SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número1CRESCIMENTO DE CANELA-LAGEANA, Ocotea pulchella Nees et Mart. ex Nees, NA DEPRESSÃO CENTRAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SULEVOLUÇÃO DO USO E VALORIZAÇÃO DAS ESPÉCIES MADEIRÁVEIS DA FLORESTA ESTACIONAL DECIDUAL DO ALTO-URUGUAI, SC índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Florestal

versão impressa ISSN 0103-9954versão On-line ISSN 1980-5098

Ciênc. Florest. vol.13 no.1 Santa Maria jan./jun. 2003

https://doi.org/10.5902/198050981733 

Nota Técnica

EFICIÊNCIA DE UM COMPOSTO DE IODO ORGÂNICO CONTRA FUNGOS APODRECEDORES DE MADEIRAS E TÉRMITAS

EFFECTIVENESS OF A ORGANIC IODINE COMPOUND AGAINST WOOD DECAYING FUNGI AND TERMITES

Alexandre Florian da Costa1 

Joaquim Carlos Gonçalez1 

Ailton Teixeira do Vale1 

1. Engenheiro Florestal, Dr., Professor Adjunto do Departamento de Engenharia Florestal, Universidade de Brasília, Caixa Postal 04357, CEP 70910-900, Brasília (DF). ducate@unb.br


RESUMO

Foi avaliada a eficiência de um composto de iodo orgânico de baixa toxidez como fungicida e inseticida por meio de ensaio acelerado em laboratório de acordo com a normalização japonesa. O composto foi avaliado nas concentrações de 0,5, 0,75 e 1,0% utilizando etanol como solvente. Para a avaliação inseticida, foram utilizados térmitas subterrâneos da espécie Coptotermes formosanus Shiraki, e para a fungicida os fungos apodrecedores Coriolus versicolor (podridão branca) e Tyromyces palustris (podridão parda). Corpos de prova, nas dimensões de 40 x 20 x 5mm, foram impregnados pelo método de pincelamento a uma taxa de retenção de 110±10g/m2. Foram avaliados o índice de perda de peso das amostras de madeira e a mortalidade de térmitas (ação inseticida), assim como a perda de peso das amostras de madeira antes e após o ataque dos fungos (ação fungicida). A eficiência das formulações foi avaliada de acordo com o Valor de Eficiência. Os resultados mostraram que o composto foi pouco ou não-eficiente como inseticida no controle do ataque de Coptotermes formosanus nos três níveis de concentração. Como fungicida, o composto apresentou um bom desempenho no controle do ataque dos fungos Coriolus versicolor e Tyromyces palustris, atingindo um Valor de Eficiência superior a 90 nas três concentrações. Os melhores resultados com o produto foram obtidos a 1,0% de concentração nas amostras de madeira tratadas e não-lixiviadas. Foi observado um ataque mais severo do fungo Tyromyces palustris em relação ao fungo Coriolus versicolor. Por apresentar uma baixa capacidade de fixação na madeira, o produto não é indicado para o tratamento de madeiras que entrarão em contato direto com o solo ou que forem expostas às intempéries.

Palavras-chave: composto de iodo orgânico; fungicida; inseticida; ensaio acelerado em laboratório

ABSTRACT

The effectiveness of a low toxicity organic compound as fungicide and insecticide was studied by a accelerated laboratory bioassay according to the japanese standard. The compound was evaluated at concentrations of 0,5, 0,75 and 1,0% using ethanol as solvent. The subterraneous termites Coptotermes formosanus Shiraki and the decay fungi Coriolus versicolor (white rot) and Tyromyces palustris (brown rot) were used in the trials to evaluate the insecticide and fungicide action respectively. The wood specimens with dimensions of 40 x 20 x 5mm were treated by surface coating (brushing) method at a rate of 110±10g/m2. The percentage weight loss of the wood blocks and the termite mortality (insecticide action) and the weight loss of the wood blocks before and after the fungi attack (fungicide action) were determined. The efficiency of the formulations were evaluated according to the Value of Efficiency. Results showed that the compound was of little or no efficient as insecticide against Coptotermes formosanus in the three concentrations analysed. The compound showed a good performance as fungicide against Coriolus versicolor and Tyromyces palustris with a Value of Efficiency higher than 90 in the three concentrations analysed. The best results were obtained with the product at 1,0% concentration in the treated and unleached wood specimens. Tyromyces palustris caused a larger damage in the wood blocks than Coriolus versicolor. The product showed a low capacity of fixation in the wood; therefore, it is not indicated for treating wood that will be in direct contact with the soil or under outdoor conditions.

Key words: organic iodine compound; fungicide; insecticide; accelerated laboratory test

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

COSTA, A.F. Studies on the effectiveness of a trihaloallyl as a new wood preservative against wood-decaying fungi. 1987. Dissertação (Mestrado) - Kyoto University, Japan, 1987. [ Links ]

COSTA, A.F. Utilização de interações entre produtos químicos preservantes no desenvolvimento de formulações para a prevenção de fungos manchadores e emboloradores na madeira. 1999. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1999. [ Links ]

HANSEN, J. IPBC - a new fungicide for wood protection. The International Research Group on Wood Preservation. 1984. (Doc. n. IRG/WP/3295). [ Links ]

JAPAN WOOD PRESERVING ASSOCIATION (JWPA) STANDARD.Method for testing effectiveness of surface treatments (brushing, spraying and dipping) with termiticides against termites (1) Laboratory test. 1981. [ Links ]

MORISAWA, Y. et al. Synthesis and antifungal activity of trihaloallyl and trihaloacryl derivatives. Holzforschung, v. 38, p. 225-231, 1984. [ Links ]

SNOW, J.; COBHAM, P.; RYAN, N. Effectiveness of a newly registered antisapstain preservative in preventing stain of Eucalypt timber in Australia. The International Research Group on Wood Preservation . 2000. (Doc. n. IRG/WP 00-30229). [ Links ]

TAKAHASHI, M. et al. Studies on the production of preservative-treated plywood. (1) Preservative effectiveness of glue-line treated plywood with low toxicity chemicals. Mokuzai Hozon (Wood Preservation), v. 11, n. 2, p. 11-24. 1985. [ Links ]

TSUNODA, K. JWPA method for testing effectiveness of surface coatings with preservatives against decaying fungi. The International Research Group on Wood Preservation . 1981. (Doc. n. IRG/WP/2164). [ Links ]

TSUNODA, K.; NISHIMOTO, K. Evaluation of wood preservatives for surface treatments. International Biodeterioration, v. 22, n. 27. 1986. [ Links ]

Recebido: 22 de Novembro de 2001; Aceito: 18 de Novembro de 2002

Creative Commons License Este é um artigo publicado em acesso aberto sob uma licença Creative Commons