Combate ao ácaro rajado Tetranychus urticae Koch, 1836 em algodão, com defensivos químicos

Pesticides control of the two-spotted spider mite Tetranychus urticae Koch, 1836 on cotton

Resumos

Com o objetivo de se verificar a ação de vários defensivos agrícolas contra o ácaro rajado do algodão, um campo experimental foi instalado. Os tratamentos e suas quantidades de ingredientes ativos, por hectare, foram: A) testemunha; B) dicofol, 369,6g; C) dicofol, 739,2g; D) propargite, 1.080g; E) silaneofane, 200g; F) bifentrina, 60g; G) abamectina, 7,2g. Resultados ótimos não foram obtidos com nenhum tratamento: todavia, o propargite mostrou resultados relativamente bons após 03, 06 e 12 dias da pulverização e a bifentrina e abamectina somente aos 06 dias.

ácaro rajado; Tetranychus urticae; algodão; defensivos químicos


Performance of some pesticides on the control of the two-spotted spider mite on cotton was evaluated by means of a test carried out in Leme, State of São Paulo, Brazil. The following treatments and quantities of active ingredients per hectare were sprayed: A) check; B) dicofol, 369.6g; C) dicofol, 739.2g; D) propargite, 1080g; E) silaneofane, 200g; F) bifenthrin, 60g; G) abamectin, 7.2g. Six evaluations were made on leaves using stereo microscopes: 02 days before spraying and 03, 06, 12, 16 and 21 days after the application. Results obtained with propargite were relatively good 03, 06 and 12 days after spraying, whereas bifenthrin and abamectin were only effective six days after the application.

two-spotted spider mite; Tetranychus urticae; cotton; pesticides


ARTIGOS ARTICLES

CONTROLE DE PRAGAS PEST CONTROL

Combate ao ácaro rajado Tetranychus urticae Koch, 1836 em algodão, com defensivos químicos

Pesticides control of the two-spotted spider mite Tetranychus urticae Koch, 1836 on cotton

M. SwartI; M.R. PaziniI; F. Ciniglio NetoI; R.C. RangelI; F.A.M. MariconiII

IEstagiários do Departamento de Zoologia da E.S.A. "Luiz de Queiroz" da Universidade de São Paulo - 13.400 - Piracicaba, SP

IIDepartamento de Zoologia da E.S.A. "Luiz de Queiroz" da Universidade de São Paulo - 13.400 - Piracicaba, SP

RESUMO

Com o objetivo de se verificar a ação de vários defensivos agrícolas contra o ácaro rajado do algodão, um campo experimental foi instalado. Os tratamentos e suas quantidades de ingredientes ativos, por hectare, foram: A) testemunha; B) dicofol, 369,6g; C) dicofol, 739,2g; D) propargite, 1.080g; E) silaneofane, 200g; F) bifentrina, 60g; G) abamectina, 7,2g. Resultados ótimos não foram obtidos com nenhum tratamento: todavia, o propargite mostrou resultados relativamente bons após 03, 06 e 12 dias da pulverização e a bifentrina e abamectina somente aos 06 dias.

Termos para indexação: ácaro rajado, Tetranychus urticae, algodão, defensivos químicos.

ABSTRACT

Performance of some pesticides on the control of the two-spotted spider mite on cotton was evaluated by means of a test carried out in Leme, State of São Paulo, Brazil. The following treatments and quantities of active ingredients per hectare were sprayed: A) check; B) dicofol, 369.6g; C) dicofol, 739.2g; D) propargite, 1080g; E) silaneofane, 200g; F) bifenthrin, 60g; G) abamectin, 7.2g. Six evaluations were made on leaves using stereo microscopes: 02 days before spraying and 03, 06, 12, 16 and 21 days after the application. Results obtained with propargite were relatively good 03, 06 and 12 days after spraying, whereas bifenthrin and abamectin were only effective six days after the application.

Index terms: two-spotted spider mite, Tetranychus urticae, cotton, pesticides.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Entregue para publicação em: 04/10/90

Aprovado para publicação em: 20/12/90

  • ALMEIDA, S.L.; TAKAOKA, M.; TONIOLO, S.R.; KATO, W.Y.; PRANDINA, J.M.P.; SILVEIRA, I.; DOMINGUES, R. G.; BLANCO JR., R.; MARICONI, F.A.M. Pulverização de clofentezina, fempropatrina e piretróide "FMC 54800" contra o "ácaro rajado" Tetranychus urticae Koch, 1836, em plantação de algodão. O Solo, Piracicaba, 76(2):29-33, 1984.
  • ARASHIRO, F.Y.; SILVA, J.M.; SUGAHARA, C.A.; MOTTA, R.; RAIZER, A.J.; MARICONI, F.A.M. Trabalho experimental de combate ao ácaro rajado Tetranychus urticae Koch, 1836 com formulações aplicadas por "Electrodyn".Anais da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Piracicaba, 44:1408-18, 1987.
  • CLARI, A.I.; GERALDI, F.I.; BIONDO, C.J.; DONATONI, J. L.; ARASHIRO, F.Y.; RAIZER, A.J.; MARICONI, F.A.M. Ensaio de combate ao ácaro rajado Tetranychus urticae Koch, 1836 com defensivos químicos, incluídas duas substâncias biológicas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 11., Campinas, 1987. Resumos. Campinas, 1987. v.l, p.4.
  • MARICONI, F.A.M.; DOMINGUES, R.G.; TONIOLO, S.R.;TAKAOKA, M.; PRANDINA, J.M.P.; KATO, W.Y.; BLANCO JR., R.; SILVEIRA, I.; ALMEIDA, S.L. Combate experimental ao "ácaro rajado" Tetranychus urticae Koch, 1836, com defensivos químicos, pulverizados e um granulado no solo, em cultura de algodão. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 9., Londrina, 1984. Resumos. Londrina, 1984. p.236.
  • RAIZER, A.J.; SILVA, J.M.; TAKAOKA, M.; MOTTA, R.; KATO, W.Y.; MARICONI, F.A.M. Defensivos químicos (especialmente novos produtos) no combate ao ácaro rajado Tetranychus urticae Koch, 1836, em cultura de algodão. Anais da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Piracicaba, 42:585-98, 1985.
  • RAIZER, A.J.; SUGAHARA, C.A.; ARASHIRO, F.Y.; SILVA, J. M.; MOTTA, R.; MARICONI, F.A.M. Combate químico ao ácaro rajado Tetranychus urticae Koch, 1836 em algodão, com novos acaricidas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 11., Campinas, 1987. Resumos. Campinas, 1987. v.1, p.10.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    06 Maio 2009
  • Data do Fascículo
    1990

Histórico

  • Aceito
    20 Dez 1990
  • Recebido
    04 Out 1990
Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura Av.Páduas Dias, 11, C.P 9 / Piracicaba - São Paulo, Brasil, tel. (019)3429-4486, (019)3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@esalq.usp.br