Estudos sobre a nutrição mineral do cafeeiro (Coffea arabica L. cv. Catuaí Vermelho): LXIV. Remobilização e reutilização de nitrogênio e potássio por plantas normais e deficientes

O. F. de Lima Filho E. Malavolta Sobre os autores

A remobilização do N (15N) e do K (85Rb) de reserva e seu uso pelas diferentes partes do cafeeiro (Coffea arabica cv. Catuaí Vermelho) no período reprodutivo, particularmente pelos frutos, foram estudados sob condições normais e de carência de N ou K. O K de reserva, comparado ao N de reserva, é utilizado em maior proporção pelos frutos e demais órgãos do cafeeiro. A exportação do N pelos órgãos de reserva foi a seguinte: plantas normais - folhas (47%-58%); ramos + gemas florais (20%-21%); raízes (21%-32%). Plantas deficientes - folhas (49%-65%); ramos + gemas florais (21%-27%); raízes (14%-25%). A remobilização do K de reserva ocorreu na seguinte proporção: plantas normais - folhas (54%-64%); ramos + gemas florais (20%-21%); raízes (30%-41%). Plantas deficientes - folhas (62%-79%); ramos + gemas florais (1,2%-4,4%); raízes (20%-33%). Em tecidos lançados após a iniciação da gema floral, a demanda por N é coberta pelas reservas do cafeeiro com o seguinte porcentual: plantas normais - frutos (20,6%-24,8%), folhas (15,6%-19,4%), ramos (19,0%-20,5%); plantas deficientes: frutos (43,5%-48,5%); folhas (48,1%-51,9%); ramos (46,0%-53,0%). Para o K em plantas normais: frutos (40,0%-45,8%), folhas (27,0%-37,6%), ramos (26%-33,1%); plantas deficientes: frutos (65,7%-81,5%); folhas (52,6%-68,4%); ramos (62,0%-86,1%).

reutilização; remobilização; nitrogênio; potássio; rubídio; cafeeiro; 15N; 85Rb


Instituto Internacional de Ecologia R. Bento Carlos, 750, 13560-660 São Carlos SP - Brasil, Tel. e Fax: (55 16) 3362-5400 - São Carlos - SP - Brazil
E-mail: bjb@bjb.com.br