Pesquisa de partículas virais em conteúdo intestinal de rãs-touro americanas, Lithobates catesbeianus, por meio da microscopia eletrônica de transmissão

Sabendo-se que as fezes são uma importante via de eliminação de agentes virais pelos animais portadores e que, por estarem na água, os agentes patogênicos podem se propagar mais rapidamente, objetivou-se a pesquisa de vírus em conteúdo intestinal de rãs-touro (Lithobates catesbeianus) de cinco ranários comerciais na região do Vale do Paraíba, no estado de São Paulo, pela técnica de microscopia eletrônica de transmissão. As famílias Coronaviridae, Paramixoviridae, Parvoviridae e Herpesviridae foram observadas e fotografadas. Este trabalho ressalta a importância da adoção de medidas sanitárias nas criações, além da confirmação de que a observação de fezes pela microscopia eletrônica de transmissão é uma eficiente ferramenta de diagnóstico rápido para agentes virais.

anfíbios; herpesvírus; coronavírus; paramixovírus; parvovírus


Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Caixa Postal 567, 30123-970 Belo Horizonte MG - Brazil, Tel.: (55 31) 3409-2041, Tel.: (55 31) 3409-2042 - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: abmvz.artigo@abmvz.org.br