Accessibility / Report Error
Acta Amazonica, Volume: 54, Issue: 2, Published: 2024
  • Economic, environmental and social threats of a mining exploration proposal on indigenous lands of Brazil Forum - Review

    PRASNIEWSKI, Victor M.; GONZÁLEZ-DAZA, William; ALVARENGA, Gabriela do Valle; SANTOS-SILVA, Lorhaine; TEIXIDO, Alberto L.; IZZO, Thiago J.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O desmatamento, a mineração, a poluição e a construção de usinas hidrelétricas estão entre os principais riscos para as comunidades biológicas, os ecossistemas e os povos indígenas. Na Amazônia brasileira, historicamente tem havido pressão política para reduzir os direitos constitucionais dos povos indígenas, especialmente no que diz respeito às atividades de mineração e à construção de usinas hidrelétricas. Isso culminou em uma proposta de lei que permite a mineração em terras indígenas (PL 191/2020), proposta durante o último mandato presidencial no Brasil (2018-2022), que gerou um acalorado debate tanto na esfera jurídica quanto na esfera ética. Neste artigo apresentamos argumentos objetivos para os efeitos negativos da mineração em terras indígenas, usando o PL 191/2020 como modelo para debater as consequências de tais políticas para a biodiversidade, os serviços ecossistêmicos, o aumento dos riscos para os seres humanos devido a poluentes e epidemias, e como esta lei viola os principais objetivos da Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável. Particularmente na Amazônia brasileira, os efeitos negativos desta lei sobre a qualidade de vida humana, a economia e os ecossistemas são maiores do que os supostos efeitos positivos projetados para o futuro. Sugerimos repensar a viabilidade da mineração em terras indígenas e reiterar a importância de conservar intactas essas terras e outras áreas protegidas na Amazônia como patrimônio de todos os brasileiros e da humanidade em geral.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Deforestation, mining, pollution and the construction of hydroelectric plants are among the main risks for biological communities, ecosystems and indigenous peoples. In the Brazilian Amazon, historically there has been political pressure to reduce the constitutional rights of indigenous peoples, especially regarding mining activities and the construction of hydroelectric plants. This culminated in a law proposal allowing mining in indigenous lands (PL 191/2020), proposed during the last presidential term in Brazil (2018-2022), which sparked a heated debate in both the legal and ethical spheres. In this article we present objective arguments for the negative effects of mining on indigenous lands, using PL 191/2020 as a model to debate the consequences of such policies for biodiversity, ecosystem services, increased risks for humans due to pollutants and epidemics, and how this law violates the main objectives of the Agenda 2030 for sustainable development. Particularly in the Brazilian Amazon, the negative effects of this law on human life quality, economy and the ecosystems are greater than the supposed positive effects projected into the future. We suggest rethinking the feasibility of mining on indigenous lands and reiterate the importance of conserving these lands and other protected areas in the Amazon intact as a heritage of all Brazilians and the wider human kind.
  • Effect of ethylcellulose coating of albendazole-medicated feed on the efficacy of acanthocephalosis treatment in naturally parasitized tambaqui (Colossoma macropomum) Animal And Fisheries Science | Short Communication

    CORDEIRO, Rafaelle P.; BRAGA, Patrícia A. de C.; JONSSON, Claudio M.; BRANDÃO, Franmir R.; CHAGAS, Edsandra C.; REYES, Felix G. R.

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Revestir ração medicada para peixes com um polímero minimiza a lixiviação do fármaco na água. Tambaqui (Colossoma macropomum) é um peixe amazônico economicamente importante, frequentemente parasitado pelo acantocéfalo Neoechinorhynchus buttnerae. Neste estudo, comparamos o efeito do revestimento com etilcelulose (EC 0,75%) de ração medicada com o anti-helmíntico albendazol (ABZ, 10 mg kg-1 pc) e ração não revestida sobre a eficácia do tratamento e bioacumulação de ABZ em tambaquis naturalmente parasitados. A eficácia foi de 34% e 66%, em peixes alimentados com ração não revestida e revestida, respectivamente, mas não variou significativamente entre tratamentos. O resíduo total de ABZ atingiu concentrações de 122,0 a 151,7 ng g-1, mas não variou significativamente entre os tratamentos. O fator de biomagnificação foi baixo, variando entre 0,0003 e 0,0004. O revestimento com EC não afetou significativamente o tratamento com ABZ e não interferiu na bioacumulação de ABZ no tecido comestível do tambaqui.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Coating medicated fish feed with a polymer minimizes the chances of drug leaching into the water. Tambaqui (Colossoma macropomum) is an economically important Amazonian fish frequently parasitized by the acanthocephalan Neoechinorhynchus buttnerae. In this study, we compared the effect of ethylcellulose (EC 0.75%) coating of feed medicated with the antihelminthic albendazole (ABZ 10 mg kg bw-1) and uncoated feed on treatment efficacy and bioaccumulation of ABZ in naturally parasitized tambaqui during 35 days. Treatment efficacy was 34% and 66% in fish fed uncoated and coated feed, respectively, but did not vary significantly among treatments. Total ABZ residue reached concentrations from 122.0 to 151.7 ng g-1, and did not vary significantly among treatments. The biomagnification factor was low, ranging from 0.0003 to 0.0004. EC coating did not significantly affect the efficacy of ABZ treatment and did not interfere with ABZ bioaccumulation in the edible tissue of tambaqui.
  • Notes on morphology, taxonomy and geographic distribution of Apeiba (Malvaceae, Grewioideae) in the Brazilian Amazon Biodiversity And Conservation | Original Article

    SECCO, Ricardo de S.; COLLI-SILVA, Matheus; SANTOS SOUZA, Júlio

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Apeiba (Malvaceae, Grewioideae) é um importante componente da flora Neotropical, mas o conhecimento taxonômico das suas espécies é limitado, particularmente na Amazônia. Este estudo teve como objetivo produzir um tratamento taxonômico atualizado das espécies de Apeiba nativas do Brasil, com um especial enfoque nas coleções amazônicas. As espécies de Apeiba são tipicamente árvores com flores amarelas ou alvas e um fruto bastante particular, uma cápsula deiscente, usualmente globosa a ligeiramente achatada, coberta por longas e numerosas cerdas, ou densamente apiculada. Apresentamos descrições sinópticas para cada uma das espécies de Apeiba da Amazônia brasileira, e comentários sobre sinonimizações relevantes e lectótipos designados para três nomes. Também fornecemos uma chave de identificação, uma lista de material examinado e dados de distribuição geográfica, incluindo uma lista de novos registros de ocorrência para alguns estados brasileiros. Ilustrações e notas sobre taxonomia e nomenclatura também são incluídas, quando apropriado.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Apeiba (Malvaceae, Grewioideae) is an important component of the Neotropical flora, but taxonomic knowledge of its species is limited, particularly within the Amazon region. This study aimed to provide an updated taxonomic treatment of Apeiba native to Brazil, with focus on Amazonian collections. Species of Apeiba are trees with large yellowish-white flowers with a very particular fruit, an indehiscent capsule, usually globose to slightly flattened, covered either by long and numerous bristles, or densely apiculate. We provide synoptic descriptions for each Amazonian Apeiba species from Brazil, and comments on relevant synonyms and designated lectotypes for three names. We also provide an identification key, a list of examined material and distribution data, including a list of new occurrence records for some Brazilian states. Illustrations and notes on taxonomy and nomenclature are also included when appropriate.
  • Properties of MDF manufactured with mixtures of wood from paricá plantations and wood waste from native Amazonian species Materials Technology | Original Article

    RIBEIRO, Victor Cezar Nepomuceno; BORTOLETTO JÚNIOR, Geraldo

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O Brasil se destaca como um dos maiores fabricantes de MDF (medium density fiberboard) do mundo. As indústrias concentram-se nas regiões Sul e Sudeste do país e baseiam-se no aproveitamento das madeiras de Pinus e Eucalyptus, disponíveis em extensas áreas plantadas. Na região Norte há apenas uma planta industrial de MDF. Embora haja abundância de matéria-prima potencial nesta região, há carência de estudos sobre madeiras de espécies nativas e seus resíduos industriais para aproveitamento na produção de MDF. O presente estudo teve como objetivo avaliar as propriedades de painéis MDF fabricados a partir de misturas de madeira cultivada de paricá (Schizolobium amazonicum) e resíduos de madeira de espécies nativas da Amazônia. Foram avaliados os efeitos isolados de diferentes proporções de mistura entre as matérias-primas e da espessura dos painéis sobre as propriedades do MDF. Os painéis foram produzidos e deles retiradas amostras para ensaios. Utilizando normas padrão, as seguintes propriedades foram determinadas: densidade, absorção de água, inchamento em espessura, tração perpendicular, flexão estática e resistência ao arranque de parafusos. Os resultados mostraram efeito significativo das variáveis ​​analisadas sobre algumas das propriedades físico-mecânicas do MDF. Com a exceção da resistência à tração perpendicular, todas as demais propriedades dos painéis MDF avaliados atenderam aos requisitos normativos especificados para uso na fabricação de móveis. Conclui-se que as misturas das matérias-primas avaliadas possuem grande potencial para a fabricação de MDF para aplicação na indústria moveleira, porém, são recomendadas adequações no processo de produção a fim de melhorar a propriedade de tração perpendicular.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Brazil stands out as one of the largest manufacturers of MDF (medium density fiberboard) in the world. The industries are concentrated in the south and southeast of the country and are primarily based on the use of Pinus and Eucalyptus wood, which are available in extensive planted areas. In the northern region, there is only one MDF industrial plant. Despite an abundance of potential raw materials in this region, there is a lack of studies on native species wood and their industrial waste utilization for MDF production. The present study aimed to evaluate the properties of MDF manufactured from a mixture of cultivated paricá (Schizolobium amazonicum) wood and wood waste from native Amazonian species. The study assessed the isolated effects of different proportions of the raw materials and panel thicknesses on MDF properties. Panels were produced, and samples were obtained for testing. Using standard procedures, the following properties were determined: density, water absorption, thickness swelling, internal bonding, static bending, and resistance to screw withdrawal. The results revealed a significant impact of the analyzed variables on some physical and mechanical properties of MDF. With the exception of internal bonding, all other properties of the evaluated MDF panels met the specified regulatory requirements for use in furniture manufacturing. It is concluded that mixtures of the assessed raw materials have great potential for MDF production in the furniture industry. However, adjustments in the production process are recommended to improve the internal bonding property.
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br