd ed. New York: Academic Press, 1995.         [ Links ]

MARTENS, D.C.; WESTERMANN. D.T. Fertilizer applications for correcting micronutrient deficiencies. In: MORTVEDT, J.J. et al. (Ed.). Micronutrients in agriculture. 2nd ed. Madison: Soil Science Society of America, 1991. p. 549-591.         [ Links ]

MARTINEZ, H.E.P. et al. Translocação e compartimentalização de Zn em função de doses aplicadas em feijoeiro e cafeeiro via radicular. Cienc. Rural, Santa Maria, v. 35, n. 3, p. 491-497, 2005.         [ Links ]

RÖMHELD, V. Aspectos fisiológicos dos sintomas de

deficiência e toxicidade de micronutrientes e elementos tóxicos em plantas superiores. In: FERREIRA, M.E. et al. (Ed.). Micronutrientes e elementos tóxicos na agricultura. Jaboticabal: CNPq, 2001. p. 70-84.

SEPLAN-Secretária de Planejamento do Estado de Goiás. Coordenadas geográficas dos municípios. Disponível em: <http://portalsepin.seplan.go.gov.br/anuario/situaçãofisica/tabela1.htm>. Acesso em: 10 ago. 2005.         [ Links ]

SILVEIRA, P.M. et al. Resposta do feijoeiro irrigado a boro, zinco e molibdênio. Cienc. Agrotec., Lavras, v. 20, n. 2, p. 198-204, 1996.         [ Links ]

SILVEIRA, P.M.; STONE, L.F. Irrigação do feijoeiro por aspersão. Inf. Agropecu., Belo Horizonte, v. 17, n. 178, p. 28-34, 1994.         [ Links ]

TAIZ, L.; ZEIGER, E. Plant physiology. 2nd ed. Redwoodcy: Benjamin/Cammings, 1998.         [ Links ]

TEIXEIRA, I.R. et al. Manganese and zinc leaf application on common bean grown on a "cerrado" soil. Sci. Agric., Piracicaba, v. 61, n. 1, p. 77-81, 2004a.         [ Links ]

TEIXEIRA, I.R. et al. Teores de clorofila em plantas de feijoeiros influenciadas pela adubação com manganês e zinco. Acta Sci. Agron., Maringá, v. 26, n. 2, p. 147-152, 2004b.         [ Links ]

 

 

Received on October 19, 2006.
Accepted on August 08, 2007.

 

 

* Autor para correspondência. E-mail: itamar.texeira@ueg.br

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons