Acta Botanica Brasilica, Volume: 16, Issue: 3, Published: 2002
  • Morphological and anatomical studies on germinating seeds of Euterpe precatoria Mart.

    Aguiar, Madalena Otaviano; Mendonça, Maria Sílvia de

    Abstract in Portuguese:

    Euterpe precatoria Mart. é uma palmeira amplamente distribuída na bacia Amazônica, em terra firme e em solos de várzea. Dos frutos obtém-se o "vinho do açaí" e do ápice caulinar o palmito, que fazem desta palmeira um importante recurso alimentar. Foi feita a descrição morfo-anatômica do embrião de Euterpe precatoria, durante o processo germinativo, possibilitando o entendimento do mesmo. As observações foram realizadas em microscopio óptico, a partir de cortes histológicos de secções longitudinais e transversais da semente em diversos estádios da germinação. O eixo embrionário é curvo. No início da germinação, forma-se externamente o botão cotiledonar contendo a futura planta. A radícula emerge primeiro, apresentando coifa bem desenvolvida, desenvolvendo-se mais rapidamente que a plúmula. O processo de formação das primeiras folhas é contínuo. À medida que o embrião se desenvolve, a região distal aumenta de tamanho, formando o haustório e ocupando o lugar do endosperma.

    Abstract in English:

    Euterpe precatoria is a palm tree widespread in Amazon basin, in terra firme and várzea sites. The fruit is used for the production of Açaí wine, and the sten apex for the production of palm hearts (palmito), which are an important food source. Different stages of germinated açaí seed were studied in longitudinal and transversal sections, under a optical microscope. The embryonic axis is curved. In the early stages of germination, the integument is displaced, forming the cotyledonal bud and the future plant. The radicle emerges first, with a well developed root cap and develops faster than the plumula. The process of formation of the first leaves is continuous. As the embryo is developing, the distal region increases in size, forming the haustorium and occupying the place of the endosperm.
  • Characterization of two strata of cerrado vegetation at Brotas, SP, Brazil

    Nishikawa, Dulcelaine L. Lopes; Rocha, Elektra; Silveira, Éliton Rodrigo da; Pulitano, Fabiana Marise; Regalado, Luciano Bonatti; Carvalhaes, Mariana Aparecida; Paranaguá, Patrícia Amaral; Ranieri, Victor Eduardo Lima

    Abstract in Portuguese:

    Caracterizaram-se dois estratos da vegetação de uma área de cerca de 300 ha de cerrado stricto sensu, localizada no município de Brotas, SP, quanto à sua estrutura e diversidade, pelo método de parcelas. Para amostragem do estrato arbóreo (diâmetro mínimo de 5 cm, medido a 50 cm acima do nível do solo), foi amostrada área total de 5000 m² (250 x 20 m), divididos em 50 parcelas contíguas de 10 x 10 m (100 m²). Para o estrato inferior (altura < 50 cm e diâmetro do caule inferior a 5 cm), a área total de amostragem foi de 500 m², distribuídos em 50 sub-parcelas de 10 x 1 m (10 m²), demarcadas dentro de cada uma das parcelas maiores. Determinou-se a cobertura do estrato arbóreo pelo método de interceptação de linhas e o índice de agregação das espécies e da comunidade, segundo Payandeh. Foram identificadas, no total, 78 espécies (36 famílias). O estrato arbóreo apresentou densidade de 1150 ind/ha, 7,2 m²/ha de área basal e 19,6 % de cobertura. Foram amostradas, neste estrato, 44 espécies (27 famílias), com H´=3,02 e os indivíduos da comunidade como um todo apresentaram-se agregados (P=4,26). As espécies de maior valor de importância no estrato superior, em ordem decrescente, foram: Acosmium subelegans, Aspidosperma tomentosum, Eriotheca gracilipes, Styrax ferrugineus e Tabebuia ochracea. No estrato inferior, com densidade de 10.220 ind/ha, foram amostradas 61 espécies (32 famílias), destacando-se, em ordem decrescente de densidade relativa: Campomanesia adamantium, Bromelia balansae, Attalea geraensis, Xylopia aromatica e Ocotea pulchella. A comunidade apresentou-se também agregada no estrato inferior (P=3,89) e obteve-se índice de diversidade (H') de 3,32. Algumas espécies abundantes no estrato arbóreo, como Styrax ferrugineus, Eriotheca gracilipes, Piptocarpha rotundifolia e Annona crassiflora, não foram amostradas no estrato inferior, sugerindo a existência de restrições aos processos naturais de reprodução e regeneração. Essas espécies podem estar correndo o risco de extinção local.

    Abstract in English:

    Two strata of cerrado stricto sensu vegetation were surveyed, in a fragment covering an area of 300 ha, at Brotas, SP, Brazil. The sampling area had 5000 m² (250 x 20 m). The upper stratum (diameter 50 cm above ground <FONT FACE=Symbol>³</FONT> 5cm) was surveyed in 50 plots, 100 m² each, and the lower stratum (diameter < 5 cm and height < 50 cm) was surveyed in 50 sub-plots, 10 m² each, for phytosociological analysis. Crown cover was estimated by the line interception method and the aggregation index of Payandeh was also calculated, for each species and for the community as a whole. Trees, shrubs, palms and herbs were identified, comprising 78 species (36 families). The upper stratum had 1150 ind/ha, basal area of 7.2 m²/ha and crown cover of 19.6 %. In this stratum, 44 species (27 families) were surveyed (H'=3.02) and the community was aggregated (P=4.26). The most important species (decreasing importance value) were: Acosmium subelegans, Aspidosperma tomentosum, Eriotheca gracilipes, Styrax ferrugineus and Tabebuia ochracea. The density of the lower stratum was 10,220 ind/ha, the community was also aggregated (P=3.89) and the diversity index (H'=3.32) was higher than in the upper stratum. From the 61 species surveyed (32 families), the most important in decreasing order of relative density were: Campomanesia adamantium, Bromelia balansae, Attalea geraensis, Xylopia aromatica e Ocotea pulchella. Some of the most abundant species of the upper layer, such as Styrax ferrugineus, Eriotheca gracilipes, Piptocarpha rotundifolia and Annona crassiflora, were not found in the lower stratum. It is suggested that the regeneration process was interrupted and such populations may be locally threatened.
  • The flora and the vegetation of Brazil in Caminha's letter, written in 1500, to the Portuguese king D. Manoel I

    Filgueiras, Tarciso S.; Peixoto, Ariane Luna

    Abstract in Portuguese:

    Apresenta-se uma análise dos termos referentes a plantas e a vegetação encontrados na Carta de Pero Vaz de Caminha ao Rei D. Manoel, quando do descobrimento do Brasil ("Carta a El Rei D. Manoel"). Tomou-se como ponto de partida a versão da Carta publicada por Rubem Braga. Nesse texto, foram numeradas todas as linhas (1 a 1013) que em seguida foram examinadas minuciosamente, a procura de referências diretas ou indiretas a plantas ou suas associações. A carta de Caminha apresenta 118 menções a plantas ou associações de plantas. Desse total, 18 termos são repetidos de duas a 22 vezes. Descontadas as repetições, são mencionadas 45 termos botânicos, 31 diretos (ex.: "ervas", "lenha", "inhame") e 14 indiretos (ex. :"arco", "rede", "cruz"). Dois termos referem-se a fitofisionomias ("mata", "arvoredo (s)") e 43 a plantas ou partes delas. As 31 referências diretas reduzem-se a 29 já que as expressões "ervas compridas" e "botelho" descrevem à mesma planta, como também "ouriços verdes" e "grãos vermelhos". Das referências diretas, cinco ("arroz", "castanheiro", "figos", "legumes", "trigo") descrevem plantas exóticas, basicamente européias, as demais (24 referências), dizem respeito à flora nativa. Dentre as 14 citações indiretas, duas ("pão", "vinho") referem-se a plantas do Velho Mundo, 12 seriam nativas. Dessas, apenas duas ("tintura vermelha", "tintura preta") podem ser associadas com espécies identificáveis. Os termos referentes a plantas foram ordenados nas categorias: 1. Não identificáveis (ex.: "lenha", "pau", "sementes"); 2. Identificáveis a nível de família (ex.: "palmeira", "cana"); possivelmente identificáveis a nível genérico (ex.: "ervas compridas", "inhame", "fetos"); espécies de identificação segura ("ouriços verdes", "grãos vermelhos"). Os primeiros recursos vegetais explorados pelos portugueses foram "lenha" e "palmitos". O texto de Caminha não confirma a presença de uma cruz durante a celebração da Primeira Missa no Brasil, como retratado na célebre pintura de Victor Meirelles. O texto afirma que a cruz foi "chantada" por ocasião da Segunda Missa.

    Abstract in English:

    An analysis of the terms related to plants and vegetation types found in the letter by Pero Vaz de Caminha (scriber of the expedition) to D. Manoel I, king of Portugal ("Carta a El Rei D. Manoel) is presented. The letter, written in 1500, is an account of the voyage of the Portuguese navigator Pedro Álvares Cabral during which a new land ("Terra da Vera Cruz", now Brazil) was discovered. Because of its tremendous historical importance to Brazil, the Carta has been considered the birth certificate of the country. Each line of the text was numbered (from 1 to 1013), then each line was carefully examined for words that refer directly or indirectly to plants or plant associations. 118 such references were found, 77 of which are repeated two to 22 times. When the repetitions were subtracted, 45 botanical terms resulted, 31 direct references (ex.: "herbs," "fire wood") and 14 indirect (ex.: "bow", "arrow"). Two terms refer to vegetation types and 43 to plants or plant parts. Five direct references refer to introduced species (ex.: rice, figs), the remaining 24 refer to native species. These were divided into four categories: 1. Terms not referable to any specific botanical name (ex.: seed, fruits) 2. Terms referable to plant families (ex.: palms, cane; families Arecaceae and Poaceae, respectively); terms referable to plant genera (ex. "ervas compridas (Sargassum), "fetos" (Alsophilla); terms referable to a botanical species ("ouriços verdes", "grãos vermelhos", i.e., Bixa orellana L.). The first plant resources extracted from the newly found land by the Portuguese explorers were fire wood and palm hearts.
  • Traditional botanical knowledge and conservation in an area of caatinga in Pernambuco state, Northeast Brazil

    Albuquerque, Ulysses Paulino de; Andrade, Laise de Holanda Cavalcanti

    Abstract in Portuguese:

    No presente trabalho, sintetiza-se algumas informações sobre o conhecimento botânico tradicional em uma comunidade rural situada no município de Alagoinha, agreste do estado de Pernambuco, como parte de um projeto etnobotânico desenvolvido na região. Utilizou-se uma boa variedade de métodos de pesquisa, incluindo levantamentos florísticos em sistemas agroflorestais e em vegetação natural. As pessoas identificam e/ou usam mais de 108 espécies de plantas distribuídas em 10 categorias: comida, medicinal, madeira (para combustível, construção etc), uso doméstico (tecnologia), forragem, veneno, repelente de inseto, ornamentação, sombra e místico. Discute-se as formas como os recursos da floresta estacional são utilizados e manejados, e a implicação disso na conservação da caatinga.

    Abstract in English:

    In this paper we synthesized information on the traditional botanical knowledge of a rural community in the municipal district of Alagoinha, Pernambuco state, as part of an ethnobotanical project developed in the area. We used a variety of research methods, including floristic surveys in agroforestry systems (homegardens) and in the natural vegetation. People identify and use over 108 plant species distributed in 10 categories: food, medicinal, wood (for fuel, construction etc), domestic use (technology), forage, poison, insect repellent, ornamental, shade and mystic. This work discusses the ways by which the forest resources are used and managed, and the implications for conservation of the caatinga.
  • Chytridiomycota and Oomycota from the Guarapiranga reservoir, São Paulo State, Brazil

    Rocha, Maristela da; Zottarelli, Carmen Lidia Amorim Pires

    Abstract in Portuguese:

    Quinze táxons de Chytridiomycota e 18 de Oomycota foram isolados de amostras de água e solo na Represa do Guarapiranga, por meio de técnica de iscagem, com substratos celulósicos, queratinosos e quitinosos. Dos táxons de Chytridiomycota isolados, um pertence aos Blastocladiales, onze aos Chytridiales e três aos Spizellomycetales. Dos táxons de Oomycota, treze pertencem aos Saprolegniales e cinco aos Peronosporales. Septochytrium marilandicum Karling é citada pela primeira vez para o Brasil.

    Abstract in English:

    Fifteen taxa of Chytridiomycota and eighteen of Oomycota were isolated from water and soil samples from the Guarapiranga reservoir, using a baiting technique with celulosic, chitinous and keratinous substrates. Among the taxa of Chytridiomycota isolated, one belongs to Blastocladiales, eleven to Chytridiales and three to Spizellomycetales. Among the Oomycota, thirteen are Saprolegniales and five Peronosporales. Septochytrium marilandicum Karling is mentioned for the first time in Brazil.
  • Environmental variables and the distribution of tree species within a remnant of tropical montane semideciduous forest in Lavras, southeastern Brazil

    Espírito-Santo, Fernando Del Bon; Oliveira-Filho, Ary Teixeira de; Machado, Evandro Luiz Mendonça; Souza, Josival Santos; Fontes, Marco Aurélio Leite; Marques, João José Granate de Sá Melo

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho teve como objetivo detectar padrões de distribuição espacial da comunidade arbórea de um fragmento de floresta estacional semidecídua montana e suas relações com variáveis ambientais, com ênfase nas variações catenárias do solo e efeito das bordas. O remanescente florestal, conhecido como Mata da Subestação, cobre uma área de 8,75ha e está localizado no campus da Universidade Federal de Lavras, MG, nas coordenadas de 21º13'17''S e 44º57'47''W e com altitudes variando de 910 a 940m. A amostragem foi realizada por meio de duas transeções (A e B) separadas por 80m e compostas, cada uma, por 21 e 31 parcelas contíguas de 20 x 20m de dimensões. As transeções foram lançadas no sentido da declividade maior da encosta e ligando bordas opostas do fragmento. Todos os indivíduos arbóreos com diâmetro à altura do peito (DAP) <FONT FACE=Symbol>³</FONT> 5cm presentes nas parcelas foram identificados e medidos (DAP e altura). Foi feito um levantamento topográfico detalhado da área amostrada. Amostras do solo superficial (0-20cm) foram coletadas em cada parcela para análise química e textural. O solo das parcelas foi classificado, sendo identificadas duas catenas que continham, da baixa para a alta encosta, Nitossolos e Latossolos (transeção A) e Nitossolos, Cambissolos e Latossolos (transeção B). O levantamento florístico geral, feito nas parcelas e no fragmento como um todo, registrou 238 espécies pertencentes a 143 gêneros e 57 famílias. Nas parcelas, os 3120 indivíduos amostrados pertenciam a 175 espécies, 115 gêneros e 49 famílias. O índice de diversidade de Shannon foi de H' = 4,19 nats.indivíduo-1, com equabilidade J' = 0,81, valores altos no contexto de levantamentos semelhantes na região. O elevado índice de espécie raras (densidade relativa < 1 árvore.ha-1) de 34% sugere que o isolamento genético devido à fragmentação pode prejudicar a conservação biológica de muitas espécies a longo prazo. Os Latossolos de ambas as transeções mostraram-se mais ácidos, pobres em bases trocáveis e ricos em alumínio que o Nitossolo e o Cambissolo. A composição e estrutura da comunidade arbórea diferiram entre os subgrupos de solo. Uma análise de correspondência canônica indicou correlações significativas entre variáveis topográficas e edáficas e a distribuição da abundância das espécies, mas nenhuma correlação clara com as bordas. As variáveis ambientais mais fortemente correlacionadas foram cota média, saturação por bases e teores de areia, silte e argila. Portanto, a distribuição das espécies arbóreas no fragmento parece ser primariamente influenciada pelo status nutricional e regime de água dos solos. A heterogeneidade edáfica e topográfica da área pode ter contribuído para tornar não detectável pelo método usado qualquer efeito da borda na composição e estrutura da comunidade.

    Abstract in English:

    The purpose of the present contribution was to seek patterns of spatial distribution of the tree community in a remnant of tropical semideciduous forest and their correlation with environmental variables, stressing both catenary variations of soil properties and edge effects. The forest fragment, known as Mata da Subestação, covers an area of 8.75ha and is located on the campus of the Federal University of Lavras (UFLA), southeastern Brazil (21º13'17''S and 44º57'47''W), with altitudes ranging from 910 to 940m. The sampling was carried out using two transects, A and B, 80m apart, containing 21 and 31 adjacent 20 x 20m quadrats, respectively. Both transects followed the direction of the main slope, linking opposite forest edges. In each quadrat all individuals with diameter at breast height (dbh) <FONT FACE=Symbol>³</FONT> 5cm were identified to the species level and measured (dbh and height). A detailed topographical survey was carried out on the sampled area. Samples of the top 20cm of soil were collected at the centre of each quadrat for chemical and textural analyses. The soils of each quadrat were classified and two soil catenas were identified: transect A contained Nitosols (lower slope) and Oxysols (upper slope) while transect B contained Nitosols (slope base), Cambisols (lower slope) and Oxysols (upper slope). The floristic survey performed in the sample transects and in the whole fragment totalled 238 species belonging to 143 genera and 57 families. The 3120 individuals recorded in the plots belonged to 175 species, 115 genera and 49 families. The Shannon diversity index H' = 4,19 nats.individual-1 and evenness J' = 0,81 were high when compared to similar surveys in the same region. The high index of rare species (relative density < 1%) of 84,5% suggests that genetic isolation due to fragmentation may jeopardize the biological conservation of many species with time. The Oxysols of both transects were more acidic, poorer in exchangeable bases and richer in aluminium than Nitosols and Cambisols. The composition and structure of the tree community differed among the soil groups. Canonical correspondence analysis indicated that the abundance distribution of the species was significantly correlated with topographic and soil variables; there was no clear correlation with the forest edges. The most strongly correlated variables were the mean elevation, the saturation of bases and the proportions of sand, silt and clay. Therefore, the distribution of tree species in the fragment is apparently influenced primarily by soils nutritional status and ground water regime. The heterogeneity of both soils and topography may have contributed to make undetectable by the methods used any edge effect on the composition and structure of the tree community.
  • Phytosociological structure of natural and disturbed palm swampy vegetation near Uberlândia, MG

    Guimarães, Antônio José Maia; Araújo, Glein Monteiro de; Corrêa, Gilberto Fernandes

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do estudo foi de comparar a área natural e antropizada de uma vereda quanto à estrutura fitossociológica e às características do solo. O trabalho foi realizado em uma vereda no município de Uberlândia, MG (19º11'40" S e 48º24'31" W). Para as análises químicas foram coletados solos em três profundidades: 0-1 cm, 1-16 cm e 16-32 cm. No levantamento fitossociológico utilizou-se o método transecto de linha. Duas classes de solos foram encontradas: Gleissolo Háplico e Gleissolo Melânico, que tiveram, em média, baixos valores de pH e bases disponíveis. Os maiores percentuais de matéria orgânica e umidade ocorreram no fundo da vereda. Foram amostradas 101 espécies e 29 famílias vegetais. A riqueza de espécies foi menor na vertente preservada. Poaceae, Cyperaceae e Asteraceae foram as famílias que tiveram o maior número de espécies, 33, 13 e 10, respectivamente. Schizachyrium tenerum, Echinolaena inflexa, Loudetia flammida e Erianthus asper tiveram maior frequência no ambiente preservado e Schizachyrium tenerum, Hypogynium virgatum e Ageratum fastigiatum no antropizado.

    Abstract in English:

    The study aimed to compare the natural and disturbed areas of a palm swamp vegetation according to its soil characteristics and phytosociological structure. The study was done at a site near Uberlândia, MG (19º11'40" S and 48º24'31" W). Chemical analysis was carried out at threes depths: 0-1 cm, 1-16 cm and 16-32 cm. The phytosociological survey was done by the line intercept method. Two classes of soil were found: Relatively Humic Glei and Humic Glei, which had low values of pH and available bases. The highest percentage of organic matter occurred in the lowest depth of the palm swamp area. Some 101 species and 29 families were sampled. The preserved slope had a lower species richness than the disturbed area. Poaceae, Cyperaceae and Asteraceae were the families with the highest number of species, 33, 13 and 10, respectively. Schizachyrium tenerum, Echinolaena inflexa, Loudetia flammida and Erianthus asper were more frequent in the preserved area and Schizachyrium tenerum, Hypogynium virgatum and Ageratum fastigiatum in the disturbed area.
  • Montagnea haussknechtii Rab. (Podaxales) a rare agaricoid fungus: first record from Brazil

    Baseia, Iuri Goulart; Milanez, Adauto Ivo

    Abstract in Portuguese:

    Esta espécie xerófila é registrada pela primeira vez para o Brasil, encontrada em solo arenoso de cerrado do Estado de São Paulo. São fornecidas descrições das características macro e microscópicas a partir de basidiocarpos maduros e adicionalmente, microscopia eletrônica de varredura dos esporos.

    Abstract in English:

    This xerophilic species is recorded for the first time from Brazil, found on sandy soil from cerrado of the State of São Paulo. A description of the macro and microscopic features from mature basidiomata is given. Pictures of the spores under the scanning electron microscope are added.
  • Floristic an phytosociological analysis of the woody vegetation in a forest remnant in the agreste region of Paraíba, Brazil

    Pereira, Israel Marinho; Andrade, Leonaldo Alves de; Barbosa, Maria Regina de V.; Sampaio, Everardo. V. S. B.

    Abstract in Portuguese:

    O levantamento florístico e fitossociológico dos componentes arbóreo-arbustivos, em uma área de floresta no agreste paraibano, foi feito utilizando-se 30 parcelas de 10 x 20m, distribuídas por todo remanescente, e tomando-se os dados de altura total e diâmetro do caule ao nível do solo (DNS) de todos os indivíduos existentes nas parcelas, inclusive os mortos ainda de pé, com altura <FONT FACE=Symbol>³</FONT> 1m e DNS <FONT FACE=Symbol>³</FONT> 3cm. Foram registrados 1952 indivíduos, pertencentes a 22 famílias, 38 gêneros e 54 espécies. As famílias de maior destaque, com relação ao número de espécies e indivíduos foram: Mimosaceae (6); Euphorbiaceae (6); Caesalpiniaceae (5) e Rubiaceae (5). A densidade total, área basal total, diâmetro máximo e altura máxima registrados foram 3253 indivíduos ha-1, 34,77 m² ha-1, 63cm. e 15m. Dos indivíduos amostrados, 45,7% apresentaram diâmetro entre 3 e 6cm. A espécie Thiloa glaucocarpa (Mart.) Eichl. apresentou o maior valor de IVI. Constatou-se que a área estudada apresentou composição florística variada, com presença de espécies comuns às caatingas e espécies características de outras formações mais úmidas como as florestas montanas dos brejos de altitude.

    Abstract in English:

    A floristic and phytosociological survey was conducted in a caatinga area in the Agreste (sub-humid) region of Paraíba state. All trees and shrubs <FONT FACE=Symbol>³</FONT> taller than 1m and larger than <FONT FACE=Symbol>³</FONT> 3cm stem diameter found in 30 plots, 10x20m each, were identified and measured. Standing dead plants were also included. A total of 1952 plants were registered, belonging to 22 families, 38 genera and 54 species. Families with most species were Mimosaceae (6 species), Euphorbiaceae (6), Caesalpiniaceae (5), and Rubiaceae (5). Total plant density and stem basal area were 3253 plant ha-1 and 34.77m² ha-1. Maximum diameter and height were 63cm and 15m. About half of the plants (45.7%) had a stem diameter between 3 and 6cm. Thiloa glaucocarpa (Mart.) Eichl. was the most important species (highest IVI value). The flora included mostly species already registered in other caatinga areas but also species which are typical from more mesic formations, specially the humid forests of high altitudes in Northeast Brazil.
Sociedade Botânica do Brasil SCLN 307 - Bloco B - Sala 218 - Ed. Constrol Center Asa Norte CEP: 70746-520 Brasília/DF - Alta Floresta - MT - Brazil
E-mail: acta@botanica.org.br