Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, Volume: 20, Issue: 1, Published: 2012
  • Apresentação

    Ornstein, Sheila Walbe
  • Introdução Dossiê - Caminhos da história da urbanização no Brasil-colônia

    Bueno, Beatriz Piccolotto Siqueira
  • A urbanização da Amazónia e do Mato Grosso no século XVIII povoações civis, decorosas e úteis para o bem comum da coroa e dos povos Dossiê - Caminhos da história da urbanização no Brasil-colônia

    Araujo, Renata Malcher de

    Abstract in Portuguese:

    Neste texto faz-se uma leitura sintética do processo de urbanização da região amazônica e do Mato Grosso, na segunda metade do século XVIII. Consideram-se, sobretudo, as relações implícitas com a conjuntura da demarcação de limites; a projeção ideológica do urbano no discurso político das Luzes, que se reflete na legislação adotada, e as implicações do processo de urbanização na leitura do território.

    Abstract in English:

    In this paper we make a concise reading of the urbanization of the Amazon and Mato Grosso in the second half of the eighteenth century. We consider, above all, the implicit relations with the conjuncture of the demarcation of boundaries; the ideological projection of the urban in the political discourse of the Enlightenment, that is reflected in the legislation adopted and the implications of the urbanization process in the reading of the territory.
  • Urbs e civitas: a formação dos espaços e territórios urbanos nas minas setecentistas Dossiê - Caminhos da história da urbanização no Brasil-colônia

    Fonseca, Claudia Damasceno

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo procura situar a evolução das abordagens acerca da cidade colonial mineira dentro da perspectiva mais ampla dos estudos sobre o urbanismo colonial português. A análise privilegia os trabalhos que, em vez de se aterem aos aspectos ligados à estética urbana, procuraram relacioná-los às questões fundiárias e à constituição das redes e hierarquias urbanas.

    Abstract in English:

    This article seeks to situate the evolution of approaches to the study of the colonial towns of Minas Gerais placing them in the broader perspective of studies on the Portuguese colonial urbanism. Instead of restricting our approach to questions of urban aesthetics, the analysis focuses on the works that tried to relate these questions to aspects of land ownership and to the establishment of networks and urban hierarchies.
  • Uma oficina de novidades: a implantação de núcleos urbanos na capitania de São Paulo, 1765-1775 Dossiê - Caminhos da história da urbanização no Brasil-colônia

    Derntl, Maria Fernanda

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo acompanha algumas dinâmicas de implantação de núcleos urbanos na capitania de São Paulo durante a administração do governador e capitão-general Morgado de Mateus (1765-1775). Destacam-se momentos significativos do processo de formação de paisagens urbanas, desde o recrutamento de povoadores e a busca de sítios até a definição dos traçados. A intenção é mostrar que a Coroa portuguesa foi tentando organizar determinados modos de conduzir a expansão urbana, ao passo que experiências e circunstâncias locais constantemente exigiram arranjos novos e específicos. A análise fundamenta-se numa seleção da documentação oficial já publicada e também em correspondência, em boa parte inédita, proveniente de agentes locais encarregados de tarefas ligadas ao povoamento. Procura-se tratar da política urbanizadora daquele período como um processo desenvolvido num contexto de conflitos mais do que como produto de um projeto pré-delineado por autoridades metropolitanas ou alheio a realidades do lugar.

    Abstract in English:

    This article investigates some of the dynamics associated with the establishment of urban nuclei in the captaincy of São Paulo during the administration of the Morgado de Mateus, governor and captain-general of the captaincy from 1765 to 1775. Several significant aspects about the formation process of urban landscapes stand out, from the recruitment of settlers and the search for suitable sites to the definition of urban layouts. The intention of this study is to show that the Portuguese crown made efforts to organize certain processes for conducting urban expansion, whilst local experience and circumstances continually demanded new and specific arrangements. The analysis is based on a selection of previously-published official documents, as well as mostly unpublished correspondence from local agents in charge of settlement-related tasks. The urbanization policy of the period is dealt with as a process that was executed in the context of conflicts, rather than as the product of a project pre-planned by metropolitan authorities or detached from the realities of the place at that time.
  • Os primórdios da organização do espaço territorial e da vila cearense: algumas notas Dossiê - Caminhos da história da urbanização no Brasil-colônia

    Jucá Neto, Clovis Ramiro

    Abstract in Portuguese:

    O presente artigo apresenta, em grandes linhas, a ação empreendida pelos agentes econômicos, pelos representantes da Igreja e do Estado português na organização do espaço da capitania do Ceará no século XVIII. Para uma melhor capitalização da economia pecuarista, o Estado lusitano fundou vilas em lugares estratégicos onde primeiramente se fixaram os sesmeiros e a Igreja. Não houve razão nem justificativa econômica e geopolítica que demandasse investimentos técnico e de capital por parte dos portugueses na plena adequação dos condicionantes locais às diretrizes urbanísticas lusitanas. Em face da ocupação tardia, o artigo aborda ainda a também tardia representação cartográfica, como expressão da posição secundária dos interesses lusitanos em relação a uma melhor apreensão da região.

    Abstract in English:

    This paper presents, in outline, the action taken by economic agents, representatives of the Church and the Portuguese State in organizing the space of the Captaincy of Ceará in the eighteenth century. The Portuguese State founded towns in strategic locations for better capitalization of the cattle breeder economy, where first settled sesmeiros and the Church. There was no reason or justification of geopolitical nature that demanded technical and financial investments by the Portuguese in the full adequacy of the local conditions to Portuguese urban guidelines. In the face of the late occupation, the article also discusses the late cartographic representation as expressing the lack of interests of the Portuguese administration in relation to a fuller understanding of the region.
  • Gêneses urbanas do colonialismo: síntese de encontros culturais Dossiê - Caminhos da história da urbanização no Brasil-colônia

    Gianesella, Rubens

    Abstract in Portuguese:

    Investigações sobre a gênese das vilas litorâneas de Cananeia, Iguape, São Vicente, Santos, São Sebastião e Ubatuba, no atual estado de São Paulo, evidenciam a significativa contribuição das sociedades indígenas nas ocupações do colonialismo. Presentes alguns séculos antes da chegada dos europeus, elas elegeram essa frente atlântica como habitat, estabelecendo em nichos ecológicos seus lugares de vivência. Tais escolhas balizaram as futuras instalações. Uma recorrência simboliza o encontro cultural entre indígenas e europeus: a articulação do módulo espacial da Matriz com a contiguidade da "rua direita".

    Abstract in English:

    Research about the genesis of the coastal towns of Cananea, Iguape, Sao Vicente, Santos, Sao Sebastiao and Ubatuba, in the current state of Sao Paulo, demonstrates the significant contribution of indigenous societies to colonial occupation. These communities were here a few centuries before the Europeans arrived. They chose the Atlantic coast as their habitat, establishing their settlements in particular ecological niches. These choices were used as guidelines for the new colonial towns. A recurring process symbolizes this cultural encounter between indigenous and Europeans: the positioning of the new churches in line with well established indigenous rights of way.
  • O urbanismo conveniente luso-brasileiro na formação de povoações em Minas Gerais no século XVIII Dossiê - Caminhos da história da urbanização no Brasil-colônia

    Bastos, Rodrigo Almeida

    Abstract in Portuguese:

    A formação de povoações na capitania de Minas Gerais no século XVIII estava condicionada a preceitos de decoro, conveniência e adequação. Esses preceitos constituíam regras, doutrinas e costumes muito relevantes à arte luso-brasileira de edificar arquiteturas e cidades naquele tempo. A consideração histórica desses aspectos nos conduz à revisão crítica de uma série de compreensões consolidadas na historiografia, como, por exemplo, a de que essas povoações seriam espontâneas, irregulares e desordenadas. Pela importância com que se evidenciam nas povoações remanescentes, nos tratados artísticos e nos documentos coevos, tais aspectos nos levam a cogitar em uma verdadeira arte de povoar fundamentada nesses valores e costumes, arte a que denominamos urbanismo conveniente luso-brasileiro.

    Abstract in English:

    The settlement of villages in the old colonial province of Minas Gerais obeyed certain principles of what was considered decent, convenient and adequate. Such principles were based on rules, doctrines and habits inherent to the Luso-Brazilian architecture of that time. The historical analysis of these aspects leads to a critical review of some consolidated assumptions in historiography, such as the one for which the settlements aforementioned would have appeared in a spontaneous, irregular and disordered fashion. Because they are evident in the remaining settlements and period art treatises and documents, these aspects lead to the consideration of a true art of populating, based on certain values and habits, which we call convenient Luso-Brazilian urbanism.
  • Quintais de Olinda: uma leitura indiciária sobre sua gênese Dossiê - Caminhos da história da urbanização no Brasil-colônia

    Loureiro, Juliana Coelho

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo tem como objetivo refletir, a partir dos vestígios documentais e permanências do sítio histórico, sobre a formação dos quintais na Vila de Olinda, nordeste do Brasil. Fundada em meados do século XVI, tornou-se uma das principais vilas do império português, tendo sido bastante referenciada pelos relatos da época e representada na iconografia dos séculos XVI e XVII. A riqueza por ela representada motiva a invasão da Companhia das Índias Ocidentais, em 1630, que, pela dificuldade em dominar seu espaço urbano, transfere o núcleo administrativo para a região do porto: o Recife. A mudança coloca Olinda numa situação marginal, o que, dentre outros efeitos, permitiu ao espaço urbano manter até os dias atuais suas feições originais. Tal legado fez com que a cidade alcançasse o título de Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco. Embora os quintais constituam parte expressiva do sítio histórico e, portanto, parte considerável desse patrimônio, eles acabam por receber um tratamento diferenciado com relação aos edifícios. Pouca atenção tem sido dirigida ao tema por parte daqueles que investigam o urbanismo no Brasil. E é em resposta a esta lacuna que esta investigação se coloca como um passo inicial aos estudos referentes à formação dos quintais de Olinda, ciente, acima de tudo, da sua incapacidade de esgotar as inúmeras interrogações decorrentes do processo investigativo. As principais fontes de pesquisa utilizadas foram a cartografia histórica, os relatos de época e as permanências do sítio histórico.

    Abstract in English:

    This article aims to reflect, from the documentary evidence of the historical and stay on the formation of the gardens (backyard) in the village of Olinda, northeastern Brazil. Founded in the mid sixteenth century, the village became one of the main towns of the Portuguese Empire, being quite the referenced reports at the time and represented in the iconography of the sixteenth and seventeenth centuries. The wealth that represented the town encourages the invasion of the West India Company in 1630, that the difficulty of mastering your urban space, transferring the administrative core for the region of the port: Recife. This change puts a marginal situation Olinda, which among other effects, allowed the urban space maintained to this day its original features. This legacy has made the city achieving the title of World Heritage by Unesco. Although the gardens constitute a significant part of the historical and, therefore, a considerable part of that heritage, they end up receiving a different treatment with respect to buildings. Little attention has been directed to the subject by those who investigate the urban planning in Brazil. And it is in response to this gap that this research stands as an initial step to studies on the formation of the backyards of Olinda, knowing, above all, their failure to exhaust the numerous questions arising from the investigative process. The main research sources were used to historical cartography, reports of time and permanence of the historic site.
  • Paranaguá, Antonina e Curitiba, início do século XIX: reconstituindo espaços e a lógica de sua organização social Dossiê - Caminhos da história da urbanização no Brasil-colônia

    Kato, Allan Thomas Tadashi

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo desse artigo é desenvolver uma metodologia para caracterizar a espacialização, no início do século XIX, dos moradores arrolados nas décimas urbanas de Paranaguá, Antonina e Curitiba, três vilas do sul da capitania de São Paulo. Apresentamos aqui os problemas enfrentados e decisões tomadas, quase sempre provisórias e arbitrárias. O resultado chegou a plantas hipotéticas dos loteamentos e arruamentos urbanos daquelas vilas. A partir de um banco de dados - elaborado principalmente com informações das Listas Nominativas de Habitantes -, foi possível caracterizar os moradores arrolados nos livros de imposto predial de Décima. Espacializando esses dados em plantas temáticas, foi possível perceber onde moravam os grupo sociais, suas escolhas (ou a falta delas), ou seja, perceber seus locais preferenciais, mas não exclusivos, de habitação.

    Abstract in English:

    This paper is to develop a methodology to characterize the spatial distribution in the early nineteenth century, the urban residents enrolled in the Décima of Paranaguá, Antonina and Curitiba, three villages in southern province of São Paulo. Here are the problems faced and decisions made, almost always temporary and arbitrary. The result reached hypothetical plants of subdivisions and urban streets of those towns. From a database - developed mainly with the information Lista Nominativa de Habitantes - it was possible to characterize residents enrolled in the books of property tax Décima. Spatialising thematic data in plants, where they lived was possible to perceive the social group, your choices (or lack thereof), or realize their preferred sites, but not exclusive housing.
  • Sistema de produção da arquitetura na cidade colonial brasileira: mestres de ofício, "riscos" e "traças" Dossiê - Caminhos da história da urbanização no Brasil-colônia

    Bueno, Beatriz Piccolotto Siqueira

    Abstract in Portuguese:

    O texto versa sobre o papel dos mestres-construtores na produção da arquitetura nas vilas e cidades coloniais brasileiras, focalizando o sistema de empreitada em etapas e o papel dos riscos e traças na concepção, execução, louvação e prestação de contas das edificações. Questiona a ideia de autoria única, apontando atores e assinaturas múltiplas. Analisa os conhecimentos necessários, especialmente relacionados à geometria prática, discutindo a relação dialética entre teoria e prática, e as fronteiras tênues entre erudição e costume.

    Abstract in English:

    This paper analyzes the role of master-builders in the practice of architecture in Brazil's colonial towns and cities,with its focus on the method of contracting by stages, and the role of sketches and outlines when designing, erecting and valuing buildings, and for rendering accounts. The notion of a single author is critically examined and the paper points to multiple actors and signatures, analyzes the knowledge required --of practical geometry in particular-- and discusses the dialectical relationship between theory and practice, as well as the tenuous boundaries between erudition and custom.
Museu Paulista, Universidade de São Paulo Rua Brigadeiro Jordão, 149 - Ipiranga, CEP 04210-000, São Paulo - SP/Brasil, Tel.: (55 11) 2065-6641 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: anaismp@usp.br