Accessibility / Report Error

Caracterização morfológica das sementes e plântulas de seis espécies invasoras do gênero Solanum L

Seed and seedling morphology of six weedy species of Solanum L

Resumos

As sementes do gênero Solarium L. são relativamente muito semelhantes, no entanto, a associação de características morfológicas externas da semente com as características anatômicas, como a forma do hilo, a textura e o tipo de esculturas da superfície do tegumento, bem como a forma do embrião curvo (circulado ou espiralado), são características da maior importância na identificação taxonómica à nível de espécie. São apresentadas ilustrações, chaves dicotômicas e descrições morfológicas do gênero Solarium e descrição detalhada das plántulas e das sementes de Solanum aculeatissimum Jacq., S. americanum Mill., S, ciliatum Lam., S. sisymbriifolium Lam., S. sordidum Sendt. e S. viarum Dunal. São apresentados, também, o nome vulgar, o tipo de reprodução e disseminação, as culturas nas quais é considerada invasora e as sementes agrícolas onde ocorre como "impureza".

sementes e plántulas invasoras; sementes e plántulas de Solanum; identificação de sementes invasoras


Morphological caracterization of the seeds and seedlings of six weed especies of the genus Solanum L. The seeds of the genus Solanum are very similar, however, the association of their external characteristics with the anatomical features, such as hilum shape, the texture and the type of the seed coat sculptures, as well as the curved (circulated or coiled) shape of the embryo, are parameters of great importance in the taxonomical identification at the species level. It is are presented the morphological descriptions of the genus Solanum and a more detailed description of each studied species in terms of seed and seedling structures, including illustrations and taxonomical keys for the identification of Solanum aculeatissimum Jacq., S. americanum Mill., S. ciliatum Lam., S. sisymbriifolium Lam., S. sordidum Sendt. e S. viarum Dunal. There are also indications of the common names, the type of reproduction and dispersion, the crops in which the species is considered as a weed and the agricultural seeds in which it is found as a weed seed.

seedlings and weed seeds; seeds and seedlings of Solanum; identification of weed seeds


Caracterização morfológica das sementes e plântulas de seis espécies invasoras do gênero Solanum L* * Trabalho apresentado no 37º Congresso Nacional de Botânica, realizado em Ouro Preto/MG, janeiro 1986.

Seed and seedling morphology of six weedy species of Solanum L

Doris Groth

Profº Assist. Doutora do Deptº de Pré-Processamento de Produtos Agropecuários da Fac. de Eng. Agric. (FEAGRI) - UNICAMP Caixa Postal 6011 - CEP 13081 - Campinas-SP. Pesquisador do CNPq

RESUMO

As sementes do gênero Solarium L. são relativamente muito semelhantes, no entanto, a associação de características morfológicas externas da semente com as características anatômicas, como a forma do hilo, a textura e o tipo de esculturas da superfície do tegumento, bem como a forma do embrião curvo (circulado ou espiralado), são características da maior importância na identificação taxonómica à nível de espécie. São apresentadas ilustrações, chaves dicotômicas e descrições morfológicas do gênero Solarium e descrição detalhada das plántulas e das sementes de Solanum aculeatissimum Jacq., S. americanum Mill., S, ciliatum Lam., S. sisymbriifolium Lam., S. sordidum Sendt. e S. viarum Dunal. São apresentados, também, o nome vulgar, o tipo de reprodução e disseminação, as culturas nas quais é considerada invasora e as sementes agrícolas onde ocorre como "impureza".

Palavras chaves: sementes e plántulas invasoras; sementes e plántulas de Solanum identificação de sementes invasoras.

ABSTRACT

Morphological caracterization of the seeds and seedlings of six weed especies of the genus Solanum L. The seeds of the genus Solanum are very similar, however, the association of their external characteristics with the anatomical features, such as hilum shape, the texture and the type of the seed coat sculptures, as well as the curved (circulated or coiled) shape of the embryo, are parameters of great importance in the taxonomical identification at the species level. It is are presented the morphological descriptions of the genus Solanum and a more detailed description of each studied species in terms of seed and seedling structures, including illustrations and taxonomical keys for the identification of Solanum aculeatissimum Jacq., S. americanum Mill., S. ciliatum Lam., S. sisymbriifolium Lam., S. sordidum Sendt. e S. viarum Dunal. There are also indications of the common names, the type of reproduction and dispersion, the crops in which the species is considered as a weed and the agricultural seeds in which it is found as a weed seed.

Key words: seedlings and weed seeds; seeds and seedlings of Solanum; identification of weed seeds.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Referências Bibliográficas

BRAGA, R. 1976. Plantas do nordeste, especialmente do Ceará. In: Congresso Brasileiro de Florestas Tropicais, 2º, Mossoró, 1976. 3rd. Fortaleza, Escola Superior de Agricultura de Mossoró. 540p.

BRASIL. Ministério da Agricultura. 1979. Legislação da inspeção e fiscalização da produção e do comércio de sementes e mudas. Brasüia, CESM-MA/SNAD-Secret. da Prod. Vegetal. 75p.

BRASIL. Ministério da Agricultura. 1980. Regras para análise de sementes. Brasília, SNAD-LANARV, 188p.

GROTH, D., SILVA, H.T., WEISS, B. 1979. Caracterização botânica de plantas de espécies invasoras e respectivas sementes na cultura da soja (Glycine max (L.) Merrill) no Rio Grande do Sul. In: Seminário Nacional de Pesquisa de Soja, 1º, Londrina, 1978. Anais... Londrina, EMBRAPA-CNPq. v. 2, p. 187-202.

GROTH, D., BOARETTO, M.R., SILVA, R.N. 1980. Morfologia de sementes, frutos e plantas invasoras em algumas culturas. Rev. Bras. Sem., Brasília, 2(2):67-98.

GROTH, D. 1980. Identificação botânica de plantas e sementes de espécies invasoras na cultura da soja. Rev. Bras. Sem., Brasília, 2(3):59-95.

GROTH, D. 1984. Unidades de dispersão e plântulas de espécies invasoras. Campinas, UNICAMP - Instituto de Biologia, p. 320-343. (Tese Doutorado).

GROTH, D. 1985. Caracterização morfológica de treze espécies invasoras da família Compositae (tribos Cynareae, Eupatorieae, Heliantheae e Senecioneae), através das plântulas e das características anátomo-morfológicas das unidades de dispersão. Rev. Bras. Sem., Brasília, 7(3):49-78.

GUNN, C.R. 1974. Seeds characteristics of 42 economically important species of Solanaceae in the United States. Washington, Depart. Agric, United States Agricultural Research Service. 33p. (Tech. Bull., 1471).

HANF, M. s.d. Die Ackerunkräuter und ihre Keimlinge. Ludwigshafen, Basf. p. 41; 331.

ISELY, D. 1947. Investigations in seed classification by family characteristics. Research Bulletin, Iowa, 351:361-62. (Agric. Exp. Stat. ).

KOEHN, D. 1977. Identificação de algumas invasoras encontradas em sementes das principais espécies forrageiras produzidas no Rio Grande do Sul. Bol. Téc. IPAGRO, Porto Alegre, 1:3-96.

PORTER, R.H. s.d. Ensayos para determinar la qualidad de las semillas de granja y jardin. s.nt.

SHERING. 1977. Unkrautfibel 1978. 8 ed. Berlin, Schering. p. 102-03.

Recebido em 02.02.88.

Aceito em 05.01.89

  • BRAGA, R. 1976. Plantas do nordeste, especialmente do Ceará. In: Congresso Brasileiro de Florestas Tropicais, 2ş, Mossoró, 1976. 3rd. Fortaleza, Escola Superior de Agricultura de Mossoró. 540p.
  • BRASIL. Ministério da Agricultura. 1980. Regras para análise de sementes. Brasília, SNAD-LANARV, 188p.
  • GROTH, D., SILVA, H.T., WEISS, B. 1979. Caracterização botânica de plantas de espécies invasoras e respectivas sementes na cultura da soja (Glycine max (L.) Merrill) no Rio Grande do Sul. In: Seminário Nacional de Pesquisa de Soja, 1ş, Londrina, 1978. Anais... Londrina, EMBRAPA-CNPq. v. 2, p. 187-202.
  • GROTH, D., BOARETTO, M.R., SILVA, R.N. 1980. Morfologia de sementes, frutos e plantas invasoras em algumas culturas. Rev. Bras. Sem., Brasília, 2(2):67-98.
  • GROTH, D. 1980. Identificação botânica de plantas e sementes de espécies invasoras na cultura da soja. Rev. Bras. Sem., Brasília, 2(3):59-95.
  • GROTH, D. 1984. Unidades de dispersão e plântulas de espécies invasoras. Campinas, UNICAMP - Instituto de Biologia, p. 320-343. (Tese Doutorado).
  • GROTH, D. 1985. Caracterização morfológica de treze espécies invasoras da família Compositae (tribos Cynareae, Eupatorieae, Heliantheae e Senecioneae), através das plântulas e das características anátomo-morfológicas das unidades de dispersão. Rev. Bras. Sem., Brasília, 7(3):49-78.
  • GUNN, C.R. 1974. Seeds characteristics of 42 economically important species of Solanaceae in the United States. Washington, Depart. Agric, United States Agricultural Research Service. 33p. (Tech. Bull., 1471).
  • HANF, M. s.d. Die Ackerunkräuter und ihre Keimlinge. Ludwigshafen, Basf. p. 41; 331.
  • ISELY, D. 1947. Investigations in seed classification by family characteristics. Research Bulletin, Iowa, 351:361-62. (Agric. Exp. Stat.
  • KOEHN, D. 1977. Identificação de algumas invasoras encontradas em sementes das principais espécies forrageiras produzidas no Rio Grande do Sul. Bol. Téc. IPAGRO, Porto Alegre, 1:3-96.
  • PORTER, R.H. s.d. Ensayos para determinar la qualidad de las semillas de granja y jardin. s.nt.
  • SHERING. 1977. Unkrautfibel 1978. 8 ed. Berlin, Schering. p. 102-03.
  • *
    Trabalho apresentado no 37º Congresso Nacional de Botânica, realizado em Ouro Preto/MG, janeiro 1986.
  • Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      14 Jun 2011
    • Data do Fascículo
      Jul 1989

    Histórico

    • Recebido
      02 Fev 1988
    • Aceito
      05 Jan 1989
    Sociedade Botânica do Brasil SCLN 307 - Bloco B - Sala 218 - Ed. Constrol Center Asa Norte CEP: 70746-520 Brasília/DF. - Alta Floresta - MT - Brazil
    E-mail: acta@botanica.org.br